Cruz da Jornada Mundial da Juventude em Descanso

- Quinta-Feira - 31/01/2013 Descanso

Centenas de pessoas receberam a Cruz dos Jovens

imgDescanso Na segunda-feira, (28), foi a vez dos jovens cristãos receberem a “Cruz dos Jovens” e a imagem da Beata Albertina. Os símbolos foram recepcionados por milhares de jovens no Bairro Jaroseski, na entrada da cidade. Em seguida, saíram em procissão até a Rua em frente à Praça e Igreja onde uma estrutura com palco digno dos grandes espetáculos foi montado. O brilhantismo da caminhada dos mártires, preparada pelos jovens da região, foi ofuscada pela forte conotação política partidária que não agradou ao grande público. Porém, os pronunciamentos do Bispo Dom Manoel João Francisco, do Padre Egidio Balbinott e a missa show com o Padre Ezequiel Dal Pozzo de Farroupilha/RS, foram aplaudidos pela plateia avaliada em 5 mil pessoas. Ressalta-se a especial competência dos organizadores, em especial do padre Egídio, em acomodar as pessoas para o show. Os idosos e pessoas com problemas físicos foram convidadas a trazer cadeiras e o padre fez questão de orientá-los pessoalmente, inclusive com a logística de banheiros e serviços diversos. Um belo luar e a noite com temperatura amena deram o requinte necessário para o evento, inédito na cidade de Descanso. Beata Albertina Albertina Berkenbrock nasceu em 11 de abril de 1919, na comunidade de São Luís, município de Imaruí, SC e foi assassinada em 15 de junho de 1931. A ela são atribuídos milagres. Em 2007 foi declarada oficialmente beata pela Igreja Católica Apostólica Romana. Conhecida pelo povo da Diocese de Tubarão como “a nossa Albertina”, também conhecida como a Maria Goretti brasileira. Albertina era filha do casal de agricultores, Henrique e Josefina Berkenbrock, teve vida simples e humilde no meio rural do seu município natal. A ela foram atribuídos milagres após sua morte violenta, depois de tentativa de estupro. Os milagres seriam obtidos por invocação junto a seu túmulo, o que motiva peregrinações. A Cruz Desde a conclusão da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de Madrid na Espanha em 2011, a Igreja do Brasil está vivendo um grande momento de evangelização dos jovens. A Cruz da Jornada Mundial e o ícone de Nossa Senhora chegaram ao Brasil no dia 18 de setembro de 2011. Os símbolos foram recebidos pela arquidiocese de São Paulo de onde partiram em peregrinação para as 274 dioceses do Brasil ao longo de 19 meses. Entre elas Descanso foi contemplada. Conforme o Padre Egidio Balbinott, a cruz da JMJ ficou conhecida por diversos nomes: Cruz do Ano Santo, Cruz do Jubileu, Cruz Peregrina. Muitos a chamam Cruz dos Jovens, depois que João Paulo II a entregou aos jovens para que a levassem pelo mundo, a todos os lugares e a todo o tempo. A cruz de madeira, de 3,8 metros foi construída e colocada como símbolo da fé católica, perto do altar principal na Basílica de São Pedro durante o Ano Santo de 1984. A Jornada Mundial da Juventude foi idealizada pelo Papa João Paulo II. Tudo começou quando 300 mil jovens estiveram reunidos com o Papa, na Praça São Pedro, no Vaticano, em 1984. No ano seguinte, o Papa anunciou a instituição da JMJ. Inspirado por grandes encontros de jovens do mundo em eventos especiais ocorridos em Roma, João Paulo II estabeleceu a JMJ como um evento anual e um meio para alcançar a nova geração católica e propagar os ensinamentos da Igreja.

Mais notícias: Descanso

Últimas notícias:

receba o impresso no e-mail em pdf