Comunidade debate melhorias na prestação de serviços da saúde

- terça-feira - 01/12/2015 Saúde e Bem Estar

Vereadores e comunidade questionaram autoridades sobre o atendimento na saúde

img

São Miguel do Oeste

 

Durante audiência pública quinta-feira, 26, na Câmara de Vereadores, a comunidade de São Miguel do Oeste debateu problemas e sugestões envolvendo a prestação de serviços da saúde, bem como a continuidade do atendimento no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso. A reunião teve questionamentos da comunidade e dos vereadores, que foram respondidos por autoridades da área durante o encontro. A audiência pública foi proposta pela presidente Cristiane Zanatta Massaro (PSDB) e pelos vereadores Gilberto Berté (PMDB) e José Giovenardi (PR).

Entre os questionamentos apresentados, a presidente do Legislativo cobrou sobre a implantação do serviço de Oncologia no Hospital Regional, a área física para sua execução e também sobre a continuidade da gestão da casa de saúde, já que o contrato com o grupo São Camilo, que administra o hospital atualmente, encerra dia 15 de dezembro.

A gerente regional de Saúde, Paula Corrêa, explicou que a implantação do serviço de Oncologia deve começar no primeiro semestre de 2016 e que o atendimento ocorrerá em um espaço já existente no hospital, ocupado hoje pelo Samu. Paula disse que já foi aprovada a reforma e adequação desse espaço para o tratamento de câncer. Em relação à superlotação do hospital, a gerente de saúde ressaltou que já há um projeto de ampliação e recursos destinados para isso, e que a licitação para essa obra pode ser lançada em breve.

Em relação à continuidade da gestão do hospital, Paula Corrêa argumentou que o grupo São Camilo não tinha mais interesse em gerenciar no tipo de modelo atual, que atende inteiramente pelo SUS. Porém, disse que de qualquer maneira seria necessário lançar um novo edital, já que está encerrando o contrato de cinco anos.



Mais notícias: Saúde e Bem Estar

Últimas notícias: