Quase 7.500 pessoas compareceram nas eleições dos Planos de Gestão

- segunda-feira - 07/12/2015 Educação

São Miguel do Oeste

 A comunidade escolar, composta por pais, professores, alunos e servidores foram às urnas na quinta e sexta-feira, 26 e 27, para escolher o Plano de Gestão Escolar, e por consequência, os diretores que irão administrar as unidades escolares estaduais nos próximos quatro anos. Na Secretaria de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste, a eleição foi realizada em 17 unidades de ensino da rede estadual. Ao todo, foram 7.464 votos computados na primeira eleição realizada na região.

A EEB Julio Vicente de Pelegrini, da Linha Guataparema de Guaraciaba, foi a unidade que teve a aprovação do Plano de Gestão com o maior índice, tendo 100% de votos a favor da diretora Marilene Dalsotto de Pelegrini, candidata única na escola. Em outras nove unidades escolares havia somente um proponente concorrendo.

Entre as unidades escolares que tiveram disputa, o Plano de Gestão da EEB Cecília Lotin, de Barra Bonita, proposto pela professora Luciane Zangalli Balensiefer, foi o que teve o maior índice de aceitação com 84% dos votos. A única escola que não teve o plano aprovado foi o da EEB Guilherme Missen de São Miguel do Oeste. O proponente Luiz Grando não atingiu os 50% dos votos favoráveis e o Conselho Deliberativo indicará o diretor que ficará no cargo temporariamente até nova eleição. As EEBs Nereu de Oliveira Ramos e Ouro Verde de Guaraciaba não tiveram candidatos e também terão diretores indicados pelo Conselho.  

De acordo com o gerente de Educação, Moacir Martello, o processo ocorreu de forma tranquila e dentro do esperado. “Tivemos uma boa participação da comunidade escolar. O processo novo sempre gera uma insegurança, mas foi democrático e os alunos, pais e professores tiveram a oportunidade de escolher o que consideram o melhor para a escola”, afirma.

Mais notícias: Educação

Últimas notícias:

receba o impresso no e-mail em pdf