Após vistoria, Esquadrilha da Fumaça confirma apresentação no dia 20 de abril em São Miguel do Oeste

- terça-feira - 13/03/2018 São Miguel do Oeste

Concentração do público será no Parque de Exposições Rineu Gransotto. Espetáculo inicia às 17 horas.

img


Dia 20 de abril, a partir das 17 horas, no Parque de Exposições Rineu Gransotto. Esta é a data, horário e local em que a Esquadrilha da Fumaça fará uma apresentação em São Miguel do Oeste. A definição ocorreu na manhã de hoje (13), durante “missão precursora” que o Major José de Almeida Pimentel Neto e o Capitão Juliano Nunes, pilotos da divisão especial da Força Aérea Brasileira realizaram ao município.

Os pilotos, juntamente com o delegado, Cleverson Muller, que auxiliou no contato com a Força Aérea, foram recebidos pelo prefeito, Wilson Trevisan, com quem tiveram uma conversa prévia. Em seguida, acompanhados do chefe de gabinete, Cleumar Liebert, vistoriaram o Aeroporto Municipal Hélio Wassun e o Parque de Exposições Rineu Gransotto. Locais mais centralizados que chegaram a ser cogitados para concentração do público durante a apresentação, como o campo do Guarani, acabaram sendo descartados por razões de segurança.

De acordo com o Major Pimentel, a extensão mínima da pista para que os aviões da Esquadrilha da Fumaça possam realizar pousos e decolagens, é de 1.500 metros. Por este motivo, a utilização do Aeroporto Hélio Wassun também não será possível, por ele ter apenas 1.270 metros. Ficou definido que os aviões sairão direto do aeroporto de Chapecó para a apresentação. O Parque de Exposições Rineu Gransotto foi aprovado para a concentração do público. “Serão sete pilotos voando, cada um em uma aeronave, em uma apresentação que terá 40 minutos de muito dinamismo”, salientou o Major.

O prefeito, Wilson Trevisan, agradeceu à Força Aérea Brasileira e à Esquadrilha da Fumaça pela oportunidade. Trevisan também convida toda a população, de São Miguel do Oeste, Descanso e demais municípios vizinhos, para que prestigiem o espetáculo, que é bastante raro na região; o último foi há cerca de 30 anos. O prefeito pede, ainda, o apoio das escolas e empresas, para que, dentro de suas possibilidades, liberem alunos e funcionários um pouco mais cedo no dia da apresentação, para que possam acompanhar a atração. A data foi definida pela disponibilidade de agenda da própria Força Aérea Brasileira.

Mais notícias: São Miguel do Oeste

Últimas notícias: