Acadêmicos de Medicina Veterinária realizam visitas técnicas em propriedades

- quinta-feira - 24/05/2018 Regional

img

SÃO MIGUEL DO OESTE

 

    Os acadêmicos de Medicina Veterinária da Unoesc São Miguel do Oeste estão participando de visitas técnicas em propriedades que trabalham com a atividade de ovinocultura e de bovinocultura de leite. Os acadêmicos da sétima fase foram, neste mês, até o município de Lajeado Grande-SC, conhecer a propriedade do produtor Anderson Bianchi. No local, há um lote de 120 matrizes leiteiras da raça Lacaune, com cerca de 80 a 90 animais em lactação.

    Os estudantes da nova fase visitaram três propriedades que trabalham com a bovinocultura leiteira nos municípios de Flor do Sertão e Tunápolis. Os alunos conheceram três sistemas de produção muito utilizados em Santa Catarina. Na propriedade de Evandro Volmer, foi possível conhecer o sistema Free-stall. Já na propriedade de José Hehn, os alunos conheceram o sistema Compost-barn. Em ambos os sistemas de criação, os animais ficam o tempo todo confinados e recebem a alimentação no cocho. A terceira propriedade visitada, dos produtores Nilson e Arlete de Costa, possui o sistema de produção de leite a pasto e recebe assistência técnica da Epagri.

    De acordo com a professora Eliana, as visitas têm o objetivo de promover a integração entre teoria e prática. "Os alunos puderam questionar os pecuaristas sobre os sistemas de produção e conheceram o ponto de vista de cada um deles sobre as vantagens e dificuldade, que estão sendo encontradas dentro de cada sistema", afirma a professora, salientando que a bovinocultura leiteira é uma das áreas que mais oferece oportunidades de trabalho ao médico veterinário na região Extremo-oeste catarinense.

    Para o acadêmico da nona fase, Laerte César Oliveira, as visitas permitem aliar a teoria com a prática. "É fundamental conhecermos os anseios e as vivências de cada produtor acerca da atividade, que exercem na propriedade", avalia o futuro médico veterinário.

 

Mais notícias: Regional

Últimas notícias: