INFORMAÇÕES DE ROMELÂNDIA

- quarta-feira - 11/07/2018 Geral

img
Alunos de Romelândia participaram do JESC Com apoio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte, adolescentes de Romelândia participam dos Jogos Escolares de Santa Caratina (JESC), em Florianópolis. As provas de atletismo ocorreram na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), dias 03, 04 e 05 deste mês. Acompanhados pelo professor de Educação Física, Laerson Ritter, cinco alunos da Escola de Educação Básica (EEB) Professor Hemínio Heusi da Silva competiram na modalidade atletismo – categoria de 12 a 14 anos. Conforme Ritter, da prova de salto em altura participou Nicoly Glembotzky. Nas corridas competiram Kauê Sasseti (75m), Mariana de Oliveira (250m), Renan Zanon e Letícia Ritter (1000m). “A dedicação dos nossos atletas era notável. Não foi desta vez que voltamos com medalhas, mas já estamos nos preparando para, no próximo ano, conquistarmos melhores posições”, disse o professor. Dia de Campo foi realizado em propriedade de Linha Formosa EPAGRI, juntamente com Instituto Catarinense de Sanidade Agropecuária (ICASA) e Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Romelândia, realizou o Dia de Campo. O evento ocorreu na tarde de quinta-feira (09), na propriedade do Sr. Claudir Schuh, em Linha Formosa. Fertilidade do solo, sanidade animal (Brucelose e Tuberculose) e planejamento leiteiro estiveram entre os temas abordados, conforme o secretário da pasta, Valmir Birkheuer. “A propriedade onde realizamos o Dia de Campo utiliza técnicas de produção leiteira sustentável, as quais servem de modelo para inovação e obtenção de melhores resultados”, disse Birkheuer. Segundo Adilson Moss, extensionista da EPAGRI, o planejamento leiteiro inicia por meio de um diagnóstico realizado em cada propriedade. “Em nível de Estado, na produção leiteira, nós trabalhamos em um programa de pecuária à base de pastagens perenes. Ele possibilita a sustentabilidade, o que impacta diretamente na questão econômica, ambiental e social. Planejamento forrageiro, estrutura do rebanho, controle leiteiro e apresentação dos resultados da propriedade foram assuntos apresentados no evento”, detalhou Moss. De acordo com Kelyn Cristine Wentz, veterinária do ICASA, os produtores leiteiros receberam informações sobre cuidados e exames necessários para a saúde animal. “Palestra, abordando duas doenças de notificação obrigatória, que são transmissíveis dos animais para seres humanos (zoonoses) – Brucelose e Tuberculose –, foi realizada. Tratamos do assunto desde os métodos de prevenção, leis que determinam o diagnóstico (exames) e a certificação das propriedades rurais”, explicou Kelyn. Conforme o engenheiro agrônomo da EPAGRI, José Gilmar Naibo, a importância trabalhar a terra foi o tema que norteou sua conversa com os produtores. “Alguns fatores são determinantes e afetam a produção de plantas, tais como a fertilidade do solo, que contempla as propriedades químicas, físicas e biológicas, o potencial genético das plantas, o clima e o manejo. As combinações desses fatores resultam em uma produção eficiente de pastagens, com custos reduzidos, quando comparados ao fornecimento de silagens e ração concentrada aos animais”, disse o profissional.


Mais notícias: Geral

Últimas notícias: