Café com empresários

Edson Fuhrmann- . sexta-feira - 17/08/2018 Regional

img
São Miguel do Oeste Na quinta-feira, 16, a Associação Empresarial de São Miguel do Oeste (Acismo) realizou o tradicional Café com Empresário, tendo por local o Clube Comercial. Os palestrantes do evento foram o presidente da Cooperativa Regional Alfa (Cooper Alfa), Romeo Bet, e o gerente de Controladoria, Gilberto Fontana. Participaram do evento o presidente da Associação Comercial e Industrial de São Miguel do Oeste, Airton Moss, o prefeito Wilson Trevisan e seu vice Alfredo Spier. Também estiveram presentes os gerentes das cooperativas de crédido, Jair Zonin do Sicrédi, Dirlei Bertocchi da Sulcrédi, e Edemar Fronchetti, do Sicoob São Miguel, além de empresários locais e regionais. Sob o lema “onde há empresa há gente”, a Acismo apresentou duas empresas capitaneadas pelas próprias famílias, entre elas o Restaurante Capelari, referência em culinária italian,a e a Mecânica Benitez, referência em mecânica automotiva. O patriarca, Davi Benitez, ex oficial do Exército Argentino, migrou para o Brasil e seu filho Anzel sentou praça no 14º Regimento de Cavalaria Mecanizado (RCMec), de São Miguel. A mecânica tem como clientela argentinos e brasileiros. Palestrantes convidados apresentaram o case “Cooperalfa – estratégias, essência e desafios”. O gerente de Controladoria, Gilberto Fontana, fez um relato da saúde financeira da Cooperalfa e das atividades realizadas no Extremo-Oeste de Santa Catarina, inclusive em parceria com o Frigorífico Aurora. Também destacou a preocupação da organização em fazer bem a parte econômica e social. Já o presidente da Cooperalfa, Romeo Bet, fez um relato convincente das dificuldades iniciais, não só da cooperativa, mas também da extrema pobreza dos desbravadores que construíram a Coopealfa ao longo de mais de meio século. Romeu disse que a sua numerosa família (18 filhos), no início passou fome e, quando melhorou de vida, um ovo de galinha era dividido em quatro. Quando foi questionado sobre a possibilidade de instalar uma unidade da Cooperalfa na República Argentina, respondeu que no mundo globalizado tudo é possível, desde que os argentinos apresentem uma situação favorável aos bons negócios. “Já estamos adquirindo produtos do Paraguai e da Argentina, principalmente milho”, explicou o presidente. Também, o presidente do Sicoob São Miguel, Edemar Fronchetti, disse que a cooperativa de crédito está intercedendo junto ao Banco Central para viabilizar a sua expansão para o país vizinho.

img img img img img

Mais notícias: Regional

Últimas notícias: