Deputado Mauricio Eskudlark comemora aprovação da Reforma Administrativa

.- . sexta-feira - 24/05/2019 Santa Catarina

Líder do governo disse que os deputados ajudaram com emendas e entenderam o clamor da sociedade catarinense

img

Foi aprovada por unanimidade, com 35 votos favoráveis, nesta quarta-feira (22), na Assembleia Legislativa (Alesc), o projeto de reforma administrativa do Governo do Estado (PLC 8/2019) encaminhado pelo Governador Carlos Moises (PSL).

O líder do governo na Assembleia, deputado Mauricio Eskudlark (PL), parabenizou a Assembleia pela forma como a análise da reforma foi conduzida. “As comissões estudaram, debateram, acataram emendas. Algumas não puderam ser atendidas, mesmo que meritórias, e deverão ser discutidas em projetos de lei específicos posteriormente, e isso foi entendido pelos colegas parlamentares”, explicou.

Dentre os principais pontos da reforma está a extinção de duas secretarias, a de Turismo, Cultura e Esporte e a de Planejamento, das Agências de Desenvolvimento Regional (Antigas SDR’s) e de órgãos como o Deinfra, Deter e Santur, além da retirada do status das secretárias da Defesa Civil e de Comunicação. A estimativa é que a reforma deva gerar uma economia de R$ 500 milhões em 4 anos, dar mais transparência e agilidade ao governo.

De acordo com Eskudlark, um dos articuladores deste processo, o Governo está satisfeito com o texto da reforma. “Foi muito diálogo, debates, os deputados estavam cientes da responsabilidade e todos sem exceção colocaram sempre o bem de Santa Catarina em primeiro lugar. O que o parlamento catarinense fez nesta data é histórico e serve de exemplo para a tão criticada política nacional”, concluiu o deputado.



Mais notícias: Santa Catarina

Últimas notícias: