Últimas

  • PL de Everaldo Di Berti

    img

    Foi aprovado o Projeto de lei 95/2018, de autoria do vereador Everaldo Di Berti, que dispõe sobre os critérios de preenchimento e da transparência de informações na distribuição das vagas de educação infantil do município de São Miguel do Oeste. Dos critérios A Lei prevê os seguintes critérios para preencher as vagas da educação infantil na rede pública municipal: criança cujo responsável resida em São Miguel; crianças em situação de vulnerabilidade ou risco, ou que recebam bolsa família; crianças ou pais ou responsáveis com deficiência física, psíquica ou doenças incapacitantes; crianças cujo responsável trabalhe em tempo integral ou parcial sem benefício de vale creche; crianças cujos responsáveis sejam estudantes em período integral ou parcial; crianças com irmãos estudando na mesma escola; crianças cujos pais ou responsáveis trabalhem no estabelecimento de ensino; família com menor renda familiar; zoneamento residencial dividido em bairros e centro; e zoneamento do local de trabalho, dividido em bairros e centro. Observando os critérios elencados, se observa contrapondo com os critérios existentes por exemplo no edital de 2017, no item 10.5, vide fotografia, que somente buscava a hipossuficiência como critério para conseguir as vagas. Valorando o critério econômico. Ao contrário do que passa a valer com a sanção desta lei. Onde destacamos que os critérios da lei, são totalmente distintos dos existentes nos editais. O que qualquer cidadão de notório saber consegue claramente identificar. Ademais, o texto estabelece a aplicação dos critérios na ordem estabelecida pelo edital de seleção de vaga. A proposta também prevê que caberá a cada unidade escolar a participação na seleção dos inscritos, classificação e indicação da escola deferida. Também estabelece que será assegurada a inscrição de todo e qualquer educando, efetuando a matrícula de acordo com o critério de seleção estabelecido e vagas disponíveis. Outrossim, no que se refere ao acesso a política pública de educação infantil, sabemos que podem ocorrer disparidades quanto aos critérios de acesso ao estabelecimento educacional, já que a administração não consegue garantir integralmente e universalmente este direito às crianças. Desta forma, os critérios que estão sendo contemplados, procura ser justo e igualitário. Tornando possível que todos aqueles que façam jus a vaga assim consigam. E inclusive, o vizinho não poderá mais questionar o porquê o Fulano consegue a vaga e ele não, e por quais critérios. Não podendo mais dizer que A ou B foram privilegiados pelo Município. O que também oportuniza a população, que quando souberem que as informações trazidas pelos critérios que deu a vaga a alguém, não condiz com a realidade, poderão também realizar comunicações a instituição de ensino ou ao executivo para se apurar, ou ainda ao Ministério Público como órgão fiscalizador. Portanto, desde que as famílias preencham os critérios já elencados, terão estes a preferência nas vagas. O que de forma alguma, excluirá aqueles que se encontram em situações de vulnerabilidade ou risco pessoal, inclusive em que a mãe por exemplo esteja sendo vítima de violência doméstica, que indiretamente também afeta ao filho e que também presumisse estar vivenciando algum tipo de violência, seja ela moral/intelectual por exemplo. Contemplando ainda, aqueles que recebem bolsa família, desde que atestado oficialmente. Já outros interessados que não se encontram em nenhuma situação de preferência dentre os critérios, farão jus as vagas pela sua classificação. Inclusive aqueles pais ou interessados que mesmo recebedores de auxílio creche, serão classificados, porém, terão que aguardar a vaga. Como sabido, todo mundo tem direito à educação. Ressalta ainda o Vereador, Everaldo Di Berti, que há anos discutem as vagas de creches e a sua forma de preenchimento, porém, agora com a lei, muitos casos poderão ser resolvidos de uma forma mais objetiva, posto que a lei é bastante clara quanto aos critérios que deverão ser observados para dar preferência as vagas, sem a necessidade de muitas vezes haver uma intervenção judicial para algo que poderia ser resolvido administrativamente. O que nada impede que se busque o órgão do judiciário ou o Ministério Público caso algum cidadão se sinta lesado pela não observância de algum direito. Do zoneamento Agora com a aprovação desta lei, os pais ou responsáveis poderão o ato da matrícula escolher a instituição de ensino pelo zoneamento domiciliar/residencial ou pelo local de trabalho dos pais ou responsáveis, desde que devidamente comprovado. O que facilitará muito para aqueles que moram em determinado local, mas que trabalham em outro.Visto que muitos pais preferem as vagas próximo ao local de trabalho. O que desafogará as vagas nos bairros, bem onde se concentram os maiores problemas. Da transparência A lei ainda obriga a publicidade periódica das vagas disponíveis e preenchidas nas creches e escolas de educação infantil do Município de São Miguel do Oeste, e a lista de espera de cada estabelecimento, o que deverá ocorrer no mínimo a cada 6 (seis) meses. Essa publicação deverá ter o número de vagas por turma e unidade escolar, as iniciais do nome de cada criança inscrita, o nome do responsável, e o deferimento ou não da vaga. A publicidade deverá ocorrer em local de visível acesso nas unidades de ensino envolvidas e no site oficial da Prefeitura. O Poder Executivo deverá regulamentar a lei no prazo de 90 dias. Segundo o autor, “Essa iniciativa traz transparência no preenchimento das vagas existentes e permite aos pais ou responsáveis acompanharem as chamadas pela internet ou pelas listas, de forma organizada e sem furos nessa fila”. A intenção é que todos saibam a classificação de todos. Afinal, a escola é a porta de acesso da criança às regras éticas e morais que regem a sociedade. Para isso é preciso que haja transparência em toda sua vida escolar, em especial no ingresso deste cidadão à instituição de ensino. Assim, visa efetivar um mecanismo bastante utilizado pelas administrações sobre a transparência pública. Quanto à divulgação da lista de espera propriamente dita, temos uma previsão constitucional sobre a necessidade de transparência dos atos da administração que, somada à mencionada necessidade de universalização da oferta da educação infantil (também decorrente da Constituição Federal), a depender do critério utilizado para convocação das crianças para uma das vagas, a princípio determina a necessidade de sua publicação, garantindo aos responsáveis a possibilidade de acompanhamento da efetiva posição da criança na lista de espera. O artigo 7º, inciso V da Lei Federal n° 12.527/11, afirma que o acesso à informação compreende veiculação "sobre atividades exercidas pelos órgãos e entidades, inclusive as relativas à sua política, organização e serviços", enquanto o artigo 8º, parágrafo I, inciso V da norma em comento, salienta dentre as informações sujeitas ao dever de divulgação em sítios oficiais da rede mundial de computadores, estão incluídos os "dados gerais para acompanhamento de programas, ações, projetos e obras de órgãos e entidades ". A Educação Infantil, assim como os demais espaços de educação no âmbito da Política Básica de Educação, configura direito constitucional. A oferta irregular do atendimento em Centros Municipais de Educação Infantil por exemplo, se apresenta como um problema social de grande proporção que, deve ser encarado com muita responsabilidade e transparência. Assim, considerando a importância dos meios tecnológicos voltados à informação, e tendo em vista a preponderância do interesse da sociedade, compreende-se que o dever de acesso à informação se insere a obrigação de divulgação em meios eletrônicos oficiais e outros acerca da fila de espera na Educação, em especial na Infantil, visto que é um dos maiores problemas do nosso Município. O que permitirá a coletividade e aos interessados o controle e fiscalização em relação a política pública pela sociedade e demais órgãos públicos.

    03/10/2018 Leia...

    -

  • VESTIBULAR UCEFF 2019 ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS


    A UCEFF, maior instituição privada de Ensino Superior no Oeste de Santa Catarina, está com inscrições abertas para o VESTIBULAR UCEFF 2019. São 17 cursos de graduação na Instituição de Ensino Superior (IES) que está entre as 20% das melhores do Brasil, segundo o Ministério da Educação (MEC). E por evoluir constantemente é que a UCEFF está preparada para o futuro, lançando o questionamento: vamos construir juntos? São mais de 30 laboratórios para experiências práticas desde o primeiro semestre, corpo docente capacitado, com professores que também atuam no mercado de trabalho, além de matrizes curriculares alinhadas às inovações no ensino-aprendizado, nas quais o acadêmico participa ativamente na construção do conhecimento. Inscrições e Prova Para fazer a inscrição é simples: basta acessar o hotsite do VESTIBULAR UCEFF 2019, escolher o campus no qual você pretende estudar (Chapecó ou Itapiranga), fazer seu cadastro e confirmar o curso desejado. Lembrando que o valor da taxa de inscrição e de R$ 30,00. E fique atento, pois o Prazo de Inscrição encerra no dia 22 de novembro. Aproveite para anotar na agenda: a Prova será realizada no dia 24 de novembro. Abaixo, confira os cursos disponíveis em cada campus. > Cursos de Graduação em Chapecó < Administração Premium Agronomia Arquitetura e Urbanismo Ciências Contábeis Premium Direito - Em Breve Engenharia Civil Engenharia de Produção Engenharia Elétrica Engenharia Mecânica Engenharia Química Medicina Veterinária Odontologia Processos Gerenciais Psicologia - Em Breve > Cursos de Graduação em Itapiranga < Administração Premium Agronomia Arquitetura e Urbanismo Ciências Contábeis Premium Direito Educação Física - Novo Engenharia Civil Engenharia de Produção Gestão da Tecnologia da Informação Medicina Veterinária Odontologia - Em Breve Pedagogia Programas de incentivo Mas se sua preocupação é como financiar a sua graduação, nós lhe ajudamos com algumas possibilidades. Na UCEFF são oferecidos diferentes programas de apoio financeiro com bolsas de estudo e financiamento estudantil. Desse modo, o estudante pode cursar o Ensino Superior com mais tranquilidade, sem ter estresses com a mensalidade. Conheça os programas e planeje qual é a melhor maneira de você dar um novo passo na sua trajetória: PROUNI FIES UNIEDU Crefácil Fundacred Programa Fidelidade Programa Rotas

    02/10/2018 Leia...

    -

  • Unoesc recebe mais de 2,5 mil alunos na Feira das Profissões

    img

    SÃO MIGUEL DO OESTE A Unoesc São Miguel do Oeste recebeu, na quinta-feira (27) e na sexta-feira (28), mais de 2,5 mil alunos de 54 escolas da região para a Feira das Profissões. Durante os dois dias de evento, os estudantes entraram em contato com o universo do conhecimento, da inovação e da tecnologia para escolher a profissão que querem seguir. Segundo o vice-reitor, professor Vitor Carlos D´Agostini, a avaliação da Feira é extremamente positiva, já que praticamente todas as escolas, públicas e privadas da região, oportunizaram que seus alunos, concluintes do ensino médio, participassem do evento. "A Feira das Profissões assume fundamental importância na medida em que proporciona aos estudantes, concluintes do ensino médio, uma visão realista das profissões do futuro e das atividades que devem ser desenvolvidas, com vista a lhes proporcionar conteúdo para uma tomada de decisão acerca de seu futuro profissional", destaca o professor. Os alunos do terceiro ano do ensino médio da Escola Humberto Machado, Lucas Becker, Karla Kessler e Cristina dos Santos, destacam que a escolha profissional é um momento importante para o futuro. "Durante a Feira, conhecemos a estrutura da Universidade e acompanhamos de perto atividades demonstrativas dos cursos, que nos aproximaram ainda mais da realidade profissional e do mercado de trabalho", concluem os estudantes. Além de poder fazer quatro roteiros diferentes para conhecer a estrutura da Unoesc, os participantes da Feira também acompanharam as palestras "Escolha Profissional" e "Orientações sobre Bolsas de Estudos", ministradas pelos professores e psicólogos Álvaro Mahl, Ana Paula Risson, Tânia Aosani e pela responsável pelo Serviço de Apoio ao Estudante (SAE), Luana Guardini Meotti. Durante os dois dias, acadêmicos e professores dos cursos de Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Administração, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Design, Direito, Engenharia de Alimentos, Engenharia Civil, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina Veterinária, Pedagogia e Psicologia sanaram dúvidas dos alunos, falaram sobre o curso e o mercado de trabalho. Neste ano, o curso de Odontologia também esteve presente, já que, em breve, será ofertado em São Miguel do Oeste. O evento encerrou na sexta-feira com o show da banda Mr. Johnson.

    01/10/2018 Leia...

    -

  • Valor global projetado é de R$ 146,8 milhões. Maior destinação é para o Urbanismo, seguido pela Educação e Saúde.

    img

    O prefeito de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan, encaminhou à Câmara de Vereadores, na última sexta-feira (28), os projetos da Lei Orçamentária Anual (LOA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Revisão do Plano Plurianual para o Exercício Financeiro de 2019. Este é o segundo ano consecutivo em que as três peças são entregues conjuntamente. PRIORIDADES O valor global do Orçamento projetado para 2019 é de R$ 146,8 milhões, cerca de R$ 22 milhões a mais do que o deste ano. A maior fatia será destinada ao setor de Urbanismo, com R$ 33,7 milhões, onde a intenção é investir em melhorias no trânsito e ligações asfálticas interbairros, entre outras ações. “Queremos captar recursos com a União e o Estado, além de contrair um possível financiamento, para efetuar melhorias na mobilidade urbana do nosso município”, destaca Trevisan. Para a Educação, o Orçamento 2019 prevê R$ 31,6 milhões, cerca de R$ 2 milhões a mais do que este ano. “Queremos ampliar a oferta de vagas na educação infantil e no ensino fundamental, além de oferecer um aperfeiçoamento de qualidade à nossa equipe”, salienta o prefeito. A Saúde deve ficar com R$ 28,5 milhões, o que também representa aproximados R$ 2 milhões a mais do que o valor projetado no orçamento vigente. O objetivo principal é acelerar o equilíbrio entre a oferta e a demanda de serviços nesta área, ampliando os serviços de média e alta complexidade, entre outros. CRESCIMENTO ORDENADO Trevisan explica que o Orçamento foi projetado levando em consideração a atual conjuntura econômica do país, marcada por um quadro de recessão, com crise acentuada e credibilidade abalada. “Entretanto, as projeções dos exercícios subsequentes preveem um crescimento ordenado, compatível com um processo de restabelecimento da economia aos poucos”, salienta. ORÇAMENTO 2019 GABINETE DO PREFEITO – R$ 3.430.020,00 SECRETARIA DE ADMINITRAÇÃO E FINANÇAS – R$ 12.846.612,63 SECRETARIA DE EDUCAÇÃO – R$ 31.637.417,87 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL – R$ 2.480.000,00 SECRETARIA DE URBANISMO – R$ 33.746.000,00 SECRETARIA DE PLANEJAMENTO – R$ 1.228.000,00 SECRETARIA DE OBRAS – R$ 7.150.000,00 SECRETARIA DE ESPORTE, CULTURA E TURISMO – R$ 4.592.000,00 SECRETARIA DE GES. DE PES. E TRANSP. – R$ 690.000,00 SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL – R$ 8.047.000,00 SECRETARIA DE SAÚDE – R$ 28.324.919,43 SECRETARIA DE AGRICULTURA, PEC. E PISCICULTURA – R$ 1.433.000,00 CÂMARA DE VEREADORES – R$ 5.250.000,00 FUNDO MUN. PARA RECONST. DOS BENS LESADOS – R$ 148.050,00 FUNDO MUN. DOS DIR. DA CRIANÇA E DO ADOLESC. – R$ 190.000,00 ENCARGOS GERAIS – R$ 3.206.980,07 RESERVA DE CONTINGÊNCIA – R$ 2.400.000,00 TOTAL – R$ 146.800.000,00

    01/10/2018 Leia...

    -

  • No primeiro dia de Outubro, quero lhes comunicar que estamos lançando uma campanha: Dipães e Você Contra o Câncer de Mama!

    img

    A dinâmica é bem simples: A cada pão 12Grãos (com o adesivo da campanha) vendido aos consumidores no mês de Outubro/18 em todos os pontos de vendas de pães assados, doaremos parte do lucro da Dipães para a Rede Feminina de Combate ao Câncer de São Miguel do Oeste/SC. Estamos pedindo o apoio de todos para nos ajudar a divulgar esta campanha, com isso, poderemos doar um valor maior a entidade parceira que muito necessita. Em anexo, cartaz da campanha que também estará em nossas mídias sociais. Em caso de dúvidas, estou à disposição. De antemão, agradeço pelo apoio de todos!

    01/10/2018 Leia...

    -

  • Onda Bolsonaro mobiliza multidões neste fim de semana


    No último fim de semana que antecede as eleições, o único Senador de Bolsonaro, Lucas Esmeraldino, participou de uma carreata no sábado (29), nas cidades de Gaspar e Blumenau, que reuniu centenas de simpatizantes, lideranças e empresários pelas ruas dos municípios. Ainda em Gaspar, Esmeraldino e o único candidato de Bolsonaro ao Governo, Comandante Moisés, participaram da comemoração dos 29 anos da União de Militares de Santa Catarina (Umesc). Na oportunidade, reuniram-se com lideranças elencando demandas da região. “É de grande valia estarmos cada vez mais ouvindo a população e aliando as nossas propostas com estas demandas, para verdadeiramente fazermos uma mudança na forma de governar e oferecermos o que realmente os catarinenses precisam”, destaca o Comandante Moisés. Seguindo a extensa agenda de compromissos, o domingo (30), também foi de intensa mobilização pelas ruas, mostrando a verdadeira pesquisa de intenção de votos e a união do time Bolsonaro/SC, nas cidades de Santo Amaro da Imperatriz, São José e Biguaçu. Diversos municípios do Norte, Sul, Leste e Oeste Catarinense, também foram para as ruas mostrar a força do time Bolsonaro/SC, através de carreatas, passeatas e adesivaço, apresentando a força das famílias que apostam na mudança. “Viemos para renovar, eliminar a velha política que o povo já não quer mais. Lutar por mais investimentos, maior retorno fiscal, fazer mais pelos municípios e mais pelo nosso Estado. Sei que uma das formas desse crescimento acelerar é através da revisão do Pacto Federativo, só assim os municípios estarão mais assistidos e teremos mais investirmos em saúde, educação, segurança e infraestrutura”, frisa Lucas Esmeraldino, candidato ao Senado. À noite, o time Bolsonaro/SC ainda estará reunido com lideranças em Balneário Camboriú, encerrando a grandiosa agenda na cidade de Joinville.

    01/10/2018 Leia...

    -

  • Vignatti concentra agenda em Chapecó

    img

    Faltando uma semana para as eleições, o candidato a Deputado a Federal, Claudio Vignatti, participou hoje (30), do almoço da Festa do Padroeiro São Jerônimo em Caxambu do Sul. Mesmo com chuva, percorreu as ruas de bairros de Chapecó com a Carreata do 13 junto com o candidato a vice-governador, Kiko Oliveira, e o ex-Ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolim. No final da tarde esteve presente na Plenária Final da campanha majoritária que aconteceu no Comitê Central e a última agenda do domingo foi na Reunião Ampliada de Apoiadores no Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de carnes e derivados de Chapecó (SITRACARNES). Vignatti permanece em campanha na cidade de Chapecó nesses sete dias que antecedem as eleições. O candidato irá participar de reuniões com apoiadores, panfletagem, carreatas pelos bairros e visita nos comércio da cidade. Na capital do Oeste ele sempre teve votação expressiva nas outras eleições e quer novamente continuar contando com o apoio dos chapecoenses para voltar ao Congresso Nacional.

    01/10/2018 Leia...

    -

  • Candidato a Deputado Federal participa de atividades na capital do Oeste

    img

    A poucos dias das eleições, o candidato a Deputado Federal, Claudio Vignatti centralizada sua campanha em Chapecó. As atividades começaram na manhã de hoje (28) com uma caminhada e visitas no comércio da Avenida Getúlio Vargas. Ao longo do dia, Vignatti participou da panfletagem no Frigorifico Aurora (saída para Guatambú), percorreu as ruas no carro de som bairros Colina, Loteamento Zanrosso e Alta Floresta e na panfletagem e conversa na frente da Unochapecó. Pela parte da noite, o candidato fará conversa com apoiadores em quatro bairros da cidade. Chapecó é a cidade que acolheu Vignatti, nesta terra foi um servidor público preocupado com a condição dos trabalhadores, ocupou o cargo de técnico em administração da prefeitura e assumiu a presidência do Sindicato dos Servidores Municipais de Chapecó e Região. Foi um líder comunitário ativo criando a Associação de Moradores do Santo Antônio, bairro onde viveu por 20 anos. Um vereador que fez a voz das pessoas ser ouvida e os problemas serem resolvidos. Contou com o apoio do povo chapecoense para se eleger duas vezes como Deputado Federal, e mostrou seu trabalho sendo autor da Lei que criou a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), onde foram investidos R$ 322 milhões em obras, gerando 2.136 empregos e atendendo 10 mil estudantes. Garantiu recursos para o novo acesso à BR-282 em Chapecó. Trouxe o IFSC para o interior do Estado. Destinou recursos para UBS, UPAs e Redes de Serviço de Atenção Básica de Saúde. Liberou recursos para a construção de Centro de Educação Infantil (CEIM) e tantos outros investimentos que contribuíram para o município desenvolver-se. A campanha de Vignatti no final de semana segue com atividades em Chapecó. No domingo às 18h acontece uma reunião ampliada da coordenação no Sintracarnes.

    28/09/2018 Leia...

    -

  • Incentivo à doação de órgãos é tema de projeto de lei

    img

    Deputado Colatto propõe aumento de pena para tráfico e inutilização de órgãos, além de benefícios para doadores

    O número de doadores de órgãos vem crescendo no Brasil, mas a lista de espera ainda é grande. Neste dia 27 de setembro, o Brasil celebra o Dia Nacional da Doação de órgãos, uma data destinada à conscientização sobre o tema. Para incentivar a doação, o deputado federal Valdir Colatto (MDB-SC) apresentou o Projeto de Lei (PL) 5805/2016, que prevê incentivos para doadores e familiares, além de punir a inutilização de órgãos. Pelo texto proposto, doadores de órgãos em vida e familiares (limite de seis) de doadores post mortem receberão credenciais de caráter vitalício, que permita o atendimento prioritário no Sistema Único de Saúde (SUS). As credenciais servirão para todos os procedimentos, inclusive cirurgias e internações. “Esse trabalho é pela necessidade de conscientização sobre a doação de órgãos. Os doadores e familiares estão fazendo um bem para as pessoas que mais precisam e querem continuar a sua vida normal”, enfatiza o deputado Valdir Colatto. O PL também tem como objetivo penalizar os responsáveis por tráfico e inutilização de órgãos por negligência, imprudência ou imperícia. A proposta aumenta a pena e a multa para crimes previsto na Lei do Transplante de Órgãos (9.434/97), e os classifica como hediondos. O crime de remover órgãos ou partes de corpo, por exemplos, tem a pena aumentada de 2 a 6 anos para 4 a 8 anos reclusão. A compra ou venda de tecidos vai de 3 a 8 anos para 5 a 12 anos de reclusão. Estatísticas Dados da Associação Brasileira de Transporte de Órgãos (ABTO) mostram que a cada oito pacientes potenciais doadores, apenas um é notificado. No Brasil, a taxa de transplante é 15 milhões por ano, enquanto na Espanha, país referência, a taxa é de 40 milhões de pessoas. O Ministério da Saúde tem dados que apontam que atualmente, aproximadamente metade das famílias entrevistadas não concorda que sejam retirados os órgãos e tecidos do ente falecido para doação. “Em muitos desses casos a pessoa poderia ter sido um potencial doador. Por isso, converse com sua família sobre o desejo de doar órgãos”, enfatiza Colatto. Após a constatação de morte encefálica, um doador é capaz de salvar, em média, 10 vidas, podendo chegar a mais de 20. Quais órgãos podem ser doados? Doador falecido: Coração, pulmões, fígado, pâncreas, intestino, rins, córnea, vasos, pele, ossos e tendões. Portanto, um único doador pode salvar inúmeras vidas. A retirada dos órgãos é realizada em centro cirúrgico, como qualquer outra cirurgia. Doador vivo: 1 dos rins, parte do fígado ou do pulmão e medula óssea.

    27/09/2018 Leia...

    -

  • Fazendo o “diabo” para manter a ladroagem no poder

    img

    Jair Bolsonaro deve ter jogado pedra na cruz. Nunca antes na História deste país um candidato foi tão massacrado e ainda lidera as intenções de voto. Enquanto o infeliz está lutando entre a vida e a morte no hospital, esquerdopatas estão fazendo o diabo para denegrir a sua imagem. Dizem que ele é uma ameaça a “Democracia” por ter sido Capitão do Exército na sua juventude. Porém, vale lembrar que o Exército Brasileiro jamais envergonhou a Nação, desde os Guararapes em 1649, data de sua fundação aonde negros, brancos e índios expulsaram o invasor holandês. Guerra do Paraguai, segunda grande guerra, missões de paz e pacificações. Principalmente organizações criminosas que proliferaram nos governos esquerdistas. Em 1964, quando o Brasil estava à deriva, imploraram para que o Exército evitasse o caos. E eles evitaram, não por dinheiro, mas sim pelo amor à Pátria. Quando Castelo Branco morreu num desastre de avião, verificaram os herdeiros que seu patrimônio limitava-se a um apartamento em Ipanema e umas poucas ações de empresas públicas e privadas. Costa e Silva, acometido por um derrame cerebral, recebeu de favor o privilégio de permanecer até o desenlace no Palácio das Laranjeiras, deixando para a viúva a pensão de Marechal e um apartamento em construção em Copacabana. Garrastazu Médici dispunha, como herança de família, de uma fazenda de gado em Bagé, mas adoeceu, precisou ser tratado no Hospital da Aeronáutica, no Galeão. Ernesto Geisel, antes de assumir a presidência da República, comprou o Sítio dos Cinamonos, em Teresópolis, que a filha vendeu para poder manter-se no apartamento de três quartos e sala, no Rio. João Figueiredo, depois de deixar o poder, não aguentou as despesas do Sítio do Dragão, em Petrópolis, vendendo primeiro os cavalos e depois a propriedade. Sua viúva, recentemente falecida, deixou um apartamento em São Conrado, que os filhos agora colocaram à venda, ao que parece em estado lamentável de conservação. Não é nada, mas os cinco generais-presidentes até podem ter cometido erros, mas não se meteram em negócios, não enriqueceram nem receberam benesses de empreiteiras beneficiadas durante seus governos. Sequer criaram institutos destinados a preservar seus documentos ou agenciar contratos para consultorias e palestras regiamente remuneradas. Bem diferente dos tempos atuais, não é? Por exemplo, o Lulinha, filho do Lula, era até pouco tempo atrás funcionário do Butantã/SP, com um salário (já na peixada política) de R$ 1.200,00 e hoje é proprietário de uma fazenda em Araraquara, adquirida por 47 milhões de reais e, detalhe, comprada à vista. Centenas de outros políticos também trilharam e trilham o mesmo caminho. Se fosse aberto um processo generalizado de avaliação dos bens de todos os políticos, garanto que 95% não passariam, seria comprovado destes o enriquecimento ilícito. Como diria Boris Casoy: ‘Isto é uma vergonha’ e, pior, ninguém faz nada.” Recapitulando, o regime militar foi um movimento político de duplo escopo, surgido do temor do expansionismo soviético e do desejo de desenvolvimento nacional, que administrou o país com um regime de exceção e que, por um lado, teria impedido a implantação de um regime totalitário e, por outro, seria responsável pelo Brasil ter se tornado uma das maiores economias do mundo. Dentro deste prisma, listo algumas das realizações do regime militar: construção de hidrelétricas gigantescas como Itaipu, a maior do mundo, além de Tucurui, Ilha Solteira, Jupiá, São Simão, Emborcação, Volta Grande e outras; construção da ponte Rio-Niterói; construção do aeroporto Tancredo Neves; crescimento econômico de até 14% ao ano, sem desemprego, sem inflação, sem greves; criação de 13 milhões de empregos; criação do Pró-Álcool; ferrovia da soja; rodovia transamazônica; inúmeras outras obras que elevou o Brasil do 48º lugar no ranking econômico das nações para o 8º lugar. E tudo isso em 22 anos de governo. Por outro lado, analisando hoje, mais de 25 anos após o regime militar, querem emplacar na presidência um cidadão que, quando ministro da Educação, tentou emplacar o Kit gay para as crianças a partir dos seis anos de idade. Como prefeito de São Paulo proliferou a indústria das multas e agora, como candidato, tem como mandatário um presidiário condenado por ladroagem por uma dúzia de juízes das mais altas cortes do País, a maioria nomeados por ele próprio. Diante disso: temos ou não temos o eleitorado mais ordinário deste planeta?

    27/09/2018 Leia...

    -

  • Em meio uma agenda intensa, Comandante Moisés parabeniza CBMSC


    O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina comemorou nesta quarta-feira (26), 92 anos de atuação no Estado, com relevantes serviços prestados à população. Coronel da reserva, com mais de 30 anos de atuação como bombeiro militar estadual, Comandante Moisés, que é candidato ao Governo pelo PSL/SC, fez questão de parar sua agenda intensa e gravar um vídeo, homenageando a corporação e aproveitou para enfatizar a alegria de fazer parte também desta história. O Corpo de Bombeiros lidera nos últimos 10 anos o ranking do Índice de Confiança Social (ICS) apurado pelo Ibope e que abrange 20 instituições. “Quando se fala em confiabilidade e credibilidade, em pesquisa pública, os bombeiros estão sempre abrindo a lista como os mais confiáveis”, destaca o candidato ao cargo de Governador, Comandante Moisés. No governo do Comandante Moisés, entre as prioridades nas medidas de segurança propostas estão a valorização dos agentes públicos de segurança e a recomposição dos efetivos, bem como integração das forças policiais.

    27/09/2018 Leia...

    -

  • Prefeitos que apoiam Peninha se reúnem para declarar voto em Bolsonaro

    img

    Candidato a governador pelo MDB, Mauro Mariani participará do ato. Candidatos ao Senado, Paulo Bauer (PSDB) e Jorginho Mello (PR) também confirmaram presença.

    Prefeitos, vice-prefeitos e presidentes municipais do MDB se encontrarão nesta quinta-feira (27), em Ibirama, às 13h, para anunciarem apoio ao candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro. A reunião está sendo articulada pelo deputado federal Peninha (MDB), candidato à reeleição. O candidato a governador pelo MDB, Mauro Mariani, estará presente no encontro. Paulo Bauer (PSDB) e Jorginho Mello (PR), candidatos ao Senado, cancelaram compromissos para também participarem do ato. Estão confirmados 34 prefeitos e vice-prefeitos emedebistas, 25 presidentes municipais e seis coordenadores regionais do MDB. São políticos do Alto e Médio Vale do Itajaí, e do Vale do Rio Tijucas. Aliado de Bolsonaro em Brasília, o deputado Peninha faz campanha aberta para o capitão. Convenceu prefeitos e vereadores a votarem 17, e agora articula para aproximar de Bolsonaro, os candidatos da majoritária liderada pelo MDB em Santa Catarina. O QUE: Reunião com prefeitos do MDB que anunciarão voto em Bolsonaro; QUEM: Deputado Peninha, Mauro Mariani, Paulo Bauer e Jorginho Mello; ONDE: Loja Nova Casa, em Ibirama (Rua 25 de Julho, 1595); QUANDO: Quinta-feira, dia 27/09, às 13h.

    27/09/2018 Leia...

    -

  • Programa BRDE PCS é apresentado como modelo em sustentabilidade no setor financeiro durante a Assembleia Geral da ONU, em Nova York


    O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), representado por seu diretor de Planejamento e Financeiro, Luiz Corrêa Noronha, participou, nesta quarta-feira (26/09), do evento “SDGs in Brazil – The role of the private sector” (ODS no Brasil – o papel do setor privado), em Nova York. Noronha relatou a experiência do Programa BRDE PCS – Produção e Consumo Sustentáveis, selecionado como caso exemplar de sustentabilidade no setor financeiro brasileiro pela Rede Brasil do Pacto Global da ONU, em parceria com o Observatório Mundial e a PwC, organizadores do encontro. “A escolha do BRDE é um reconhecimento dos resultados alcançados pelo Programa BRDE PCS desde 2015. Mais do que demonstrar total alinhamento e engajamento do Banco com os ODS, o BRDE hoje tem os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no centro de suas operações, como parte integrante do próprio negócio”, afirma o diretor Noronha. Ele destaca também a credibilidade da seleção, realizada com participação da PwC na análise dos cases e informa que será lançada uma publicação reunindo todas as experiências brasileiras tidas como referências para o setor privado. O encontro do Pacto Global ocorre dois dias após a Conferência dos Líderes do Pacto Global da ONU, em paralelo à 73ª Sessão da Assembleia Geral da ONU. BRDE - FINANCIAMENTOS COM VIÉS SUSTENTÁVEL O Programa BRDE Produção e Consumo Sustentáveis foi idealizado para disponibilizar linhas de crédito e canalizar recursos que atendam à demanda por financiamento para investimentos sustentáveis, privados ou públicos, nos três estados do sul do Brasil. Ele responde à necessidade, expressa pela sociedade e em acordos internacionais, de promover a transição para uma economia de baixo carbono. Tem como público-alvo empreendedores de todos os portes, inclusive micro, pequenas e médias empresas, e produtores rurais. A prática se resume em três etapas. Na primeira, foi definida a Política de Responsabilidade Socioambiental, que reflete a preocupação do BRDE com a sustentabilidade a partir da ação em três eixos: a) impacto das atividades; b) impacto das operações; e c) Programa de Financiamento. O impacto das atividades foi enfrentado com a adesão à Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P), programa do Ministério do Meio Ambiente, e criou-se um novo sistema de gerenciamento de riscos ambientais e sociais para monitorar o efeito das operações. A constituição do Programa BRDE Produção e Consumo Sustentáveis, segunda etapa dessa prática, integra uma concepção mais ampla, que busca modificar os procedimentos bancários. A iniciativa alia as perspectivas de inovações nos produtos financeiros e captação de recursos em fundings orientados para a sustentabilidade, principalmente de fontes internacionais. Resultado A terceira etapa, de monitoramento do programa, já demonstrou, em três anos, aplicação de recursos de R$ 1 bilhão colocados no mercado com taxas menores e prazos maiores do que a média dos financiamentos do BRDE. Permitiu captação de recursos junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (€ 50 milhões) e a realização de projetos especiais, incluindo: proteção do Bioma Pampa; programa de Eficiência Energética Assegurada, em parceria com o BID; iniciativa para redução de perdas e desperdícios de alimentos; e outras ações institucionais.

    26/09/2018 Leia...

    -

  • NASF realiza palestra sobre saúde do trabalhador em empresa do município

    img

    Ação foi desenvolvida durante SIPAT

    Na última sexta-feira (21), a Secretaria de Saúde de São Miguel do Oeste, por meio do Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF), participou de atividade durante a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT), da empresa Madebal, com o envolvimento de 80 colaboradores. Com base no tema "Alfabetização Emocional", a psicóloga Bárbara da Silva abordou de modo expositivo e dinâmico os aspectos psicológicos e emocionais dos trabalhadores, tanto na vida profissional como na pessoal. Segundo Bárbara, a atividade faz parte das ações previstas na atuação do NASF junto à comunidade, como prevenção e promoção da saúde do trabalhador, a fim de prevenir e reduzir o adoecimento psicológico da população. “Os dados são desenvolvidos, considerando o alto número de pessoas que fazem uso de medicamentos psicotrópicos, ou que buscam o atendimento em saúde mental na rede de atenção básica municipal”. Além destas ações paralelas, o NASF trabalha com os Grupos Bem Estar de educação em saúde mental, nas Unidades Básicas de Saúde de cada bairro mensalmente, os quais são coordenados pela psicóloga.

    26/09/2018 Leia...

    -

  • NOVO RURAL Produtores recebem orientação e materiais para implantar sistema de pastagens perenes

    img

    Tarde de Campo aconteceu na linha Campo Salles

    A Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Piscicultura de São Miguel do Oeste, em parceria com a Epagri, promoveu na última sexta-feira (21), uma Tarde de Campo na propriedade de João Santin, na linha Campo Salles. O secretário, Renato Romancini, explica que o evento faz parte do programa de pastagens perenes, integrante do “Novo Rural”. No total, 28 famílias de produtores rurais de São Miguel do Oeste estão sendo beneficiadas neste segmento. “Nesta Tarde de Campo, eles tiveram a oportunidade de participar de uma palestra sobre pastagens perenes, com o extensionista da Epagri, Valmir Kretschmer, e também receberam os materiais necessários para implementar o sistema em suas propriedades: arame, palanques e mangueira para bebedouros”, relata. Romancini acrescenta, ainda, que o programa de pastagens perenes inclui a parceria da Epagri, com toda a assistência técnica necessária. “Nossa intenção é que os produtores consigam reduzir seus custos, aumentando assim a margem de ganho. Além disso, terão uma menor carga de trabalho e melhoria da qualidade de vida”, salienta. O prefeito, Wilson Trevisan, acompanhado do vice-prefeito, Alfredo Spier, também participou da abertura do evento e da entrega dos materiais permanentes para piqueteamento às famílias cadastradas. “O programa Novo Rural foi pensado para beneficiar todos os produtores rurais do nosso município, respeitando a atividade específica que cada um desenvolve. Estamos criando o ambiente necessário para melhorar a renda e a qualidade de vida das famílias do interior, e ainda proporcionar uma alimentação mais saudável para toda a população do nosso município”, destaca.

    26/09/2018 Leia...

    -

  • 2º Simpósio em Saúde do Hospital Regional de São Miguel do Oeste está com inscrições abertas


    26.09.2018 – Com o tema “Atenção Multiprofissional: da assistência hospitalar ao cuidado domiciliar”, o Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste – Instituto Santé, realiza na quinta-feira, 18 de outubro, o 2º Simpósio em Saúde. A inscrição é gratuita e podem ser feitas até o dia 10 de outubro. O evento é voltado aos profissionais da área da saúde e estudantes. Interessados devem inscrever-se no site www.hrtgb.org (banner à direita). Conforme o coordenador do evento e gerente de enfermagem do Hospital Regional, Cristiano Alba, entre os objetivos do Simpósio está a oferta de palestras que aprimorem a prática dos trabalhadores da saúde. “Buscamos palestrantes que contribuam com o dia a dia dos que trabalham com saúde. Trouxemos temas como a oncologia, considerando o início dos serviços aqui em São Miguel do Oeste. O Sistema Único de Saúde atua de maneira interligada com os municípios e Hospital Regional”, afirma o gerente. O Simpósio é uma realização do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso e conta com o apoio da administração de São Miguel do Oeste e com o patrocínio das empresas: Nestle Health Science, Merco Soluções em Saúde e Nutrimedical. No dia do evento, a pessoa inscrita deverá levar um 1kg de alimento. A arrecadação será doada para entidades da região. Programação O evento começa 7h30 com o credenciamento dos participantes. Às 8h30 está marcada a abertura oficial. Em seguida, às 9h, iniciam as palestras que seguem até às 15h30 com intervalo para almoço. Ao fim do evento, serão expostos banners de pesquisadores com estudos da área da saúde. Palestras: 09:00 as 10:15h – Bactérias Multirresistentes X IRAS: qual a minha responsabilidade? Palestrante: Eliandra Mirlei Rossi; bióloga, Doutora em Microbiologia Agrícola e do Ambiente – UFRGS. 10:30 as 12:00h – Assistência Multiprofissional a Pacientes Ostomizados. Palestrante: Daniela Mafioletti Floriano; enfermeira, especialista em Estomaterapia – PUC/PR. Atua na área de feridas e estomias pela Fufa/SC há mais de 10 anos. 13:30 as 14:30h – Saúde Baseada em Evidências. Palestrante: Luana Roberta Schneider; enfermeira mestre, Doutoranda em Ciências da Saúde/UNOCHAPECÓ. 14:30 as 15:30h – Como promover uma alimentação segura no domicílio? Palestrante: Catherine Machado; nutricionista, especialista em Nutrição Oncológica; Cancerologia: área de Nutrição; Nutrição parenteral e enteral pela BRASPEN.

    26/09/2018 Leia...

    -

  • Profissionais do Sicoob São Miguel participam de Workshop em Brasília

    img

    Evento apresentou novas tendências de mercado para participantes do Sicoob de todo o Brasil

    Nos dias 17 e 18 o Sicoob São Miguel participou do 2º Workshop de Pessoas Jurídicas, realizado em Brasília. O evento, voltado para gestores da cooperativa, teve foco no relacionamento consultivo, apresentando painéis com temas voltados sobre: como atrair e manter o público PJ, atendimento consultivo, crédito competitivo e parcerias exitosas. De acordo com o subgerente do Sicoob São Miguel de Guarujá do Sul, Nédio Massmann, a avaliação do evento é positiva. Ele explica que, através do evento, pode-se verificar como está o posicionamento do Sicoob com relação às pessoas jurídicas, a nível nacional e sistema financeiro. “Pode-se notar que existe um amplo mercado em que as cooperativas Sicoob podem atuar aumentando mais seus negócios, tanto na abertura de novas contas como também, em agregar produtos e serviços como máquinas de cartão Sipag, boletos bancários, crédito e microcrédito, cartões entre outros”, explica. Sobre o evento, ele conta que no Workshop PJ foram apresentadas melhorias nas tecnologias de comunicação como celulares e computadores, implantação de novas funcionalidades que irão aproximar mais a cooperativa dos seus associados. “Pode-se notar também que, mesmo em épocas em que o mercado aponta recessão, o Sicoob conseguiu ampliar mais seu relacionamento com as empresas tendo um ótimo crescimento de 2017 para 2018”, evidencia. Para o Gerente do Sicoob São Miguel de Indaial, Miguel Vicente Ritter, participar do Workshop em Brasília foi uma oportunidade única, uma experiência que agregou crescimento pessoal e profissional. “Tenho certeza de que aquilo que nós vimos no encontro será colocado em prática de imediato. São informações privilegiadas aos quais nós tivemos acesso, e temos a certeza de que o Sicoob está no caminho certo. Quero agradecer a diretoria do Sicoob São Miguel pela oportunidade que nós tivemos de participar deste encontro. Acredito que foi um evento único e a gente espera que, realmente o que foi divulgado, seja colocado em prática para que garanta o nosso futuro, o futuro do Sicoob no Brasil”, destaca. Conforme o Diretor de Negócios do Sicoob São Miguel, Jaimir Balbinot, uma equipe de 14 colaboradores participaram do encontro em Brasília. “O Workshop PJ foi muito bom, evento que nos vislumbrou perspectivas de negócio usando a tecnologia para atrairmos um novo perfil de associados e atendermos suas expectativas, gerando cada vez mais comodidade e segurança. O Sicoob está preparado para isso e, com essa equipe que veio aqui em Brasília, fica muito mais fácil proliferar em nossas agências essas novas tendências, e pôr em prática esses novos produtos e serviços, que vão estar à disposição de nossos associados”, afirma Balbinot.

    25/09/2018 Leia...

    -

  • OPERAÇÃO ÁGATA GRAAL

    img

    A Operação ÁGATA GRAAL iniciou às cinco horas do dia 24 de setembro de 2018 com o objetivo de intensificar a presença do Estado na região de fronteira, por meio de ações de controle de tráfego de ilícitos na área de operações. Essa área tem uma extensão de aproximadamente 3.500 km, ao longo da fronteira dos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e do Paraná – extensão similar à fronteira entre os EUA e o México. A operação iniciada não tem prazo definido para seu término e conta com a participação de tropas da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, atuando em coordenação com os Órgãos de Segurança Pública e de Fiscalização, tais como o Departamento de Polícia Federal, Departamento da Polícia Rodoviária Federal, Secretaria da Receita Federal do Brasil e Polícias Civil e Militar desses estados. Mais de 3 mil militares e civis das esferas Federal, Estadual e Municipal, com suporte direto de 30 aeronaves e cerca de 10 embarcações fluviais blindadas e de pequeno porte, estão empenhados em fortalecer a prevenção, o controle, a fiscalização e a repressão aos delitos transfronteiriços, conforme prevê o Programa de Proteção Integrada de Fronteiras, instituído pelo Decreto Presidencial no 8.903, de 16 de novembro de 2016. Esse Programa tem como diretriz a atuação integrada e coordenada das Forças Armadas, dos Órgãos de Segurança Pública, dos Órgãos de Inteligência e da Secretaria da Receita Federal do Brasil, o Programa tem como um de seus objetivos integrar e articular ações das Forças Armadas, de segurança pública da União, de inteligência e de controle aduaneiro com as ações dos estados e municípios situados na faixa de fronteira fechando assim uma faixa fronteiriça ocidental do Brasil para a entrada de ilícitos. A Operação ÁGATA GRAAL é regulamentada pelo Decreto no 85.064, de 26 de agosto de 1980 e com amparo na Lei Complementar no 97, de 09 de junho de 1999, alterada pelas Leis Complementares no 117, de 2 de setembro de 2004 e Lei Complementar no 136, de 25 de agosto de 2010.

    25/09/2018 Leia...

    -

  • Sistema de videomonitoramento é oficialmente inaugurado no município

    img

    Foram instaladas 10 câmeras em pontos estratégicos

    Após cerca de seis meses de testes e adaptações, o sistema de videomonitoramento foi oficialmente inaugurado no município de Descanso na manhã desta terça-feira, 25 de setembro, em ato oficial na Delegacia de Polícia Civil e Militar, com a presença de autoridades locais, representantes dos dois órgãos públicos e do Corpo de Bombeiros, e o secretário estadual de Segurança Pública, Alceu Pinto de Oliveira Júnior. Foram instaladas 10 câmeras em pontos estratégicos do município, com o objetivo de prevenir e coibir atos e situações irregulares ou que coloquem o cidadão descansense em risco. O coordenador de mobilidade, responsável pelo setor de videomonitoramento, Ricardo Sartori, explica que o sistema auxiliará as polícias Civil e Militar. “O sistema vem ao encontro a diversas ações desenvolvidas pelas polícias Civil e Militar, e visa proporcionar maior segurança ao munícipe. As imagens são acessadas em tempo real e podem ser utilizadas para prevenção ou repressão de crimes em geral”, ressalta Sartori. O comandante da Polícia Militar de Descanso, Ilionei Manfroi, destaca que diversas ações já foram realizadas por intermédio das câmeras de videomonitoramento. “Mesmo durante a fase de treinamento e adaptação do sistema, já percebemos sua eficiência. Já foram diversos flagrantes de uso de entorpecentes e possíveis casos de tráfico de drogas que estão sendo investigados, bem como infrações de trânsito”, destaca Manfroi. Para o secretário de Estado de Segurança Pública, Alceu Pinto de Oliveira Júnior, essa é uma das ações que proporcionam uma mudança de realidade local. “O sistema vai além da repressão da criminalidade, ele faz uma prevenção. Onde existe uma câmera instalada existe a mudança comportamental do cidadão, não apenas no que diz respeito a posturas criminosas, mas também em posturas antissociais. A presença do Estado através da segurança pública é fundamental para a manutenção da ordem local. Outros programas vêm ao encontro com o sistema para melhor funcionamento e agilidade: reconhecimento de placas, reconhecimento facial e análise de comportamento. A inteligência artificial identificará situações de risco e notificará o operador do sistema, que poderá intervir se achar necessário”, frisa o secretário. O prefeito Sadi Inácio Bonamigo explica que essa é uma forma de parceria entre o Município e polícias Civil e Militar. “Sabemos que o efetivo policial no município é reduzido, hoje contamos com sete agentes da Polícia Militar, sendo que apenas quatro são disponibilizados para o policiamento de rotina, e o sistema de videomonitoramento vem para complementar o trabalho e agilizar as ações, bem como contribui para a qualidade de vida e segurança do munícipe, que pode trafegar com tranquilidade pelas ruas do município. O Governo Municipal auxiliou a instalação das câmeras e ficamos imensamente felizes em pode concretizar esse projeto”, finaliza Bonamigo. No que tange o trabalho da Polícia Civil, conforme o delegado do município Cleverson Muller, o sistema de videomonitoramento será utilizado para a investigação de crimes ocorridos no município, sejam eles de qualquer natureza.

    25/09/2018 Leia...

    -

  • Décio Lima esteve em São Miguel do Oeste, Maravilha e Quilombo

    img

    Candidato ao governo de Santa Catarina participou de debate eleitoral e encontros com lideranças, no sábado

    O candidato ao governo de Santa Catarina, Décio Lima, participou do debate eleitoral da Rede Peperi em São Miguel do Oeste, na manhã de sábado. Ele anunciou como proposta de governo um novo campus da UFFS em São Miguel do Oeste e garantiu investimentos em Infraestrutura. “Nos primeiros 60 dias de governo, vamos lançar o Plano Estadual de Obras Públicas (PEOP) para investir nós próximos quatro anos R$ 10 bilhões em obras públicas, sendo R$ 6 bilhões com recursos próprios e R$ 4 bilhões através de empréstimos. No Extremo Oeste o foco será nas rodovias e ferrovias”, afirmou. No debate o candidato apresentou suas propostas para agricultura familiar, saúde, educação, geração de emprego e renda e segurança. Décio Lima esteve acompanhado do vice Kiko Oliveira, da vereadora de São Miguel do Oeste, Maria Tereza Capra, dos prefeitos, vereadores, candidatos a deputado federal e estadual e lideranças da região. Carreata Após o debate, o candidato comemorou sua participação no debate com uma carreata pela cidade junto com os candidatos a deputado estadual Luciane Carminatti, Padre Pedro, Fabiano da Luz e o candidato a deputado federal, Dirceu Dresch. Maravilha e Quilombo Ainda no sábado, Décio Lima participou de encontros com a militância junto com sua comitiva de lideranças. Participaram ainda os candidatos a deputado federal Cláudio Vignatti e Pedro Uczai. “Eu não acredito em pesquisa eleitoral. Eu acredito nas pessoas. Mas a última pesquisa é o nosso passaporte para o segundo turno”, afirmou.

    24/09/2018 Leia...

    -