Últimas

  • CAE debate violência contra mulheres em audiência pública

    img

    Na quarta-feira, 5, a Comissão de Assuntos Econômicos – CAE realizou audiência pública para discutir os reflexos da crise da segurança pública sobre as contas do país, principalmente no que diz respeito a violência contra a mulher. A audiência foi a primeira de uma série que avalia as políticas públicas do Poder Executivo, fiscalizadas pela CAE. O debate se deu por requerimento dos senadores Dalirio Beber (PSDB-SC), Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Armando Monteiro (PTB-PE). A violência contra a mulher gera um prejuízo de pelo menos R$ 975 milhões por ano, concluiu um estudo apresentado pelo economista José Raimundo Carvalho, professor da Universidade Federal do Ceará. Os dados expostos pelo economista levam em conta apenas o prejuízo provocado pelo chamado absenteísmo — as faltas ao trabalho por mulheres vítimas de violência. O economista analisou informações reunidas na Pesquisa de Condições Socioeconômicas e Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (PCSVDF Mulher). Rota dos homicídios Carvalho analisou ainda dados sobre homicídios nas regiões Norte e Nordeste. Ele chamou a atenção para os indicadores do Ceará. Entre 2005 e 2015, a taxa de assassinatos por 100 mil habitantes cresceu 126,39% no estado — a maior alta registrada no país. O professor alerta para uma mudança no “padrão criminal” das duas regiões, provocada pelo narcotráfico. Ele destaca que criminosos usam afluentes do rio Solimões, na Região Norte, para internalizar drogas no Brasil e alguns estados do Nordeste para distribuir os entorpecentes para outros países. Parcerias privadas A audiência da CAE contou ainda com o economista Leandro Piquet, professor da Universidade de São Paulo (USP). Ele defendeu a formatação de parcerias privadas de interesse público para atuar na área da segurança. Prioridade Para o senador Dalirio, a definição de programações orçamentárias para o enfrentamento à violência contra a mulher, é urgente. Como relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), o senador propôs a inclusão das ações de combate à violência contra a mulher, como prioridades do governo em 2019.

    06/09/2018 Leia...

    -

  • AMEOSC e EPAGRI realizam primeira etapa do curso sobre homeopatia

    img

    Iniciou na manhã da última terça-feira de agosto, (28), no auditória do CETRESMO em São Miguel do Oeste, a primeira etapa do curso de capacitação e apoio para implementação da homeopatia na agropecuária, cujo objetivo é qualificar os profissionais do serviço público municipal e agricultores familiares no uso de matéria médica na prevenção e tratamento de enfermidades animais e vegetais. O curso, que é direcionado para Médicos Veterinários e Engenheiros Agrônomos, conta com a realização da Associação dos Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina (AMEOSC) e EPAGRI Regional, e apoio do Colegiado de Departamento Técnico da AMEOSC. Ao todo, serão 9 dias de estudos, divididos em três etapas: 1ª Etapa: 28 a 30 de agosto de 2018; 2ª Etapa: 11 a 13 de setembro de 2018; 3ª Etapa: 16 a 18 de outubro de 2018. Entre os assuntos das capacitações, estão a metodologia de trabalho, a ciência e arte de cura da homeopatia, bem como, estudos de casos, entre outros. Nesta primeira etapa, o palestrante foi o engenheiro agrônomo e pesquisador em homeopatia vegetal da Epagri de Lages, Pedro Boff e pelo extensionista rural médico veterinário Marcelo Pedroso. De acordo com a Médica Veterinária de Descanso-SC, Beatriz Inês Holdefer, a capacitação atende a uma demanda do Colegiado de Departamento Técnico da AMEOSC (formado por Engenheiros Agrônomos e Médicos Veterinários). Desta forma, diante da necessidade e contando com a parceria da EPAGRI, da Prefeitura de Bandeirante e de Descanso, foi possível trazer está capacitação, que também servirá para que outras sejam realizadas. Sobre a importância do tema, Beatriz destaca “a homeopatia visa tratar o indivíduo, não a doença. Assim, a partir de uma analise detalhe dos sintomas gerais, físicos e mentais do paciente é possível determinar qual medicamento a ser usado, para corrigir o desvio da força vital, visando a cura desse indivíduo. ” Para a médica veterinária, discutir sobre o tema faz parte da busca constante por conhecimento e por uma nova filosofia de vida.

    05/09/2018 Leia...

    -

  • Estacionamento Rotativo Vereador solicita ampliação do tempo de tolerância e conversão de multa em créditos

    img

    Em sessão ordinária realizada nesta terça-feira (04), o vereador Vagner Passos (PSD) apresentou Indicação Legislativa encaminhada ao Prefeito, Wilson Trevisan e representante do Departamento de Trânsito- Demutran, solicitando que se estude a viabilidade de estabelecer o tempo de tolerância do estacionamento rotativo em 10 minutos e para que a multa no valor de R$ 10,00 aplicada a quem não aloca a vaga de estacionamento ou passa o tempo estabelecido em alocação, que seja revertida de forma integral ou parcial em crédito para alocação justificativa. Passos ao iniciar a apresentação da indicação lamentou as situações que vem ocorrendo envolvendo o Estacionamento Rotativo, como os casos de agressão contra agentes do estacionamento e observou a falta de suporte dos agentes até mesmo na questão te possuir troco nas transações durante o dia ao auxiliarem nas alocações. Diante dessas situações o vereador ainda criticou o estudo técnico que estabeleceu três minutos de tolerância na vaga. “O tempo de tolerância de três minutos estabelecido em Decreto pelo Executivo é insuficiente para qualquer atividade que o usuário possa fazer e até mesmo localizar o parquímetro em tempo para a devida alocação. Muitos motoristas estacionam seus veículos para atividades rápidas e os mesmos tem a obrigação de pagar o tempo mínimo que é de 30 minutos, ou seja, pelo menos R$ 1,00, sendo que em muitas vezes em menos de 10 minutos conseguem retornar a seus veículos e desocupar a vaga”, salienta. Multas revertidas em créditos Ainda, sobre as multas a quem não aloca a vaga de estacionamento aplicadas no valor de R$ 10,00 a sugestão do vereador Passos é que esta seja revertida em créditos, seja o valor integral ou parcial, para posteriormente ser utilizado na alocação de vagas, forma que já é utilizada em outras cidades com estacionamento rotativo. O vereador observa que em São Miguel do Oeste ao realizar a regularização quando da notificação por não pagamento de alocação, o usuário deverá pagar o valor de R$ 10,00 equivalente a 5 horas de estacionamento. Já em Ituporanga-SC cidade em que a mesma empresa que gerencia o estacionamento rotativo (Estacionamento Digital) atua, ao realizar a regularização quando notificado, que custa o equivalente a 5 horas de estacionamento, você recebe em seu cadastro os créditos no total de 2 horas ou recebe duas raspadinhas que também representam 2 horas, ou seja, a multa é convertida em créditos.

    05/09/2018 Leia...

    -

  • Vereadores mirins sugerem compra de equipamento para escola, realização de Feira de Profissões e obras públicas

    img

    Os vereadores mirins de São Miguel do Oeste realizaram nesta terça-feira (4) a sua sessão mensal relativa ao mês de setembro. Os jovens parlamentares apresentaram proposições relacionadas às escolas e a obras públicas no município. A sessão também teve apresentação do Momento Cultural pelo vereador mirim Arthur Zanella Capra Voght, que falou sobre a história e as atividades do Instituto CVE. Professores e alunos da instituição participaram da sessão e fizeram apresentações artísticas para os presentes. Uma das indicações apresentadas é de Gabriel Felipe Prado de Moura e solicita que a Administração Municipal compre um aparelho multimídia para a Escola Básica Municipal Padre José de Anchieta, da Linha Dois Irmãos. Conforme o vereador mirim, o aparelho existente na escola estragou há algum tempo e seu conserto não compensa. “O multimídia faz muita falta na escola e é um recurso didático/pedagógico muito importante e de uso diário dos professores em sala de aula”, ressalta Gabriel. Outra indicação é de Gabriel de Moraes, que solicita a realização de reparos no calçamento da Travessa Tupi, no Bairro Santa Rita. O vereador mirim relata que nesse trecho a Casan abriu diversos buracos para efetuar reparos na tubulação da rede de água, e posteriormente fechou-os com terra e pedras britas. “Com o tempo e a chuva, as britas foram saindo e os buracos ficaram mais fundos, tornando as vias perigosas”, explica o vereador mirim. “Nossa população não pode sofrer pelo fato de não haver sincronia entre o Executivo e a Casan”, acrescenta, citando que após a abertura de buracos, muitas vezes a recuperação das vias ocorre somente meses depois. Alex Goddois Fabbi indicou a instalação de um abrigo de passageiros no ponto de ônibus localizado na Rua Oiapoque, na esquina com a Rua Olinda Vidor, no Bairro Agostini, próximo à Unidade de Pronto Atendimento. A intenção é atender as reivindicações de moradores e usuários da UPA. O vereador mirim lembra que o ponto de ônibus já existe no local, porém é necessária a instalação de um abrigo coberto. “Os usuários merecem um local mais adequado para a espera do seu transporte”, afirma. Biancka Berté solicitou a criação da Feira das Profissões na Rede Municipal de Ensino com as turmas do 9º ano. A vereadora mirim afirma que o objetivo é proporcionar aos estudantes uma oportunidade de conhecer profissionais de diversas áreas de atuação, para que possam escolher qual profissão seguir. “Este será um momento para que os alunos possam tirar suas dúvidas. É importante que tenham uma noção da profissão que almejam para o futuro, uma vez que estão prestes a entrar para o Ensino Médio”, ressalta. Já o vereador mirim Kevin Ledur apresentou um requerimento de informação. Ele solicita informações sobre como está o andamento da Indicação Legislativa 168/2017, sobre a academia ao ar livre do Bairro Progresso, indicada pelos vereadores Cláudio Barp e Everaldo Di Berti.

    05/09/2018 Leia...

    -

  • Uma caminhada por Santa Catarina

    img

    Deputado Federal Valdir Colatto em roteiro pelo Estado

    São mais de 17 horas de trabalho por dia. Das 7 da manhã a meia noite com o pé na estrada. Encontros, visitas, reuniões com lideranças, amigos e apoiadores para mostrar todo o trabalho que já foi feito na Câmara dos Deputados e o que está sendo planejado para melhorar e continuar em Brasília. É assim, com uma agenda corrida e extensa, que o deputado federal Valdir Colatto (MDB/SC) segue sua caminhada para as eleições do dia 7 de outubro. Valdir Colatto sempre dedica o seu tempo para compartilhar o trabalho feito em Brasília, buscar sugestões e demandas por onde passa. Nas últimas duas semanas de campanha, foram mais de 30 municípios visitados no Oeste, Extremo-Oeste, Meio Oeste e Serra Catarinense, em encontros com lideranças partidárias, apoiadores, cooperativistas, agricultores e empresários, marcou presença também em eventos. São vários municípios, por todas as regiões de Santa Catarina, milhares de quilômetros, viagens e horas de trabalho. Além disso, acompanhando a coligação Santa Catarina Quer Mais, com os candidatos a governador Mauro Mariani, vice Napoleão Bernardes, e senadores Paulo Bauer e Jorginho Mello, participou de encontros, bandeiraços e carreatas. Xanxerê, São Joaquim, Bom Jardim da Serra, Lages, Planalto Alegre, Caxambu do Sul, São Carlos, Guatambu, Mondaí, Palmitos, São Miguel do Oeste, São João do Oeste, Faxinal dos Guedes, Itapiranga, Caibi, Descanso, Belmonte, Iporã do Oeste, Riqueza, Tunápolis, Chapecó, Campos Novos, Pinheiro Preto, Pinhalzinho, Saudades, Tangará, Caçador, Videira, Joaçaba, Ponte Serrada, Cunha Porã e Nova Erechim foram os municípios por onde o deputado passou nas últimas duas semanas.

    05/09/2018 Leia...

    -

  • Deputado Colatto prestigia Apaes de Palmitos e São Carlos

    img

    Parlamentar participou de eventos nas entidades na última sexta-feira, com Noite Cultural e Jantar

    A Associação dos Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina (AMEOSC), promove nesta terça e quarta-feira (04 e 05/09), uma importante capacitação sobre “Contratos Administrativos e Sistema de Registro de Preços”, com a finalidade de proporcionar um embasamento prático e objetivo, estritamente dentro das exigências legais, com legislação atualizadíssima, aos profissionais do serviço público que lidam direta ou indiretamente com o processo de compras, em todas as suas fases do processo administrativo. Iniciado na manhã de hoje (08:30), no auditório da entidade em São Miguel do Oeste, o curso reúne cerca de 54 servidores da região da AMEOSC, dentre eles, estão Pregoeiros, Equipe de Apoio, Comissão Permanente de Licitação, setor de compras, Cadastro, Contabilidade, Auditoria Interna, Setor Jurídico, e demais profissionais que atuam na área de licitações e contratos administrativos. O ministrante do curso é o professor Antônio Carlos de Freitas Noronha, especialista na área. Durante os dois dias de estudos, Noronha abordará as características básicas dos contratos administrativos, como a duração e prorrogação, bem como, a sistemática de registro de preços, com foco em assuntos como a forma de aplicação, a validade, o tipo de licitação e a legislação aplicável ao sistema de registro de preços, dentre outros assuntos relacionados. Esta capacitação é uma realização da AMEOSC em parceria com a Escola de Gestão Pública Municipal (EGEM), com o apoio da Federação Catarinense de Municípios (FECAM).

    04/09/2018 Leia...

    -

  • AMEOSC realiza Curso sobre Contratos Administrativos e Sistema de Registro de Preços

    img

    A Associação dos Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina (AMEOSC), promove nesta terça e quarta-feira (04 e 05/09), uma importante capacitação sobre “Contratos Administrativos e Sistema de Registro de Preços”, com a finalidade de proporcionar um embasamento prático e objetivo, estritamente dentro das exigências legais, com legislação atualizadíssima, aos profissionais do serviço público que lidam direta ou indiretamente com o processo de compras, em todas as suas fases do processo administrativo. Iniciado na manhã de hoje (08:30), no auditório da entidade em São Miguel do Oeste, o curso reúne cerca de 54 servidores da região da AMEOSC, dentre eles, estão Pregoeiros, Equipe de Apoio, Comissão Permanente de Licitação, setor de compras, Cadastro, Contabilidade, Auditoria Interna, Setor Jurídico, e demais profissionais que atuam na área de licitações e contratos administrativos. O ministrante do curso é o professor Antônio Carlos de Freitas Noronha, especialista na área. Durante os dois dias de estudos, Noronha abordará as características básicas dos contratos administrativos, como a duração e prorrogação, bem como, a sistemática de registro de preços, com foco em assuntos como a forma de aplicação, a validade, o tipo de licitação e a legislação aplicável ao sistema de registro de preços, dentre outros assuntos relacionados. Esta capacitação é uma realização da AMEOSC em parceria com a Escola de Gestão Pública Municipal (EGEM), com o apoio da Federação Catarinense de Municípios (FECAM).

    04/09/2018 Leia...

    -

  • Onze candidatos participam do primeiro debate eleitoral da Peperi

    img

    A Peperi promoveu nesta manhã o primeiro debate do projeto Eleições 2018. O programa reuniu 11 candidatos a deputado estadual: Altair Silva do PP, Fernando Beilfus do PSL, Jackson Castelli do DEMOCRATA, Jean Carlesso do PSOL, João Grando do MDB, João Marques da Rosa do PSB, Kethlin Carraro do PODEMOS, Marcos Vieira do PSDB, Marlene Fengler do PSD, Mauricio Eskudlark do PR e Pedro Baldissera do PT. O debate foi realizado no Cine Peperi e durou cerca de duas horas e meia. Os candidatos apresentaram propostas e projetos para os principais setores de Santa Catarina. Os candidatos a deputado estadual que abriram a série de debates na Peperi falaram sobre temas que estão diretamente ligados ao dia a dia dos moradores da região. O debate foi pautado por problemas e soluções para áreas como saúde, educação, infraestrutura e a dívida pública de Santa Catarina. Dois blocos foram marcados por perguntas diretas entre os candidatos. No próximo sábado, 08, a Peperi realiza o debate com concorrentes a deputado federal.

    04/09/2018 Leia...

    -

  • Samara, Sabrina e Aline são eleitas as novas soberanas de Santa Helena

    img

    O baile de escolha das soberanas da 8ª Extenoleite de Santa Helena foi realizado na noite desta sexta-feira. Oito candidatas disputaram os títulos de rainha e princesas do município. Como rainha foi escolhida Samara Mileski, de 17 anos. A 1ª princesa é Sabrina Rigon, 19 anos, e a 2ª princesa Aline Nunes, de 20 anos. As escolhidas terão a missão de representar os eventos do município, com destaque para a 8ª Extenoleite, de 22 a 24 de março de 2019. O evento irá abranger a 8ª Exposição da Terneira Novilha e do Gado de Leite, a 7ª Exposição da Indústria e Comércio e a 6ª Festa do Queijo de Santa Helena. A Comissão Central Organizadora da feira e as sub-comissões já estão definidas e os trabalhos de preparação para a exposição estão em andamento. O evento de sexta também teve a presença das soberanas e autoridades de Tunápolis, Iporã do Oeste, Mondaí e da 40ª Oktoberfest de Itapiranga.

    04/09/2018 Leia...

    -

  • Realizada a primeira edição das Olimpíadas da 3ª Idade da Região da AMEOSC

    img

    E quem fechou agosto com gosto, foram os atletas da 3ª Idade, que participaram nesta sexta-feira (31/08) da 1ª edição das Olimpíadas da 3ª Idade da Região da AMEOSC (OTIA). Promovida pela Associação em parceria com a prefeitura de São Miguel do Oeste e do Colegiado de Esportes da Ameosc, a competição teve por objetivo integrar e reunir as pessoas da melhor idade e oportunizar momentos de descontração e alegria a todos. Foram pouco mais de 500 atletas, de 17 municípios, que participaram das seis modalidades em disputa (no feminino e masculino), sendo elas: bocha, canastrão, bolão, bolãozinho, truco e dominó. Os jogos aconteceram na Faismo, no Clube Atlético Montese, na Linha Caxias e na Sociedade de Bochas Barriga Verde. Diversos prefeitos e representantes dos municípios da região participaram da abertura, que contou com o juramento do atleta, desfile das delegações e a abertura oficial declarada pelo prefeito de Itapiranga e Presidente da AMEOSC, Jorge Welter. Na ocasião, foram entregues medalhas para o primeiro, segundo e terceiro colocados nas competições. Conforme a apuração a seguir: Bocha Masculino: 1º Lugar: Itapiranga 2º Lugar: São José do Cedro 3º Lugar: São João do Oeste Bocha Feminino: 1º Lugar: Palma Sola 2º Lugar: Itapiranga 3º Lugar: São José do Cedro Bolãozinho Masculino: 1º Lugar: Tunápolis 2º Lugar: Iporã do Oeste 3º Lugar: Guaraciaba Bolãozinho Feminino: 1º Lugar: São Miguel do Oeste 2º Lugar: Dionísio Cerqueira 3º Lugar: São José do Cedro Bolão Masculino: 1º Lugar: São Miguel do Oeste 2º Lugar: São João do Oeste 3º Lugar: Iporã do Oeste Bolão Feminino: 1º Lugar: São Miguel do Oeste 2º Lugar: São João do Oeste 3º Lugar: Guarujá do Sul Canastra Masculino: 1º Lugar: Iporã do Oeste “B” 2º Lugar: Mondaí “A” 3º Lugar: Barra Bonita Canastra Feminino: 1º Lugar: São Miguel do Oeste 2º Lugar: São João do Oeste “C” 3º Lugar: Itapiranga Dominó Masculino: 1º Lugar: Barra Bonita 2º Lugar: Descanso 3º Lugar: Guarujá do Sul Dominó Feminino: 1º Lugar: Itapiranga 2º Lugar: Mondaí 3º Lugar: Princesa Truco Masculino: 1º Lugar: Dionísio Cerqueira 2º Lugar: Iporã do Oeste “A” 3º Lugar: Itapiranga O Secretário Executivo da AMEOSC, Airton Fontana, avaliou a competição de forma bastante positiva, uma vez que está primeira edição contou com ótimos resultados, tanto no sentido da participação, quanto da integração dos competidores.

    03/09/2018 Leia...

    -

  • Reservatório de 14,5 metros de altura é instalado no interior

    img

    ITAPIRANGA O Município fez um importante investimento para garantir a regularidade do abastecimento de água nas comunidades atendidas pela Estação de Tratamento São Sebastião. Reservatório metálico de 60 mil litros foi instalado no final da tarde de quinta-feira, 30, na localidade de Santa Isabel. Problemas no bombeamento naquele ponto afetavam o abastecimento, o que deverá ser solucionado com os novos investimentos. O projeto foi executado numa parceria entre Departamento de Água e Departamento de Engenharia e projetos. O tanque de água foi licitado junto à uma empresa de Ijuí-RS, por R$ 39 mil, de recursos próprios. Conforme o Engenheiro Ambiental e Sanitarista, do Departamento Municipal de Água, Maciel Welter, era necessário esse investimento e outros que ainda serão feitos na rede ao longo da SC 163. A ETA São Sebastião abastece uma considerável região do município: São Sebastião, Santa Isabel, Soledade, Popi, Cordilheira e Dourado.

    31/08/2018 Leia...

    -

  • Programa de Bolsas do Santander seleciona candidatos para estudos no exterior

    img

    Estão abertas até 12 de setembro, as inscrições para a pré-seleção de quatro acadêmicos da Unoesc que desejam realizar estudos no exterior. As vagas são oferecidas por meio do “Programa de Bolsas Ibero-americanas para estudantes de graduação Santander Universidades”. O edital e a ficha de inscrição estão disponíveis no site da Unoesc. O programa tem como objetivo proporcionar a mobilidade internacional aos estudantes de graduação de instituições de ensino superior brasileiras, portuguesas, espanholas, argentinas, chilenas e mexicanas, a fim de incrementar a qualidade de formação destes alunos. Na Unoesc, a candidatura é para estudo de disciplinas de graduação e participação no programa “Generador 30”, na Universidad Autónoma de Chihuahua, México. As bolsas são de 3 mil euros cada e estão previstas para o primeiro semestre de 2019. O estudante que desejar participar deve seguir diversos critérios estabelecidos no edital, entre eles ser brasileiro, maior de 18 anos, não ter participado de nenhum programa de mobilidade internacional promovido pelo grupo Santander, estar regularmente matriculado em um dos cursos de graduação da Unoesc, ser aluno pesquisador na Unoesc na área de inovação, pré-incubado ou apresentar projeto na área de inovação. Ainda entre as exigências, será necessário comprovar domínio da língua estrangeira por meio do vídeo de apresentação do projeto e entrevista. A inscrição deverá ser feita diretamente no site do Santander. O aluno que cumprir os requisitos deverá enviar os documentos e o link do vídeo para o e-mail: intercambio@unoesc.edu.br, até o dia 13 de setembro. A divulgação do resultado da classificação da pré-seleção acontecerá a partir do dia 19 de setembro no site do intercâmbio Unoesc.

    30/08/2018 Leia...

    -

  • Santa Helena realiza nesta sexta-feira o baile de escolha das soberanas

    img

    O baile terá início às 20h30, no ginásio municipal de esportes, com animação da Banda Mercosul. Oito candidatas disputam os títulos de rainha e princesas para a exposição que será realizada no ano que vem. O ingresso antecipado custa R$ 15,00. Para casais são R$ 20,00. Conforme o prefeito Luiz Gluitz, as candidatas já estão ensaiando para o desfile e se preparando para a oratória há vários dias. As soberanas terão a função de representar o município durante a 8ª Extenoleite, de 22 a 24 de março, e em outros eventos. As concorrentes são: Da esquerda para a direita em pé: Karolise Santos, 17 anos; Suélin Costaneski, 18 anos; Jaíne D´anhaia, 16 anos; Ana Cristina Knop, 27 anos; Rafaela Fátima de Godoi, 19 anos. Da esquerda para a direita sentadas: Samara Milesk, 17 anosi; Sabrina Délia Rigon 18 anos e Aline Nunes, 20 anos. Para o julgamento das candidatas serão levados em consideração, pela Comissão Julgadora, os seguintes requisitos: a) Comunicação; b) Harmonia física e beleza; c) Simpatia; d) Elegância e desembaraço: postura, charme, graça, encanto, delicadeza e desenvoltura.

    30/08/2018 Leia...

    -

  • Unoesc visita Instituto Ceferino Namuncura na Argentina

    img

    Uma comitiva da Unoesc visitou, na sexta-feira (24), o Instituto Ceferino Namuncura, localizado no município de San Vicente na Argentina. Participaram da visita, a coordenadora de Relações Interinstitucionais, professora Kaline Zeni; a responsável pelo setor de Marketing e Comunicação de São Miguel do Oeste, Daiane Rigo; a coordenadora de Medicina Veterinária, professora Daniele Beuron e o acadêmico do curso, Juan Ignacio Kleñuk. Durante a visita, foi apresentado aos alunos do Instituto a estrutura e os cursos da Unoesc, as oportunidades de como ser intercambista e a Feira das Profissões. O acadêmico de Medicina Veterinária, Juan Ignacio Kleñuk, concluiu o Ensino Médio no Instituto Ceferino Namuncura e voltou na escola para falar sobre a experiência em estudar em outro país e sobre a estrutura da Universidade. "A Unoesc conta com laboratórios e hospitais veterinários modernos para o desenvolvimento das atividades. Os professores estão sempre disponíveis para auxiliar os acadêmicos", ressaltou o estudante durante a visita. Segundo a professora Kaline Zeni, a visita foi muito positiva, uma vez que trata-se da primeira agenda de inserção da Unoesc em uma escola no exterior. "Essa agenda é uma janela de possibilidade para projetar e colocar a Unoesc aberta para receber alunos estrangeiros do Mercosul para oportunidades diferenciadas de estudos e experiências", destaca a professora Kaline. O diretor de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão, professor Evelácio Roque Kaufmann, acrescenta que, desde o início do ano, a Unoesc São Miguel do Oeste tem recebido alunos do Instituto para os cursos de graduação. "Acreditamos que pela proximidade que temos com a Argentina, pela infraestrutura e pela qualidade do ensino superior que a Unoesc oferece, há um grande potencial dos alunos argentinos optarem pela nossa Universidade para dar continuidade aos estudos", projeta o professor.

    29/08/2018 Leia...

    -

  • Bolsonaro e seus desafetos

    img

    Quem tem CUT tem medo

    Há dois meses da eleição para escolher o próximo presidente da República, está na hora de dizer com franqueza algumas coisas possivelmente incômodas a respeito do deputado Jair Bolsonaro, o candidato mais discutido desta e talvez de qualquer outra eleição presidencial brasileira. Não há lembrança de nenhuma figura parecida com ele. Nunca alguém foi tão odiado pelos adversários como Bolsonaro. Nunca um candidato a qualquer coisa neste país encontrou tanta oposição nos meios de comunicação quanto ele. Nunca houve tanto esforço para implodir uma candidatura quanto o que está sendo feito contra a sua. Ninguém, antes dele, foi descrito com tanta indignação como uma ameaça à democracia, à população brasileira e à própria ideia de uma vida civilizada no Brasil. Mas em algum ponto, ao longo dessa caminhada, perdeu-se o contato com certas realidades que não irão embora só porque não se fala delas. Seria bom lembrar um pouco quais são. A primeira é que o deputado Bolsonaro não é uma ameaça, definitivamente, para os milhões de brasileiros que vão votar nele — ao contrário, acham que o homem é uma solução, e têm o direito de achar isso. É útil lembrar, também, que ninguém é obrigado a votar “certo”. A lei diz apenas que você pode votar em quem quiser, e não estabelece controles de qualidade para o seu voto; não é pecado votar em Bolsonaro, nem um ato de virtude votar nos outros candidatos, ou vice-versa. Enfim, é preciso ter em mente que Bolsonaro só chegará à Presidência da República se a maioria absoluta dos brasileiros decidir que o presidente deve ser ele. Eis aí, mais uma vez, a questão que jamais se cala: a democracia é uma coisa perigosa. Não serve, positivamente, para quem não está disposto a conviver com a ideia de que eleições são decididas por maiorias, e maiorias frequentemente são estúpidas. Quer dizer: podem, o tempo todo, tomar a decisão de votar justo naquele que você acha o pior candidato. Não gosta disso? Então você está com um real problema. A massa do Brasil é essa aí que existe hoje; pode ser altamente insatisfatória, mas é a única disponível. Não é sua função, além do mais, fazer o trabalho de Deus Pai; não lhe cabe separar o bem do mal. É muito simples: não é a maioria dos votos que decide o que é a verdade. Maiorias servem para eleger governantes, não para estabelecer a virtude, ou para definir quem tem razão, ou para tornar as pessoas felizes. A eleição de outubro, muito simplesmente, vai mostrar qual é o Brasil que existe na vida real — se Bolsonaro ganhar, é porque o Brasil de hoje é mais parecido com ele do que com os seus adversários. Isso não transforma os eleitores do deputado em seres humanos piores ou melhores. Quer dizer apenas, caso acabe vencendo, que são mais numerosos. A questão é o tamanho desse Brasil que vê nele o seu herói, defensor e espelho. É o que a eleição para presidente vai mostrar.

    29/08/2018 Leia...

    -

  • Conselho Tutelar de Palma Sola Participa de Capacitação

    img

    O tutelar não tutela à criança tutela o direito.

    No dia 16 de agosto a equipe de profissionais que trabalha no Conselho Tutelar de Palma Sola participou de uma importante capacitação em Chapecó/SC. Na ocasião as conselheiras foram acompanhadas pelo secretário de Assistência Social, Ivanor de Moura. Aproximadamente 150 pessoas participaram da capacitação entre conselheiros e profissionais da rede de atendimento à crianças e adolescentes – policiais militares e civis do oeste catarinense. A capacitação foi realizada por Luciano Betiate autor de 14 livros sobre o Conselho Tutelar. Betiate já foi Conselheiro Tutelar por 6 anos, atuou como secretário da Assistência Social e coordenador do CREAS. Suas palestras são apreciadas em todo Brasil e de interesse de profissionais das mais diversas áreas como: saúde, segurança pública, profissionais da educação e principalmente conselheiros municipais do direito das crianças e adolescentes. As conselheiras Tatiane F. de Assis Bastos, Rosângela Paetzold, Neuza de Souza e Soleni T. Pinto participaram da capacitação, o conselho de Palma Sola ainda conta com a coordenadora Ivone Fabiani Munaro (que está de férias) e com o suplente Algemirio Fagundes. As conselheiras que participaram da capacitação enfatizam que é preciso capacitar toda a rede que trabalha no atendimento dos direitos da criança e do adolescente para melhorar o atendimento. De acordo com as conselheiras a capacitação deveria acontecer antes das conselheiras começarem a trabalhar. “Para qualquer profissão você tem formação, então para o nosso caso essa capacitação foi perfeita por abordar especificamente os artigos do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente”, enfatizam as conselheiras. Ainda de acordo com elas a capacitação rendeu a aquisição de 3 livros sobre legislação que envolve o dia a dia das conselheiras no oficio do seu trabalho. A maioria das pessoas acham que a responsabilidade da criança e do adolescente é do Conselho Tutelar. Há uma visão equivocada de que é o Conselho Tutelar. O Conselho não existe para exercer o papel dos pais na educação dos filhos e nem o poder repressivo da polícia. “A capacitação fez com que conhecêssemos de fato as atribuições do Conselho Tutelar. Sem distorcer as funções conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA – Lei n° 8.069 de 13 de julho de 1990. Sendo assim, as conselheiras devem agir conforme o Artigo 98 do ECA, situações em que deverá atuar de acordo com o Artigo 101, inc. I a VI e Artigo 129. A pedra fundamental do conselho não é cumprir direito, é zelar pelo cumprimento. O tutelar não tutela à criança tutela o direito”, destacam as conselheiras. O secretário da Assistência Social, Ivanor de Moura destaca que a capacitação das conselheiras deve ocorrer de forma continuada. “Para os próximos dias faremos a aquisição de mais livros para aperfeiçoar os estudos da equipe, também temos previsto uma reunião com toda a rede para alinhamento da equipe. O impacto positivo da capacitação no trabalho das conselheiras é visível, para o ano de 2019 temos previsto mais capacitações”, afirma Ivanor.

    28/08/2018 Leia...

    -

  • Jorginho Mello lança candidatura ao Senado e pede mais respeito de Brasília para com SC

    img

    O aniversário de 101 anos de Joaçaba serviu de palco para o lançamento de candidatura de Jorginho Mello ao Senado Federal, no sábado (25). Entre os discursos de vereadores, prefeitos, candidatos a deputado estadual e federal, além do candidato ao Governo do Estado, Mauro Mariani, e do Senado, Paulo Bauer, o assunto mais abordado foi a necessidade de o Governo Federal respeitar mais Santa Catarina, com o envio de recursos para o Estado. Jorginho Mello destacou que sua principal proposta de campanha será o novo Pacto Federativo, que traz mais dinheiro para os Estados e municípios. Atualmente, 65% dos impostos arrecadados ficam em Brasília, 22% com os Estados e somente 13% com os municípios. “A cada R$ 100 que os catarinenses enviam ao Governo Federal, somente R$ 18,64 voltam para Santa Catarina. É um desrespeito para com a nossa terra, que precisa urgente de mais dinheiro para as rodovias e melhoria dos atendimentos nos hospitais”, exaltou Jorginho. Os suplentes de Jorginho Mello na chapa também afirmaram que o Estado está sendo discriminado pelo Governo Federal. Ivete Appel da Silveira, viúva do ex-governador Luiz Henrique da Silveira, agradeceu Jorginho por levantar novamente esta bandeira e o ex-prefeito de Imbituba, Beto Martins, citou a demora da conclusão de importantes rodovias federais, como o trecho-sul da BR-101, a BR-470, a BR-280 e BR-282, como o retrato do tratamento que o Governo Federal dá à Santa Catarina. A eleição de Jorginho Mello ao Senado, ressaltou Mauro Mariani, simboliza um novo olhar sobre prestigiar quem produz. "Jorginho é um homem do bem, de origem humilde e trabalhador. O novo Pacto Federativo será muito importante para Santa Catarina, principalmente para as regiões que mais precisam da mão forte do Estado, regionalizando os serviços, com mais infraestrutura, saúde e educação de qualidade". Para Paulo Bauer, que também é candidato a senador pela coligação “SC quer Mais, Jorginho Mello simboliza a certeza de o estado ter três senadores aliados com o governo catarinense. "Busco a reeleição para aumentar ainda mais o trabalho e, junto com Jorginho e Dario Berger, que continua o seu mandato, temos três vezes mais oportunidades para buscar recursos federais", comentou o candidato.

    28/08/2018 Leia...

    -

  • SESI lança Corrida do Bem em São Miguel do Oeste

    img

    Pelo terceiro ano consecutivo a cidade de São Miguel do Oeste foi escolhida para sediar um das etapas da Corrida do Bem, realizada pela Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, Fiesc, por intermédio do Serviço Social da Indústria, SESI. Na manhã desta sexta-feira, 24, o diretor do SESI Regional Oeste, Claudemir José Bonatto, reuniu os representantes dos sindicatos patronais ligados à Fiesc – Sinduscon, Sindivestuário, Singráficos, Sindimecânicas e Sindialimentação, imprensa, patrocinadores e representantes da câmara de vereadores e administração pública para o lançamento do evento, que acontece no dia 30 de setembro. Com a corrida, o SESI visa estimular a qualidade de vida e o bem estar da comunidade. Essas corridas já reuniram 26 mil pessoas em todo o Estado e renderam mais de R$ 200 mil em doações para instituições. Em São Miguel do Oeste, em 2016, 221 pessoas participaram e em 2017, 458. Na última edição os mais de R$ 3 mil foram doados ao Cantinho Acolhedor. Neste ano serão beneficiadas a Rede Feminina de Combate ao Câncer e o Monte Moriá. As inscrições podem ser feitas no SESI.

    24/08/2018 Leia...

    -

  • JONI GOOL supera FMD Rio do Sul - Campeonato Catarinense Sub 15

    img

    JONI GOOL/Piscinas São Miguel/Laboratório Oliveira supera FMD Rio do Sul/Colégio Sinodal Ruy Barbosa - A equipe migueloestina, comandada pelo treinador Joni Jr superou por 5 a 4 a FMD Rio do Sul/Colégio Sinodal Ruy Barbosa em jogo válido pela 3ª rodada da 2ª fase do Campeonato Catarinense Sub 15, com gols de Rodrigo (3x), Lucas Baron e Eric Becker. A JONI GOOL começou melhor na partida e nos primeiros minutos conseguiu abrir 2 a 0. Mantendo um bom ritmo e dominando o jogo, a equipe anfitriã chegou a estar vencendo por 4 a 1. Nos minutos finais a FMD Rio do Sul pressionou e diminuiu para 4 a 3, porém Rodrigo Zanatta, destaque da partida, fez o quinto gol da JONI GOOL freando a reação rio-sulense. Faltando 3 segundos para o fim, FMD Rio do Sul diminuiu dando números finais ao jogo. Apesar da noite fria em São Miguel do Oeste, um bom público compareceu ao Ginásio JONI GOOL para prestigiar o evento. A AAMJO GOOL e a JONI GOOL agradecem os torcedores presentes, patrocinadores e colaboradores, pais, comissão técnica e atletas envolvidos.

    24/08/2018 Leia...

    -

  • Comandante Moisés recebe carta da Adjori/SC


    Cumprindo uma extensa agenda na Grande Florianópolis nesta quinta-feira (23), o candidato ao Governo pelo Partido Social Liberal (PSL), comandante Moisés, acompanhando do líder do Jair Bolsonaro em Santa Catarina, o candidato ao Senado, Lucas Esmeraldino, participou de uma reunião com o presidente da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina (Adjori/SC), Miguel Gobbi. Na oportunidade, recebeu a carta ´SC dos próximos 30 anos´. Elaborado em parceria com diversas entidades de Santa Catarina, a carta reúne propostas e sugestões para o desenvolvimento futuro do Estado, com o protagonismo do poder público municipal. "Como presidente do PSL-SC, é uma grande satisfação estar acompanhando nosso candidato ao governo, comandante Moisés, para receber esta carta da Adjori/SC. Entendemos que os municípios possuem uma importância muito grande para o desenvolvimento do país. Por isso, uma das minhas bandeiras de luta e, também, do nosso candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro e, do comandante Moisés, será o novo pacto federativo. Somente com mudanças, tendo uma divisão mais justa do bolo tributário, nosso Estado, as cidades de Santa Catarina poderão receber um retorno maior dos impostos que as famílias catarinenses pagam a Brasília. Assim conseguiremos ter mais investimentos nos três pilares fundamentais, que é saúde, educação e segurança pública”, pontuou o candidato ao Senado, Lucas Esmeraldino. Durante o evento, ao analisar o documento, o comandante Moisés fez questão de destacar que a carta mostra a importância de pensar além, ou seja, nas futuras gerações. “Me alegre ao ver que este documento possui muitas propostas que seguem a linha do nosso pensamento, do nosso plano de governo. Entendemos que a gestão pública, a governança, tem que ser suprapartidária. O que for bom para a sociedade, tem que ser dado segmento. Penso que, a falta de planejamento é um fator chave para a ineficiência do poder público. É preciso enxugar a máquina pública. Assim teremos uma Santa Catarina mais forte, segura, com mais saúde, educação, com desenvolvimento, tecnologia e inovação, tanto para o setor público quanto para o privado, gerando emprego e renda”, enfatiza o candidato ao governo pelo partido de Bolsonaro, comandante Moisés, destacando que buscará a mudança de verdade.

    24/08/2018 Leia...

    -