Últimas

  • Juventude perdida

    img

    Um em cada quatro jovens não trabalha nem estuda, uma tragédia nacional

    Segundo dados do governo, o Brasil tem índices alarmantes de evasão e abandono escolar. Em 2017, havia cerca de 10,3 milhões de jovens entre 15 e 17 anos de idade. Desse grupo, 1,5 milhão de jovens não se matricularam no início do ano letivo. E dos 8,8 milhões que fizeram a matrícula, 700 mil abandonaram a escola antes do final do ano letivo. Somado a outras vicissitudes, como as repetências, o resultado deixa muito a desejar: apenas 6,1 milhões de jovens – 59% do total – concluem o ensino médio na idade correspondente. Essa é a média nacional. Se o recorte for feito, por exemplo, entre jovens negros, residentes em áreas rurais do Nordeste e que a mãe é analfabeta, apenas 8% concluíram o ensino médio até os 18 anos.
    Esses números não são o reflexo de um quadro momentâneo. Nos últimos 15 anos, não houve melhora no porcentual de jovens entre 15 e 17 anos que estão fora da escola. Apesar de ter crescido o número de jovens que chegam ao ensino médio, houve aumento da evasão e do abandono escolar. A não conclusão do ensino médio tem graves consequências para a vida de cada um dos jovens que abandonam a escola. Além de impor inúmeras limitações ao horizonte profissional, com a diminuição da empregabilidade e de renda, a interrupção prematura dos estudos coloca os adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social, mais expostos, por exemplo, a problemas de saúde, à delinquência e ao crime.
    De acordo com o estudo Políticas públicas para redução do abandono e evasão escolar de jovens, de Ricardo Paes de Barros, professor do Insper, a conclusão do ensino médio gera um acréscimo salarial médio de R$ 35 mil ao longo da vida, em relação aos que concluíram apenas o ensino fundamental. Essa diferença é ainda maior nos centros urbanos.
    Além do custo individual que cada jovem que não concluiu a formação acadêmica sofre diretamente, a evasão escolar produz efeitos negativos sobre toda a coletividade. As evidências mostram que trabalhadores mais qualificados são mais produtivos, atraem mais investimentos e demandam menos gastos públicos com saúde, combate ao crime e bem-estar social.
    Utilizando critérios elaborados pelo California Dropout Research Project para avaliar o custo social da evasão escolar nos Estados Unidos, o professor Paes de Barros fez uma estimativa para o caso brasileiro. Os números impressionam. Para cada jovem que não conclui o ensino médio, o custo para o País é de R$ 95 mil ao ano. Desse total, R$ 49 mil correspondem à perda de salário e de produtividade; R$ 18 mil a despesas relacionadas ao crime e à violência (Justiça, sistema prisional e polícia); e R$ 28 mil a questões de saúde (gastos médicos e hospitalares, além da perda resultante de faltas no trabalho por problemas de saúde). Tendo em vista que o contingente de jovens de 15 a 17 anos fora da escola é de 1,5 milhão de pessoas, a perda total para o País chega a R$ 142,5 bilhões por ano.
    O cumprimento efetivo do direito à educação envolve, portanto, avaliar o engajamento dos jovens no processo educativo, “seja porque aponta para a existência de uma oferta adequada e de qualidade dos serviços, seja porque aponta para o cumprimento dos objetivos de desenvolvimento e aprendizado”. Segundo o Panorama Internacional de Avaliação dos Alunos (Pisa), os estudantes brasileiros faltam mais às aulas do que em 84% dos países avaliados. Há, como se vê, muito a fazer na educação, em várias frentes. Planejamento, competência e coordenação são requisitos para avançar. Então governo, professores, pais e alunos; é hora de optar pela Nação grande? Ou para trabalhar, sofrer e morrer?
     

    05/06/2019 Leia...

    -

  • Em Florianópolis, prefeito prioriza aprovação de projetos ambientais, pedidos de recursos e veículo

    img

    DESCANSO

    O prefeito Sadi Bonamigo foi até a capital estadual de 28 a 31 de maio, e priorizou pedidos de recursos, aprovação urgente de projetos ambientais e articulação de outras questões para favorecer a população.

    Bonamigo visitou gabinetes dos deputados para solicitar emendas impositivas, que deverão ser garantidas através de orçamento do Governo Estadual a partir do segundo semestre deste ano. Essas são aquelas a exemplos das emendas federais.

    No IMA (Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina), o prefeito cobrou agilidade em duas situações. A primeira é sobre a licença de operação da Estação de Tratamento de Dejetos Humanos. Com recursos já garantidos, Bonamigo também enfatizou que o Governo Municipal aguarda a análise e aprovação do projeto ambiental em espaço que será construído a Casa da Cultura.

    Na Secretaria Estadual de Agricultura, fez pedido de recursos para a compra de combustível no intuito de continuar fomentando o Porteira Adentro, programa desenvolvido em Descanso nas propriedades rurais, que, inclusive, traz incentivos aos jovens.

    Em reunião na Epagri, Bonamigo, que já havia sinalizado em outras oportunidades, reafirmou a importância de um veículo para ser destinado à Secretaria Municipal de Agricultura.

    “Tenho certeza que foi importante essa extensa agenda. Precisamos garantir recursos extras, seja por emendas ou do próprio Estado. Ainda necessitamos que órgãos, como o IMA, agilizem a análise e aprovação de projetos para a municipalidade conseguir avançar nas obras. Tudo isso é para melhorar a vida das pessoas”, ressalta Bonamigo.

    03/06/2019 Leia...

    -

  • Município possui 13 inscrições para concorrer aos Cargos de Conselheiros Tutelares

    img

    Destes, apenas cinco serão escolhidos pelo voto da população, os demais serão suplentes

    A Secretaria de Assistência Social de Guaraciaba e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA – informam através de uma resolução publicada no Site do município, sobre as inscrições deferidas e indeferidas aos Cargos de Conselheiros Tutelares no município de Guaraciaba. Conforme a Secretária de Assistência Social Idione Kroth Fabbi, são 13 candidatos que cumpriram todos os requisitos e que poderão participar do processo seguinte.

    Eles irão participar de capacitações e formação específica sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente, sob a responsabilidade do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, e depois deverão submeter-se a prova de conhecimentos sobre os direitos da criança e do adolescente, obtendo obrigatoriamente no mínimo 50% de acertos.

    A eleição dos Conselheiros acontecerá no dia seis de outubro, das 8h às 17h nas dependências da Escola Municipal Padre Alfredo Kasper. São eleitos os primeiros colocados no número de votos, os demais são classificados como suplentes, conforme a ordem da quantidade de votos. Idione explica que estão sendo ofertadas cinco vagas para Conselheiros, e os mandatos são pelo período de quatro anos, sendo janeiro de 2020 a janeiro de 2024.

    O processo de escolha dos membros do Conselho Tutelar seguirá também com a divulgação dos candidatos habilitados, escolha dos Conselheiros pelo voto facultativo e secreto dos eleitores do Município de Guaraciaba, cujo domicílio eleitoral tenha sido fixado dentro de prazo de 90 dias anteriores ao pleito.

    Idione lembra ainda sobre as candidaturas dos Conselheiros e sobre Campanha antecipada que poderá trazer impugnação da candidatura. “A campanha eleitoral só inicia após término dos trâmites de inscrição, ou seja, após a divulgação dos candidatos que cumprirem todas as etapas, inclusive a participação da capacitação e aprovação na prova”, destacou.

    03/06/2019 Leia...

    -

  • Temporal causa muitos danos ambientais em Descanso

    img

    Força-tarefa avaliou estragos e auxilia na desobstrução das estradas com auxílio de máquinas e limpeza de sarjetas

    Vários pontos em Descanso tiveram estragos em virtude do temporal no início da tarde de quinta-feira, 30 de maio. Imediatamente, uma força-tarefa envolveu profissionais das secretarias de Transportes, Agricultura, Obras e Serviços Urbanos e da Defesa Civil para avaliar os estragos e desobstruir as estradas com auxílio de máquinas e limpeza de sarjetas.

    As principais comunidades prejudicadas por ventos fortes, quedas de árvores e obstrução de estradas foram Santo Expedito, Colorado, Parda e Burin.

    Já as comunidades afetadas com pontes submersas e problemas de escoamento da água em bueiros pelo grande volume de chuva em pouco tempo foram Taquá, Vorá, Hervalzinho, Cachoeirinha, Pratinha, Lacerda, Alegre, Leste e Pântano.

    Também ficou constatado prejuízos em algumas casas e galpões, principalmente nas comunidades de Parda e Sanga Curta.  

    Desde o início das intempéries climáticas e excessos de chuvas, com a ocorrência das enxurradas, o Governo Municipal tem priorizado o atendimento nos locais mais afetados em que houve estragos, inclusive, refazendo e limpando bueiros e sarjetas.

    Considerando o encharcamento do solo e o grande tráfego de caminhões pesados, atoleiros se formam em alguns pontos comprometendo o cascalho já existente. Dessa forma está sendo feita a reposição do cascalho nos locais em que é possível de forma imediata.

    O Governo Municipal reforça mais uma vez o pedido aos agricultores fazerem roçadas e limpeza nas margens das estradas em suas áreas de domínio, para que a água das chuvas possa escoar adequadamente nas sarjetas, uma vez que há previsão de inverno chuvoso, o que dificultará o serviço de manutenção das estradas.

    31/05/2019 Leia...

    -

  • Município presta auxílio a vítimas de temporal

    img

    Prefeito Trevisan e vice-prefeito Alfredo Spier acompanharam ações coordenadas dos Bombeiros e Defesa Civil Municipal. Secretarias de Obras e Urbanismo trabalham na limpeza da cidade e recuperação de estragos. Mais de 8.300 metros quadrados de lona já foram distribuídos

    A Administração de São Miguel do Oeste colocou toda a estrutura das secretarias de Obras, Urbanismo, Departamento de Trânsito e Defesa Civil Municipal à disposição da população para recuperação dos estragos causados pelo temporal que foi registrado por volta das 12h20 desta quinta-feira (30).

    O prefeito, Wilson Trevisan, e o vice-prefeito, Alfredo Spier, deslocaram-se ao 12º Batalhão de Bombeiro Militar logo ao término dos ventos e chuvas torrenciais, a fim de levantar um diagnóstico da situação e traçar ações coordenadas de socorro às vítimas. Trevisan e Spier estiveram ainda na creche do bairro São Jorge e na UPA 24h, que tiveram algumas avarias no telhado.

    No total, sete creches e escolas da rede municipal registraram algum dano. O secretário de Educação, Paulo Drumm, informa que na creche do Centro e na escola do bairro São Jorge, o atendimento teve que ser suspenso à tarde, mas retorna normalmente amanhã. Outras estruturas municipais afetadas foram no aeroporto Hélio Wassum e Parque de Exposições Rineu Gransotto.

    O coordenador da Defesa Civil Municipal, Jeferson Dias, relata que até às 14h30, 8.300 metros quadrados de lona já haviam sido distribuídos para moradores cobrirem as partes destelhadas de suas residências. A distribuição é feita conforme a demanda registrada pelos Bombeiros, que tiveram 77 pedidos do material até este horário. Além dos destelhamentos, foram registradas diversas quedas de árvores, abrigo de passageiros e placas. Não há registro de feridos.

     

    31/05/2019 Leia...

    -

  • Biblioteca Itinerante é destaque com mais de 2.500 livros

    img

    Nos próximos dias deve ocorrer nova licitação para compra de mais livros para o acervo

    A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Guaraciaba disponibiliza desde o ano de 2013 o projeto Biblioteca Itinerante nas escolas. Conforme a Secretária Roseli Comin, o ônibus foi reformado, sendo todo revestido no seu interior. Seu acervo bibliográfico foi ampliado para 2500 livros para que os alunos acessem diferentes conteúdos.

    Nos últimos dias, a Secretaria recebeu como doação do Grupo de Mulheres Voluntárias, novas almofadas para que sejam utilizadas no cantinho da leitura, dentro da Biblioteca Itinerante. Roseli explica ainda que nos próximos dias livros serão licitados para o acervo da Biblioteca. “Precisamos ter variedade e novidades de livros quando a Biblioteca visita as escolas do município, isso é um incentivo a mais pelo gosto de nossos alunos na leitura”, finalizou Roseli.

    Outra informação é que as demais Secretarias de Educação dos municípios da região aprovaram o Projeto, que é visitado por servidores destes municípios para conhecer a estrutura e poder implantar a Biblioteca Itinerante.

    29/05/2019 Leia...

    -

  • Sesc realiza "Cabide Solidário" neste sábado (1º/6) para entrega de doações da Campanha do Agasalho

    img

    A ação social ocorre em 27 cidades catarinenses e é uma oportunidade para as famílias em vulnerabilidade social, previamente identificadas, escolherem peças de roupas que estejam precisando.

    Neste sábado, 1º de junho, o Sesc Santa Catarina realiza a quarta ação social "Cabide Solidário: Doar é um ato de amor”, em 27 cidades catarinenses, como parte da programação da Campanha do Agasalho. A ação acontece em Araranguá, Balneário Camboriú, Blumenau, Brusque, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Curitibanos, Florianópolis, Forquilhinha, Irani, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Laguna, Mafra, Rio do Sul, São Bento do Sul, São Joaquim, São José, São Miguel do Oeste, Tijucas, Tubarão, Urubici e Xanxerê.

    O “Cabide Solidário” é destinado às famílias previamente identificadas e acontece em centros comunitários, escolas, associação de moradores e outros espaços comunitários, em parceria com as prefeituras municipais, instituições sociais, lideranças locais e voluntários. Nos locais do evento haverá um espaço organizado com roupas expostas, separadas por tamanhos e tipos de peças, masculinas, femininas, infantis.

    A quantidade de peças por pessoa será limitada, para garantir que todos os interessados possam ter acesso. Também serão oferecidas atividades como: oficinas diversas (customização e pequenos reparos de roupas, apresentação pessoal, confecção de peças em crochê e tricô), ações de saúde preventiva, apresentações culturais, entre outras programações gratuitas.

    A proposta desta ação é de oportunizar a escolha para pessoas que necessitam das doações, proporcionando um ambiente em que se sintam respeitadas e valorizadas. Promover a autonomia, a autoestima e manter o princípio da dignidade humana, na qual, todas as pessoas são merecedoras de respeito e proteção, não importando sua origem, raça, sexo, idade, estado civil ou condição socioeconômica. “É necessário fortalecer sobre a importância de cada indivíduo na busca de justiça e bem-estar social através do ato de doação”, afirma Jéssica da Luz Pereira Pucci, gerente de Assistência do Sesc Santa Catarina.

    A Campanha do Agasalho realizada pelo Sesc em Santa Catarina segue até 29 de junho e as Unidades do Sesc no Estado são pontos de coleta. Com o lema “Sua doação é um abraço em quem tem frio”, o projeto mobiliza a sociedade para arrecadação de roupas de inverno, calçados, cobertores e mantas, em bom estado de uso, para serem destinados às instituições e comunidades de baixa renda, identificadas com estas necessidades.

    29/05/2019 Leia...

    -

  • Curso de Educação Física promove palestra com o professor Francisco Rosa Neto

    img

    SÃO MIGUEL DO OESTE

    O curso de Educação Física da Unoesc São Miguel do Oeste promoveu, no final deste mês, a palestra "A importância do desenvolvimento motor para crianças e jovens" com o doutor em Medicina do Esporte, professor Francisco Rosa Neto. A palestra contou com a participação de acadêmicos e diplomados do curso de Educação Física (Licenciatura e Bacharelado), além de acadêmicos de Fisioterapia.

    Segundo a coordenadora do curso de Educação Física, professora Giovana di Domênico Silva, a palestra caracterizou-se como um momento singular de formação, construindo e ampliando saberes e experiências. Ela destaca que o professor Francisco Rosa Neto é autor de diversos livros sobre desenvolvimento e intervenção motora, que embasam discussões realizadas no curso de Educação Física. "Discutir as possibilidades que o profissional de Educação Física e a Fisioterapia têm neste processo foi um dos grandes objetivos do evento. Como diz Rosa Neto, 'um bom controle motor permite à criança explorar o mundo exterior apontando-lhe as experiências concretas sobre as quais se constroem as noções básicas para o seu desenvolvimento intelectual'", destaca a professora.

    A professora Sandra  Fachineto salienta que momentos como esse proporcionam uma visão acadêmica e científica mais ampla do papel do profissional de Educação Física na estimulação motora de crianças e jovens. "A criança se desenvolve por meio do movimento, e a Educação Física oferece experiências que fazem a criança aprender a pensar e a planejar sua movimentação, utilizando não somente o aspecto motor, mas também o cognitivo, que é fundamental para evitar problemas coordenativos em longo prazo", afirma a professora.

     

    Atividade prática

     

    Além da palestra, o professor Francisco Rosa Neto desenvolveu uma atividade para acadêmicos da sétima fase de Educação Física (Licenciatura) sobre a importância do desenvolvimento motor na infância. Ele explanou sobre os elementos motores básicos para serem trabalhados com as crianças nas escolas e, posteriormente, realizou uma avaliação motora em uma criança, usando a escala desenvolvida por ele mesmo. Logo após, os acadêmicos interpretaram os resultados e pensaram em estratégias de intervenção para o trabalho motor nas aulas de Educação Física.

    A acadêmica Tássia Dall'Agnol observa que é necessário que os professores realizem o diagnóstico do desenvolvimento motor para planejar as aulas e acompanhar o desempenho do aluno, detectando possíveis problemas de ordem motora. "A Escala de Desenvolvimento Motor de Rosa Neto é um instrumento importante para identificar possíveis déficits motores com o objetivo de estimular o melhor desenvolvimento", conclui a acadêmica.

     

    29/05/2019 Leia...

    -

  • Iniciam os trabalhos para transformar prédio do antigo Besc em creche

    img

    Imóvel abrigará sete salas com fraldário, banheiros, refeitório e sala de professores

    Tiveram início nesta terça-feira (28), os trabalhos para adaptar a estrutura física do prédio do antigo Besc de São Miguel do Oeste, a fim de transformá-la em creche. O prefeito, Wilson Trevisan, e o secretário de Educação, Paulo Drumm, acompanharam o começo dos serviços durante a manhã. O Município está utilizando a mão de obra de apenados nesta primeira fase das obras, que diz respeito à desmontagem de parte das estruturas existentes que precisam ser removidas. Com a medida, serão economizados cerca de R$ 10 mil.

    No dia 17 de junho, acontecerá a licitação das demais adaptações, e a empresa vencedora terá prazo de três meses para concluir o serviço. Também neste mês de junho, no dia 11, será realizada a licitação para aquisição do mobiliário da nova creche.

    Drumm explica que o local receberá sete salas com fraldário, banheiros refeitório e sala de professores para atender cerca de 100 crianças. Ele destaca ainda, que estão em andamento obras de ampliação em mais três creches, nos bairros São Sebastião, Agostini e São Luiz. A creche do bairro Santa Rita também será ampliada, com licitação marcada para o dia 17.

    O prefeito, Wilson Trevisan, salienta que a intenção é proporcionar as melhores condições de atendimento a todas as famílias que precisam deste serviço. “Atendemos, hoje, cerca de 1.300 crianças em 11 creches. Com estas ampliações e implantação da creche no prédio do antigo Besc, serão geradas mais de 300 novas vagas. E ainda pretendemos construir uma creche verticalizada, ao lado desta nova unidade do centro”, ressalta Trevisan.

    29/05/2019 Leia...

    -

  • Setor de Urbanismo revitaliza placas informativas na SC-496

    img

    Os munícipes e visitantes que trafegarem pela SC-496, no acesso à Tunápolis, poderão conhecer as características do município e da população ao longo da rodovia.

    Na última semana, o Setor de Urbanismo revitalizou e atualizou as placas informativas onde consta dados como a altitude, principais distâncias, o gentílico, população, língua predominante, área territorial, entre outros.

    De acordo com o responsável pelo Setor, Volmir Pedro Lawisch, foram reinstaladas dez placas refletivas. “Nosso objetivo é poder familiarizar os visitantes e, também, os próprios munícipes, sobre os dados do município que muitas vezes geram interesse mas não possuem um meio de pesquisa facilitado. A rodovia é muito movimentada, não somente de motoristas, mas também de pedestres que fazem suas caminhadas diárias e, agora, podem agregar conhecimentos”, finaliza Lawisch.

    29/05/2019 Leia...

    -

  • Prefeito libera horário do comércio em São Miguel do Oeste

    img

    Decreto assinado por Wilson Trevisan regulamenta Medida Provisória do Governo Federal. Quem deseja desenvolver atividades econômicas de baixo risco em sua residência, também não precisa mais de alvará ou outra autorização para começar a trabalhar

    O prefeito Wilson Trevisan assinou nesta segunda-feira (27) o Decreto nº 9.128/2019, que dispõe sobre a liberdade econômica no município de São Miguel do Oeste. A decisão regulamenta no âmbito local a Medida Provisória nº 881, do Governo Federal. Um de seus principais pontos é a flexibilização do horário de atendimento do comércio para qualquer horário ou dia da semana.

    A partir de agora, as empresas que tiverem interesse estão autorizadas a manter expediente em horário estendido, contanto que sigam as leis trabalhistas, observem a lei ambiental e o direito de vizinhança e preservem o sossego público.

    Deixam de ser necessários ainda, para quem deseja desenvolver atividade econômica em sua propriedade, quaisquer atos públicos de liberação, tais como licença, autorização, inscrição, registro e alvará. A exceção diz respeito às atividades que envolvam riscos à saúde (pública ou sanitária) ou segurança.

    “Nossa ideia é desburocratizar, facilitar a vida de quem quer trabalhar, gerar emprego e renda, diminuindo a intervenção pública. Se um empresário entender que é melhor deixar seu estabelecimento aberto até mais tarde, pode deixá-lo, desde que obedeça à legislação trabalhista. Se alguém deseja desenvolver uma atividade econômica em casa, seja com um escritório, uma sala de costura, conserto de equipamentos ou outros, não precisa vir antes à prefeitura solicitar alvará, basta começar a trabalhar”, salienta Trevisan.

    27/05/2019 Leia...

    -

  • Manifestantes pró Bolsonaro movimentaram a cidade

    img

    SÃO MIGUEL DO OESTE 

    Manifestações foram realizadas por todo o país
    No domingo (26), em 17 estados brasileiros e no Distrito Federal foi marcado por protestos entre a manhã e a tarde em defesa do presidente Jair Bolsonaro e de medidas do governo, como a reforma da Previdência e o pacote anticrime apresentado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro.
    As convocações ganharam força após os protestos em defesa da educação do último dia 15 de maio, contra os cortes anunciados pelo governo para os ensinos superior e técnico federais. Em algumas cidades pelo país, grupos de manifestantes saíram em passeatas e carreatas levando bandeiras do Brasil e faixas com frases de apoio a propostas apresentadas pelo governo de Bolsonaro. 
    Em São Miguel do Oeste, os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro se mobilizaram por meio das redes sociais para a realização de um Ato a favor do governo em todo o Brasil na Praça Walnir Bottaro Daniel. Os simpatizadores do atual presidente se concentraram no local já antes das 15h, onde foi realizada uma mateada regada à canções em favor à Bolsonaro e o Hino Nacional Brasileiro. Os manifestantes levaram cartazes, bandeiras do Brasil e também vestiram camisetas verde e amarelas.
     

    27/05/2019 Leia...

    -

  • Deputado Mauricio Eskudlark comemora aprovação da Reforma Administrativa

    img

    Líder do governo disse que os deputados ajudaram com emendas e entenderam o clamor da sociedade catarinense

    Foi aprovada por unanimidade, com 35 votos favoráveis, nesta quarta-feira (22), na Assembleia Legislativa (Alesc), o projeto de reforma administrativa do Governo do Estado (PLC 8/2019) encaminhado pelo Governador Carlos Moises (PSL).

    O líder do governo na Assembleia, deputado Mauricio Eskudlark (PL), parabenizou a Assembleia pela forma como a análise da reforma foi conduzida. “As comissões estudaram, debateram, acataram emendas. Algumas não puderam ser atendidas, mesmo que meritórias, e deverão ser discutidas em projetos de lei específicos posteriormente, e isso foi entendido pelos colegas parlamentares”, explicou.

    Dentre os principais pontos da reforma está a extinção de duas secretarias, a de Turismo, Cultura e Esporte e a de Planejamento, das Agências de Desenvolvimento Regional (Antigas SDR’s) e de órgãos como o Deinfra, Deter e Santur, além da retirada do status das secretárias da Defesa Civil e de Comunicação. A estimativa é que a reforma deva gerar uma economia de R$ 500 milhões em 4 anos, dar mais transparência e agilidade ao governo.

    De acordo com Eskudlark, um dos articuladores deste processo, o Governo está satisfeito com o texto da reforma. “Foi muito diálogo, debates, os deputados estavam cientes da responsabilidade e todos sem exceção colocaram sempre o bem de Santa Catarina em primeiro lugar. O que o parlamento catarinense fez nesta data é histórico e serve de exemplo para a tão criticada política nacional”, concluiu o deputado.

    24/05/2019 Leia...

    -

  • Venezuelanos em Itapiranga

    img

    A ONU – Organização das Nações Unidas, através da Acnur envia representantes para Itapiranga. A visita de dois membros da agência internacional está agendada para terça-feira, 28.

    A finalidade é conhecer a realidade dos venezuelanos que vieram a trabalho para o município. A secretária municipal de Assistência Social, Karine Berwanger, acrescenta que os representantes da ONU vêm para relatar os trabalhos que a ACNUR exerce junto a refugiados e considerar o trabalho e organização da população e lideranças do município no acolhimento aos venezuelanos. Encontro está programado para a parte da manhã de terça-feira no auditório do Centro Administrativo Municipal.

    A expectativa é de que o organismo internacional contribua, de alguma forma, para que o município possa suprir as demandas públicas de atendimento aos estrangeiros, principalmente nas áreas de saúde, habitação, educação e assistência social.

    A secretaria Karine informa que atualmente 100 venezuelanos estão residindo em Itapiranga. 78 estão empregados no frigorífico JBS Aves. Outros 12 estão sendo admitidos. Alguns já estão com a família morando na cidade. No domingo, 26, novo grupo de 20 venezuelanos chega para serem empregados na Unidade Suínos da JBS.

    O primeiro grupo de venezuelanos refugiados chegou em Itapiranga em dezembro de 2018.

    24/05/2019 Leia...

    -

  • Fórum completa 60 anos São Miguel do Oeste

    img

    Para marcar os sessenta anos de história, foi realizado na manhã de quinta-feira, 23, um café com a imprensa para divulgar o aniversário de instalação da Comarca de São Miguel do Oeste em 1959.

    Participaram do evento o Juiz de Direito Diretor do Foro, Márcio Luiz Cristofoli, e demais juízes atuantes na Comarca, assim como alguns servidores do fórum da comarca.

    Na oportunidade, foram divulgadas para os veículos de comunicação as estatísticas dos trabalhos feitos pelos profissionais, como por exemplo, as sentenças, decisões interlocutórias, despachos, audiências, júri, movimentações processuais, distribuição, arquivados, suspensos e força de trabalho. Os dados são dos anos, 2016, 2017 e 2018.

    O júri mais polêmico, realizado nesta Comarca, certamente foi o dos crimes do KM 40, em meados do século passado. Conforme consta no livro “Nos rastros da Coluna Prestes”, editado pelo Jornal Imagem no ano passado. Conforme o professor e jornalista Euclides Staub, a Coluna Prestes atraiu, também, pessoas de má índole para se apossarem das economias dos migrantes. Segundo a lenda, uma família de alta periculosidade se instalou entre Iporã do Oeste e Descanso, local conhecido como Km 40, atualmente Linha São Valentim, para assaltar os migrantes que chegavam do Rio Grande do Sul com dinheiro vivo, automóveis e utensílios, para iniciarem a nova frente agrícola e exploração de madeiras. Para isso, construíram o Hotel Flor da Serra.

    O hotel, de propriedade de João Pedro, localizava-se na atual rodovia SC-386, hoje Km 14, em Iporã do Oeste. Neste hotel, segundo pesquisa da universitária Sirlei Daltoé, desde meados da década 1930 e fins de 1960, muitas pessoas acabaram sumindo misteriosamente sem deixar sinal algum.

    Os crimes estavam relacionados a João Pedro. Segundo registros baseados em historiografia oral, ele desmanchava os veículos, e as peças maiores eram jogadas em um banhado no fundo da propriedade, enquanto as pequenas eram colocadas em tambores cheios de óleo. Posteriormente, abriam-se buracos para enterrá-las.

    João Pedro era um homem de muitas amizades, realizava muitas festas para a alta sociedade da região e, com isso, conseguia sempre escapar da lei. A polícia teve muitas ordens para prendê-lo, mas nunca o encontrava, já que era avisado por amigos influentes. No momento em que a polícia conseguiu prender o acusado, este tentou o suicídio desferindo dois golpes de faca contra o próprio coração. João Pedro acabou indo a julgamento, mas por falta de provas ficou livre das acusações.

    Relato do capitão José Manoel Nolasco

    “Isto pelas vinte horas, quando faziam uma prisão em flagrante do Sr. João Pedro dos Santos em companhia do capitão José Manoel Nolasco, na localidade Quilômetro quarenta no município de Descanso. No momento em que o depoente acompanhava o preso João Pedro dos Santos, que trocava roupa, e quando o mesmo entrava no quarto para pegar mais uma roupa e forros de cama, o depoente ficou na porta e olhando para outro lado do quarto, não viu quando João Pedro dos Santos pegou uma faca que por ali se encontrava, e quando voltou a olhar e prestar atenção para João Pedro dos Santos, o mesmo já tinha se fincado duas vezes no próprio peito, não dando tempo para o depoente tentar qualquer medida para evitar que João Pedro fizesse tal ato, vindo João Pedro cair em cima da cama, caindo a faca ao chão; Que o depoente, a mando do seu superior, andava junto com João Pedro dos Santos para o mesmo vir para cadeia. Nada mais disse, encerrando o presente.”

    Transcrito por Euclides Staub, dos autos do processo nº 11153 – Comarca de São Miguel do Oeste – SC

    Croqui e Foto do Cpitão José Manoel Nolasco

    24/05/2019 Leia...

    -

  • Operação Ágata/Fronteira Sul

    img

    Desde 2011, o Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA) coordena uma ação de grande escala com o objetivo de fortalecer a segurança dos quase 17 mil quilômetros de fronteiras terrestres do Brasil.

    Trata-se da Operação Ágata, que integra o Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF) do Governo Federal, criado para prevenir e reprimir a ação de criminosos na divisa do Brasil com dez países sul-americanos.

    Nos estados do Paraná e de Santa Catarina a 5ª Divisão de Exército (5ª DE) com sede em Curitiba-PR, é a Grande Unidade Operacional responsável pela Operação Ágata/Fronteira Sul e tem como missão planejar, coordenar, controlar e supervisionar o preparo e o emprego das Grandes Unidades subordinadas, quer na garantia dos poderes constitucionais, da lei e da ordem; nas ações subsidiárias gerais; e nas ações na faixa de fronteira terrestes contra delitos transfronteiriços e ambientais.

    Entre os dias 16 e 20 de maio a 5ª DE empregou tropas da 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada no Estado do Paraná.

    Dando continuidade a Operação Ágata/Fronteira Sul, o comandante da 5ª DE designou, para atuar na faixa de fronteira do estado de Santa Catarina, a 14ª Brigada de Infantaria Motorizada (Florianópolis-SC) sob o comando do Sr General de Brigada RICARDO MIRANDA AVERSA, que conta com aproximadamente 800 militares do 14º Regimento Cavalaria Mecanizado (São Miguel do Oeste-SC), 63º Batalhão de Infantaria (Florianópolis-SC) e 62º Batalhão de Infantaria (Joinville-SC), 23º Batalhão de Infantaria (Blumenau-SC), 27º Batalhão Logístico (Curitiba-PR), Companhia de Comando da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada (Florianópolis-SC), 5ª Companhia de Comunicações Blindada (Curitiba-PR) e do 14º Pelotão de Polícia do Exército (Florianópolis-SC).

    Nesta manhã (23/05) o Comandante da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada (14ª Bda Inf Mtz) ocupou o Centro de Coordenação de Operações (CCOp), em São Miguel do Oeste-SC, designando que as tropas da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, em coordenação com os diversos Órgãos de Segurança Pública (Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental, Polícia Militar Rodoviária, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Rodoviária Estadual e Bombeiros Militar) e de Fiscalização Federais e Estaduais, ocupassempostos de bloqueios nas principais estradas da faixa de fronteira do estado de Santa Catarina com o objetivo de prevenir e reprimir delitos transfronteiriços.

    23/05/2019 Leia...

    -

  • Sicoob São Miguel doa aparelho para Oncologia do Hospital São José

    img

    Com o objetivo de materializar os valores do cooperativismo e o interesse pela comunidade, o Sicoob São Miguel entregou ao Hospital São José de Joinville/SC, um aparelho de laserterapia sistêmica. O aparelho será utilizado no atendimento odontológico do Ambulatório de Oncologia e irá contribuir para o tratamento dos pacientes que utilizam a radioterapia e quimioterapia.

     

    Para o Diretor do Hospital São José, Douglas Machado, a gratidão pela doação do aparelho é imensa e vem ao encontro com a missão do Hospital São José. "Temos como missão promover saúde todos os dias com humanização e eficiência,acolhendo com dignidade e responsabilidade os pacientes. Atitudes de generosidade como esta nos motivam e incentivam na busca pela melhoria contínua no atendimento prestado a todos os pacientes que nos procuram”, destaca Douglas.

     

    Silvio Sehn, gerente regional, destacou a importância em contribuir com a comunidade na doação do aparelho. “O Hospital Municipal São José é um grande parceiro do Sicoob São Miguel. Acompanhamos diariamente os desafios enfrentados por esta instituição que vai muito além de atender a população joinvillense, pois atende também toda a Região Norte do Estado. A doação do equipamento é um gesto de reconhecimento e gratidão ao trabalho realizado pelos profissionais do HMSJ, de modo especial a área de Oncologia e demonstra a atenção que a cooperativa tem a comunidade”, cita Silvio.

    23/05/2019 Leia...

    -

  • Quatro pacientes recebem alta da quimioterapia no Hospital Regional de São Miguel do Oeste

    img

    SÃO MIGUEL DO OESTE

    Mais quatro pacientes receberam alta do tratamento de quimioterapia no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste – Instituto Santé. O toque do sino foi realizado nesta terça-feira, 21, com a presença de familiares e amigos. 
     

    Foram quatro mulheres que receberam a liberação das quimioterapias: Angela Dall Aqua, 33 anos, de São Miguel do Oeste; Ana Lori Toillier Pauli, 56 anos, de Itapiranga e Iraci Teresinha Debona, 63 anos, de Guaraciaba. As três foram diagnosticadas com câncer de mama e tocaram o sino nesta manhã. Francisca Philipsen, 75 anos, de Maravilha, também recebeu alta da quimioterapia, após tratamento para câncer de cólon.


    Até o momento, foram cinco altas. A primeira paciente foi Clari Ana Zanetti Bernardi, de 59 anos, residente em São Miguel do Oeste. Diagnosticada com câncer de mama, foi liberada no dia 08 de março de 2019.


    Encontro Grupo Onco +Vida

    Ainda na manhã desta terça-feira, 21, o Hospital Regional realizou mais um encontro do Grupo de Apoio Onco +Vida. A farmacêutica Camila Corso falou sobre os riscos do uso de álcool, cigarro, chás e medicamentos durante o tratamento de quimioterapia.

     

    Dicas de alongamentos e atividades leves também foram repassadas, mantendo o objetivo de integrar os pacientes oncológicos e ainda, possibilitar o contato com a equipe multidisciplinar do Hospital.

     

    O Grupo Onco +Vida é uma iniciativa do Hospital Regional e realiza seus encontros uma vez por mês, trazendo temas e atividades diferenciadas para os pacientes que estão em tratamento quimioterápico.

    21/05/2019 Leia...

    -

  • São Miguel do Oeste pode ter um Colégio Cívico-Militar

    img

    Ideia é de que a gestão seja compartilhada entre a Secretaria Municipal de Educação e o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

    A proposta de instalação de um Colégio Cívico-Militar de Gestão Compartilhada em São Miguel do Oeste foi recebida pelo prefeito, Wilson Trevisan, e o secretário de Educação, Paulo Drumm, na tarde desta segunda-feira (20), durante visita do comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, Coronel Edupércio Pratts. Ele esteve no Gabinete do Prefeito, acompanhado do comandante do Batalhão de São Miguel do Oeste, Tenente Coronel Jorge Arthur Cameu Junior.

    Trevisan confirmou o interesse na instalação da unidade, e colocou o Município como parceiro da iniciativa. “A parte pedagógica ficaria a cargo da Secretaria Municipal de Educação, e a administração deste Colégio seria de forma compartilhada”, explica.

    O secretário de Educação, Paulo Drumm, acrescenta que a ideia é proporcionar atendimento a alunos do 6º ao 9º ano nesta unidade. “A partir de agora, buscaremos um espaço para que este colégio funcione, juntamente com o Governo do Estado. Já temos em mente alguns possíveis locais, que iremos analisar individualmente e solicitar a cedência”, afirma. Drumm acredita que, havendo concordância entre as partes, o Colégio possa iniciar as atividades já no próximo ano.

    O comandante geral, Coronel Edupércio Pratts, salienta que a intenção dos Bombeiros é instalar 14 colégios neste modelo em todo o estado de Santa Catarina, nas cidades que, a exemplo de São Miguel do Oeste, possuem batalhões do Corpo de Bombeiros Militar.

    21/05/2019 Leia...

    -

  • Município encaminha 180 pacientes para mutirão de cirurgias de catarata

    img

    Procedimentos serão realizados de hoje (20) até quinta-feira (23), ultrapassando 420 procedimentos desde 2017

    O Município de São Miguel do Oeste está realizando esta semana um mutirão de cirurgias de catarata. De hoje (20) até quinta-feira (23), 180 pacientes serão encaminhados para o Hospital Nossa Senhora das Mercês, em Iporã do Oeste, para realizar os procedimentos.

    Na manhã desta segunda-feira, os primeiros 27 pacientes foram levados pela Secretaria Municipal de Saúde até o município vizinho. À tarde, foram mais 27, totalizando 54 atendimentos só neste primeiro dia.

    SÃO MIGUEL DO OESTE

    O prefeito, Wilson Trevisan, e o secretário de Saúde, Leonir Caron, recepcionaram um dos grupos no local de partida do transporte coletivo que foi disponibilizado aos pacientes pela Secretaria de Saúde.

    Caron explica que o mutirão foi viabilizado por meio de recursos do Município e do Estado, através do Consórcio Intermunicipal de Saúde – CIS Ameosc, contemplando pacientes que aguardavam na fila. Eles estão sendo atendidos por uma empresa de São Paulo credenciada ao CIS Ameosc. “Com mais este mutirão, ultrapassaremos o número de 420 pacientes beneficiados com cirurgias de catarata e pterígio desde 2017”, assinala o secretário.

    O prefeito, Wilson Trevisan, salienta que a intenção da Administração Municipal é zerar a fila de espera para estas cirurgias. “Será uma transformação muito grande na qualidade de vida destas pessoas. Não estamos medindo esforços para que mais esta necessidade seja atendida”, destaca.

    20/05/2019 Leia...

    -