Últimas COLUNA DO ROGER

  • Coluna do Roger


    “VICIADOS EM ANESTESIA”

    Confidencio que não queria, mas, no fundo, tenho pena do povão. Refiro-me a essa gente que não estudou por que não quis. Optou pela vadiagem ao conhecimento. Ganha mal, pois a vontade de ir à bodega supera a de se aperfeiçoar.

    Pessoas que se iludem com o aperto de mãos de candidatos a cada dois anos (e sentem-se importante por isso). Nas inflamadas discussões sobre política, motivadas pelo excesso de cachaça, argumentam sem conhecimento de causa, pois não sabem nada além da sigla que defendem.

    Desinstruídos. Desabilitados. Desacreditados. Desanimados. Na verdade são “dependentes de elogios fajutos” que se transformam em bálsamo e combustível para ‘andar mais um pouco’ e ir tocando a vidinha. 

     

    APENAS UMA OBSERVAÇÃO

    Para o comediante e ator estadunidense, Groucho Marx.  “a política é a arte de procurar problemas, encontrá-los por todos os lados, diagnosticá-los incorretamente e aplicar as piores soluções”.

             Entendo que nessa frase “política” pode ser perfeitamente substituída por “regulação”.

     

    PADRES E PEDOFILIA

    No ano passado à Globonews fez pauta sobre pedofilia classificando esta nojeira como “doença sem cura, de difícil tratamento”. Assisti e até comentei no meu blog a respeito.

    O detalhe mais sórdido é que ainda disseram que existe preconceito sobre quem sofre deste 'distúrbio'. 

    Mas, espera aí: E os padres? Quantos casos – descobertos – de párocos envolvidos em abusos contra crianças. Será que todos são pedófilos? Interessante, né?

    Sabemos que a carne é fraca, mas, então, que cometam o ato sexual com mulheres – evidentemente com o consentimento delas. Mas jamais com crianças.

    E outra: quando optaram pelo sacerdócio não sabiam da abstinência sexual? E, em todos os casos, que recorram a masturbação. Pronto. Falei.

    `        IMPORTANTE ESCLARECER: Há casos registrados em vários lugares do Brasil. Em nossa região nunca aconteceu.

     

    COISA BOA

    Semana passada, pela segunda vez neste ano, meu aparelho celular estragou. Nada de pressa para consertá-lo. É que apenas 5% das conversas e mensagens são, realmente, interessantes. 

    O resto, na grande maioria, é de gente me criticando ou bajulações baratas (não sei qual o pior).

    Enfim, é uma chatice, mas como tem que prevalecer a política da boa educação leio e assisto tudo que me enviam. É muito tempo perdido. 

    Em relação aos meus comentários na coluna respeito todas, mas respondo só para gente que tem conteúdo - independentemente se forem vaias ou aplausos. E isso também vale para os e-mails.   

     

    SEM PALAVRAS

    Depois de uma festa privada, quinta-feira passada, que participei, onde muitos confundiram várias vezes Natal com Páscoa; a certa altura o som que mais se ouvia era de copos quebrados; gente cumprimentando o primo do anfitrião -  pensando que ele – o parente – que tinha promovido a festa e, principalmente, três moças falarem que eu deveria ser ‘capuchinho’ por não beber nada de álcool e sequer ter experimentado qualquer tipo de droga ilícita, não duvido mais de nada.  

     

    BAITA FILME

    Não julgar o livro pela capa; não julgar o filme pelo trailer. Eu havia comentado que 'A Chegada' era propaganda do governo mundial. 

    Na verdade não é. Para quem ainda não assistiu, fica a dica. Tenho certeza que vão gostar. 

     

    QUESTÃO DE LÓGICA

    Não existe “empresa pública”, patrimônio do povo. Ou uma empresa é controlada por seus sócios ou ela é controlada por políticos. 

    Ou ela navega pelas águas dos lucros e prejuízos ou ela é instrumento na mão de irresponsáveis. 

    Ou uma empresa serve o público ou ELA SE SERVE DO PÚBLICO. 

     

    “ADEVOGADO” DA ROMÊNIA

             Dizem que lá na Romênia tem um “adevogado” que basta falar que tem imóvel envolvido no caso que ele nem quer saber detalhes da causa. Aceita na hora.  

             É que depois que ele morrer levará tudo junto pro INFERNO.

     

    É SÁBADO, NO LATITUDE

             A banda de rock Os Forasteiros comemora 11 anos de carreira neste sábado, numa super festa, no Centro de Eventos Latitude. Ingressos limitados. 

             E tem mais: a MKA Telecom, patrocinadora do evento, vai disponibilizar internet ultra veloz para a moçada registrar e compartilhar à vontade.

    E não fica só nisso: Seu Anibal, o comunicador Flávio Roberto Pampa e o Dj e locutor Arno Costa, todos da Top 104 FM, agitam o público antes e depois da apresentação.

    Ingressos antecipados no Rock Coffee a R$ 20,00. Na hora, se tiver, o valor será de R$ 30,00.

             E balada no Latitude é sinônimo de balada das boas.

     

    RÁDIO CIDADE AGORA É FM

             A Rádio Cidade, afiliada à Rede Peperi de Comunicação, nos próximos dias, migrará do AM para o FM, na frequência 95,7.  A próxima será a Peperi AM, na frequência 99,9.

    Em seguida, as demais emissoras AM afiliadas à Rede Peperi (Atalaia, de Campo Erê, e Itapiranga), passarão pelo mesmo processo.

     

    ‘NAS ENTRELINHAS’

    O que tem de “engenheiro social” por aí transvestido de “economista liberal” não é pouco não. E não me refiro a Brasília. 

     

    APENAS UMA OPINIÃO SOBRE ECONOMIA

    O que torna a Economia uma ciência “confusa”, o que a faz ser palco de debates intermináveis, quase uma conversa entre surdos, é aplicação espúria em seu domínio das metodologias próprias das ciências naturais, em especial o positivismo e a modelagem matemática.

    Quando o conhecimento econômico é construído sobre os alicerces da praxeologia – a lógica da ação humana – muito da confusão e dos devaneios academicistas são dissipados, resultando numa ciência relativamente simples, consistente e mesmo elegante.

    Em tempo: não me leve a sério, pois sou apenas um jornalista meia-boca e um acadêmico de Direito medíocre.

     

     

    RETIFICAÇÃO DE REGISTRO IMOBILIÁRIO PODE SER EXTRAJUDICIAL

    Anos atrás, quando os dados de um registro imobiliário se mostravam omissos, imprecisos ou não exprimiam a realidade, a correção somente podia ser feita através de um procedimento judicial.

    Atualmente, porém, isso pode ser requerido diretamente ao Cartório do Registro de Imóveis, que encaminhará o processo ao Judiciário apenas se algum confrontante impugnar o pedido.

     

    É PRECISO DESPOLITIZAR

    Você pode ser o cidadão mais honesto desde o período das cavernas, mas se você repetir os mesmos erros dos ladrões, desde a independência de Portugal, o desastre será certo e inevitável. 

    É urgente, urgentíssimo, despolitizar o mercado de combustíveis no Brasil. Aliás, não só o de combustíveis, mas a economia interna precisa se libertar das decisões políticas. 

     

     

    É BOM SABER

    De acordo com a Lei 5.172/66, nos casos de impossibilidade de exigência do cumprimento da obrigação principal pelo contribuinte, respondem solidariamente com este nos atos em que intervierem ou pelas omissões de que forem responsáveis:

    - Os pais, pelos tributos devidos por seus filhos menores;

    -Os tutores e curadores, pelos tributos devidos por seus tutelados ou curatelados;

    -E os s tabeliães, escrivães e demais serventuários de ofício, pelos tributos devidos sobre os atos praticados por eles, ou perante eles, em razão do seu ofício. 

     

     

    ILUSTRE (o cafajeste) SOBRE UM ALGOZ

    Não que a mulher dele exagere na maquiagem, mas quando saem juntos alguns perguntam para ele: “E aí Batman? Fez as pazes com o Coringa?”

     

    HÁ DEZ ANOS

             São fortes os comentários de sonegação de ISS nos trabalhos de um loteamento. A ‘maracutaia’, não teria nada a ver com o proprietário do imóvel, mas, sim, com quem executou o trabalho. E mais: pelo que dizem teria político envolvido.

             *Coluna Roger Brunetto, 25 de abril de 2009.

     

    PONTO FINAL

    “A cada dia viver uma mentira. Vidas vendidas a preços baixos. A vida encontra-se num lento suicídio por causa deste 'maravilhoso mundo' do poder de compra”. Parte da letra de ‘Motorcycle Emptiness’ - Minic Street Preachers. 

    26/04/2019 Leia...

    -

  • É COMPLICADO I


    É COMPLICADO I

             Minha última ida a Carazinho não foi das melhores. Além daquela polêmica gerada por meus comentários que postei em meu blog enfrentei outras situações constrangedoras. 

             Em uma, por respeito, deixei que o errado prevalecesse. Conversávamos eu, acadêmico de Direito, um bacharel em Direito e um homem que desconheço a profissão.

             O assunto era Direito do Trabalho - que que interessava ao sujeito que estava conosco. Ele indagou se a testemunha de um processo laboral que está litigando, em outra demanda, contra o empregador poderia depor. O bacharel em Direito, como muitos que vejo por aí, fez a tradicional posse de advogado e respondeu: está impedida em função do presumido interesse na causa.  E ainda sorriu para a plateia. A resposta estava errada.

             Aí eu pensei: não fica bem eu, um acadêmico de Direito, corrigir um bacharel, ainda mais depois de toda sua encenação.

             Tomara que o rapaz consultou um advogado, pois o correto é que sim. A testemunha pode depor, não havendo presunção de suspeição.  

             Digo mais: esse é o tipo de questão de prova, que classificamos de ‘dada’.

     

    É COMPLICADO II

             Aí entrou um outro no assunto e começaram a divagar sobre Direito Penal. E sempre tem aquele que soube do vizinho que ouviu de um amigo sobre um determinado casso. Era sobre tráfico de pessoas.

             E o bacharel em Direito me diz em alto e bom tom: o crime de tráfico de pessoas não poderá ser caracterizado ainda que haja consentimento da vítima.

             Aí só me restou pedir licença. Fui ao banheiro. Olhei-me no espelho e imaginei que meu semblante fosse o bacharel e disse: é claro que o crime de tráfico de pessoas poderá ser caracterizado ainda que haja consentimento da vítima.

             E o pior: são questões básicas. É impossível não se irritar com situações desse tipo.  

     

    ‘PEGADORES’, SERÁ?  I

             Muitos homens comentam sobre suas conquistas amorosas. Leia-se: ficar com uma mulher.  Nisso, o sexo masculino é mais fofoqueiro do que as mulheres. E muitos exageram. Outros chegam ao cúmulo de mentir.

             Poucos percebem, porém, que os que têm mais casos não comentam. E é por isso que conquistam mais. Só que poucos – ou quase ninguém fica sabendo.

    Vivemos numa região em que muitas mulheres não gostam de ouvir que aquele com quem teve, digamos, uma aventura falou a outras pessoas. 

             Às vezes o verdadeiro ‘pegador’ é aquele que achamos que não pega ninguém. 

            

    ‘PEGADORES’, SERÁ?  II

             Há, ainda, aqueles que preferem não manter relacionamentos – mesmo que por apenas uma madrugada – com mulheres daqui. Optam por outras que moram em outras cidades. Questão de opção. A maioria dos adeptos dessa postura faz o estilo ‘bebe quieto’.  Tem amizades, mas evitam turmas. São reservados. 

             Mas independente disso ou daquilo, penso que a discrição sempre deve prevalecer. 

     

     O delegado Antonio Abreu e a companheira Eliane Baron. Abreu atuou vários anos em São Miguel. Atualmente exerce a função na Secretaria de Segurança de Santa Catarina, em Florianópolis

     

    NA PRÓXIMA

             O comentário e fotos da formatura de Caroline Staats – Odontologia – que aconteceu sábado passado, em Passo Fundo, fica para a próxima coluna.        

    GRAZIELA XAVIER

     

     

    FALTA DE ESTRUTURA

             Não foram poucas as reclamações de clientes do Banco do Brasil, agência de São Miguel, na quarta-feira, 03, quando, depois de quatro dias fechado, voltou a atender.

    A principal reclamação foi em relação à demora no atendimento. Uma pessoa disse que teve que aguardar 1h45. Ou seja: praticamente duas horas.

    Muitos também questionam como ficará a atual estrutura do Banco já que todas as contas da agência do extingo Banco Besc – que foi desativada – foram transferidas para a primeira - e agora única - agência do Banco do Brasil no município.

             Parece que, pelo menos até agora, apenas mais um caixa eletrônico foi instalado.

    Em tempo: a coluna está à disposição para a gerência do Banco do Brasil de São Miguel se manifestar, caso julgue necessário. Para isso é só enviar um texto, no mesmo tamanho, até às 12h deste sábado, 11.

     

    GASPO EM CHAPECÓ

             O músico, compositor e multi-instrumentista, Gaspo “Harmônica”, de São Miguel, se apresenta neste dia 18, sábado, em Chapecó, a partir das 22h, no Chacal Beer.

     

    NA FOUR

    O Dj germânico Sharam Jey é a principal atração no próximo dia18 na Four Club. É a primeira vez que ele aparece por lá. O renomado artista arrasta multidões em todos os cantos do mundo.

    Garanta seu ingresso antecipado.

     

    DEPRESSIVA REALIDADE

    Relatório Global da Organização Mundial da Saúde, referente a 2017, aponta o Brasil com o maior índice de depressão da América Latina.

    Ainda, conforme o mesmo documento da OMS, nosso país é o mais ansioso do mundo.

    Foram analisados fatores ambientais, socioeconômico e de realidade de vida.

    Tudo de bom para Isadora Gobbi. A filha da Tania e do Roberto festeja idade nova nesta quarta

     

    NO JOY

             ‘Hipertrofolia’ é a balada que o 5º período de Educação Física da Unoesc/São Miguel promove neste sábado no Joy Lounge Bar. Robson e Joziel se encarregam de animar a moçada com o bom do sertanejo universitário. Antes e depois da dupla quem faz o público dançar é o Dj Marco Meirelles com as melhores da pista.

             Ingressos antecipados com os acadêmicos.

     

    COBRANÇA DE COTAS CONDOMINIAIS PRESCREVE EM CINCO ANOS

    A jurisprudência consolidada do Superior Tribunal de Justiça (STJ) traz decisão no sentido de que a ação de cobrança das cotas condominiais prescreve no prazo de cinco anos (artigo 206, parágrafo 5º, inciso I, do Código de Processo Civil), porque tais cotas são líquidas desde a sua definição em assembleia geral de condôminos e lastreadas em documentos físicos.

     

    GRANDE EVENTO; ÓTIMA HOSPEDAGEM

    Começou nesta segunda e se estende até esta sexta, em Não-Me-Toque, a Expodireto - uma das maiores e principais feiras de agronegócio do país. Neste ano são mais de 500 expositores - nacionais e internacionais.

    Estaremos por lá na sexta. No entanto, ficaremos hospedados em Carazinho, no Plaza Sul. A propósito: as reservas para os dias do evento se esgotaram em novembro.

    É que se trata do melhor hotel da região. Toda equipe já está trabalhando para receber e acomodar da melhor forma possível todos os participante da Expodireto.

     

    O DIA É DELAS

             Parabéns para todas as mulheres. É o mínimo que posso desejar a elas neste dia.

    Na minha vida tenho cinco que amo mais do que tudo: minha mãe, a dona Wilma, minhas três irmãs, Mara, Rosane e Daléia e minha sobrinha, que a tenho como minha ‘maninha’, pois moramos juntos até seus 13 anos de idade, a Karis.

            

    BOMBARDEIO

    Por causa de um comentário, postado no meu blog, sobre uma balada, realizada em uma casa de shows, em Carazinho, que aconteceu na madrugada do último dia 12, mas ainda está rendendo muita polêmica, vários frequentadores e frequentadoras me taxaram, via mensagens pelo Facebook, de tudo e mais um pouco. Estes são apena alguns.

    -Tradicionais: arrogante, preconceituoso, orgulhoso, mente fechada, antipático, louco, conservador e velho.

    -Engraçados: colunista de meia tigela, jornalista chineludo, colono que saiu da cidadezinha e cara de cachorro.

    MATRÍCULA DE IMÓVEIS DEVERÁ CONTER INFORMAÇÕES JUDICIAIS

    A partir de agora, para que o comprador de um imóvel saiba se o proprietário é alvo de alguma ação na Justiça, que possa colocar a propriedade em risco no futuro, bastará olhar na matrícula do imóvel para obter essa informação.

    Com a concentração das informações na matrícula – e a consequente redução no número de procedimentos do cartório –, o tempo para transmissão de uma propriedade deve cair 20%, de acordo com estimativas do Banco Mundial.

     

    DUTRA (conselho aos saudáveis apenas fisicamente)

             Não deixe para curtir a vida como gostaria – e sempre foi merecedor – depois que, por causa de uma doença, acidente, ou qualquer outro infortúnio, tiver que conviver com uma sequela irreversível.        

    Solidão vicia. Isolamento agrava a dependência.  

             Livre-se dos monstros que criou ou os herdou geneticamente e que tanto perturbam sua mente e, principalmente, pensamentos/ações. Se não conseguir, aprenda a lidar com eles.

    Terapias ajudam, e muito. Medicamentos, desde que prescritos por profissionais habilitados, e ingeridos conforme a recomendação, igualmente podem ser úteis. Da mesma forma, obras literárias que abordam o poder do subconsciente – e outras semelhantes – auxiliam. E não se esqueça de Deus, mas com fé.

            Mire-se nos exemplos de pessoas que, devido às circunstâncias e pela “lógica (?) imposta pela sociedade”, deveriam ser tristes. Mas são alegres. Como os deficientes físicos, porém felizes. E fortes na luta contra suas adversidades. E inteligentes, pois sabem que, independente dos obstáculos, reais ou imaginários, a vida é para ser vivida.

    É indigno de piedade quem “vive por viver”. Sem procurar ajuda. Sem se ajudar.

     Ninguém nasceu para ser infeliz. Ninguém merece ser infeliz. Não seja infeliz.

     

    E COMO DISSE O ILUSTRE (o cafajeste)

             Motorista de caminhão que tem mulher feia viaja tranquilo.  

     

    HÁ DEZ ANOS

             Governador Luiz Henrique da Silveira estaria insistindo para que o prefeito, João Valar, assuma a Secretaria de Desenvolvimento Regional. A estratégia é simples: se Valar for para a SDR, o vice, Moacir Martello, assume o Executivo municipal e quando se ausentar o cargo pode ser ocupado pelo presidente da Câmara, Milto Annoni.

             Seria uma forma de atrair os pefelistas para uma possível coligação nas eleições municipais do próximo ano – como ocorreu no ano passado no âmbito estadual.

             *Coluna Roger Brunetto, 08 de março de 2007.

    PONTO FINAL

    “Acordei e tive que me encarar. Acho que meu reflexo tinha muito a dizer. Por que deixar minhas preocupações roubarem meus dias? Isto apenas me faz cair”. Parte da letra de ‘The Song You Sing’ - Creed.

    08/03/2017 Leia...

    -

  • Coluna do dia 11 de Novembro


     

     

     

     

    11/11/2015 Leia...

    -

  • Coluna do dia 28 de Outubro


     

     

     

     

    28/10/2015 Leia...

    -

  • Coluna do dia 21 Outubro


     

     

     

     

    21/10/2015 Leia...

    -

  • Coluna do dia 10 de Outubro


     

     

     

     

    16/10/2015 Leia...

    -

  • Coluna do dia 30 de setembro de 2015


     

     

    01/10/2015 Leia...

    -

  • Coluna do dia 02 de Setembro de 2015


     

     

     

     

    02/09/2015 Leia...

    -

  • Coluna do dia 26 de Agosto


     

     

     

     

    26/08/2015 Leia...

    -

  • Coluna do dia 12 de Agosto 2015


     

     

     

     

    12/08/2015 Leia...

    -

  • Coluna do dia 29 de julho de 2015


     

     

     

     

    07/08/2015 Leia...

    -

  • Coluna do dia 22 de julho de 2015


     

     

     

     

    07/08/2015 Leia...

    -

  • Coluna do dia 15 de julho de 2015


     

     

     

     

    07/08/2015 Leia...

    -

  • Opinião


     

     

     

     

    17/07/2015 Leia...

    -