Últimas SANTA CATARINA

  • Eskudlark vê mais contradições do Governo Moisés, sobre contrato milionário com Hospital de São Paulo

    img

    Deputado defende que o dinheiro seja investido em instalações permanentes nos hospitais catarinenses, sendo que Moisés anunciou o cancelamento do contrato de 76 milhões para 100 leitos, com Hospital Psiquiátrico de Catanduva, estado de São Paulo, mas diz que vai lançar edital de licitação para mil leitos de UTI em hospitais de campanha

    As cobranças da sociedade, deputados e da justiça catarinense surtiram efeito, o Governador Carlos Moisés anunciou nesta quinta-feira (16), o cancelamento da licitação para a construção de um hospital de campanha no Centro de Eventos de Itajaí, com custo de R$ 76,9 milhões, para seis meses, que seria utilizado para o combate ao Covid-19,  contrato esse com um Hospital Psiquiátrico de Catanduva, estado de São Paulo, cujo capital social equivale a 5% do contratado com o governo de SC.

     

    Mauricio Eskudlark (PL), que foi o primeiro deputado a fazer a denúncia sobre possíveis irregularidades deste processo que ocorreu em menos de 24 horas comemorou a decisão. “Me manifestei através das redes sociais e nas sessões da Assembleia Legislativa, pois não concordava com os valores e a forma obscura que ocorreu todo o processo, como deputado minha função é fiscalizar e defender os interesses do povo catarinense”, disse.

     

    O deputado defendeu também que o investimento milionário que seria feito em estruturas temporárias neste hospital de campanha seja repassado aos hospitais de Santa Catarina.  “Temos vários hospitais no estado, como o hospital Regional de Chapecó com condições físicas de instalar de imediato mais 60 leitos de UTI, o hospital Santa Inês de Balneário Camboriú mais 40 leitos de UTI, temos também o Marieta em Itajaí, o Teresa Ramos de Lages, vários hospitais importantes onde estes recursos auxiliariam no combate a pandemia e ainda deixariam um legado ao povo catarinense”, desabafa Eskudlark.

     

    O parlamentar estranhou que no mesmo anúncio de cancelamento do contrato denunciado o governador adiantou a possibilidade de lançar um edital para contratar mil leitos de UTI junto a um novo edital com essas "estranhas" instituições, deixando de lado compromissos, emendas dos deputados e convênios de investimentos na rede hospitalar catarinense.

    17/04/2020 Leia...

    -

  • Sicoob altera aplicativo e passa a realizar assembleias com transmissão ao vivo aos cooperados


    O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) realizou uma mudança na maneira em que vai interagir com os seus mais de 4,6 milhões de cooperados. Agora, os seminários, assembleias e palestras, que eram realizados presencialmente, serão transmitidos ao vivo pelo aplicativo Sicoob Moob.

     

    Em ambiente remoto e seguro, os cooperados vão poder interagir com os palestrantes durante videoconferência e webinar (conferência online) por meio de mensagens de texto e, em algumas ocasiões, áudio.

     

    Também será possível participar das votações, tendo em vista que no cooperativismo financeiro, diferente do que ocorre no tradicional sistema bancário, a participação do cooperado é essencial para a cooperativa. Os votos serão realizados pelo próprio app.

     

    O Sicoob informa que utiliza um módulo de backoffice para gerenciar a publicação das votações – cadastro, opções, abertura e encerramento – e a apuração dos resultados. O Sistema garante que tudo será registrado e passará por auditoria.

     

    Transação digital em alta
    Para Antônio Vilaça Júnior, diretor de Tecnologia da Informação do Sicoob, a mudança no aplicativo fortalece a relação entre o público e o Sicoob. Além disso, facilita o acesso e eleva “o nível de conhecimento dos cooperados sobre as singulares, além de fortalecer as práticas de governança”, destaca, por meio de nota.

     

    Em 2019, o maior sistema financeiro de cooperativas do Brasil realizou 78% das transações por meio de canais digitais. Desse montante, 56% foram por meio de ferramentas mobile. Apesar da fatia digital importante, o diretor de Tecnologia do Sicoob, Antônio Vilaça Júnior, afirma que a empresa não abre mão do crescimento das agências físicas. Investe no digital, sem perder o relacionamento interpessoal com o cooperado.

     

    16/04/2020 Leia...

    -

  • Deputado Marcos Vieira comemora decisão do Confaz de manter alíquota zero nos defensivos agrícolas

    img

    Prorrogação do convênio 100/97 até dezembro foi definida na última sexta-feira

    O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) se reuniu por videoconferência na sexta-feira (3/4) e decidiu pela prorrogação do Convênio 100/97 até dezembro desse ano. A resolução foi muito comemorada pelo setor produtivo de Santa Catarina, pois consolida a luta desde o ano passado pela manutenção da alíquota zero de ICMS nos defensivos agrícolas.
    Um dos mais atuantes no pleito do setor agrícola, o deputado Marcos Vieira (PSDB) disse que a decisão era esperada, após toda a pressão feita pelos setores nos últimos meses. "Mas sem dúvida foi esta grande união de esforços, que culminou com a Audiência Pública histórica no último dia 11 de março (fotos), a maior que já houve no parlamento catarinense, com quase 2 mil produtores rurais lotando todos os espaços da Assembleia, que fez com que o governo estadual recuasse da sua intenção de taxar os defensivos agrícolas, onerando ainda mais o produtor catarinense", destacou o deputado Marcos Vieira, que ainda completou: "Me orgulha muito encampar esta luta desde o início em defesa de quem trabalha muito e produz muito no nosso Estado, com a participação efetiva das entidades - Faesc, em nome do Zezo Pedrozo e do Enori Barbieri, da Ocesc, na pessoa do Luiz Vicente Suzin, da Fecoagro, na pessoa do Cláudio Post, da Fetaesc e o presidente José Walter Dresch, além de tantos outros que fazem do agronegócio catarinense um exemplo para o Brasil e para o mundo", ressaltou o parlamentar.

    06/04/2020 Leia...

    -

  • Governo prorroga por sete dias decreto de distanciamento social em SC

    img

    O novo decreto terá validade até a próxima quarta-feira e medidas poderão ser repensadas se houver resultados positivos


    Estado

    Durante entrevista coletiva segunda-feira, 23, o governador Carlos Moisés anunciou também a prorrogação por mais sete dias do decreto que determina o distanciamento social. O novo texto esclareceu dúvidas deixadas no anterior, como quais estabelecimentos podem abrir. O novo decreto terá validade até a próxima quarta-feira, 31.
    "Só iremos conseguir medir o resultado prático do distanciamento social na próxima semana. Portanto iremos prorrogar o decreto por mais sete dias e iremos repensar as medidas conforme o distanciamento for dando resultado", afirmou Moisés.
    Terça-feira, 24, Moisés, juntamente com outros seis governadores do Sul e do Sudeste participou de uma reunião pela internet com o presidente da República, Jair Bolsonaro. O objetivo foi alinhar os repasses para os estados e esclarecer a Medida Provisória (MP) 927, editada pelo presidente que altera regras trabalhistas. 
    No decreto, há autorização para o funcionamento de oficinas e borracharias às margens de rodovias estaduais e federais. Também foi autorizada a comercialização de refeições às margens de rodovias por restaurantes. 

    Secom
    Governador Carlos Moises anunciou a prorrogação de isolamento social em coletiva de imprensa
     

    25/03/2020 Leia...

    -

  • Escritores fundam a Academia de Letras do Extremo-Oeste

    img

    São Miguel do Oeste

    Um grupo de escritores de São Miguel do Oeste se reuniu no dia 05 de janeiro, no auditório da Secretaria de Cultura, para a fundação da Academia de Letras do Extremo-Oeste Catarinense. A nova entidade pretende reunir todos os escritores da região que já tenham alguma obra publicada, além de fomentar e incentivar a produção literária local e regional.
    Na ocasião, foi formada uma comissão provisória, que tem Claudemir Luiz Parmigiani na presidência. No final do mês de março, acontecerá o segundo encontro, onde será votado o estatuto da entidade e outros encaminhamentos.
    Segundo Parmigiani, foi dado um grande passo na fundação da Academia, uma vez que são os escritores que asseguram a sobrevivência da história para a posteridade. “Precisamos instigar nossas crianças a ler mais, conhecer a história das nossas cidades, dos nossos ancestrais, para que assim passam maximizar dentro de si a importância da sua família para a região”, destaca.
     

    13/02/2020 Leia...

    -

  • Nova diretoria da FECAM é eleita e empossada para 2020

    img

    31/1/2020 - O prefeito de Caçador, Saulo Sperotto (PSDB), é o novo presidente da Federação Catarinense de Municípios (FECAM), em substituição a Joares Ponticelli (PP), prefeito de Tubarão. A eleição e posse ocorreu nessa quinta-feira (30/1), durante assembleia ordinária da FECAM. Prefeitos, gestores municipais, lideranças políticas e representantes de entidades participaram do ato no auditório da Federação das Associações Empresariais de SC (FACISC).

    A chapa liderada por Sperotto foi a única inscrita por consenso entre os prefeitos e prefeitas e assume a Federação pelo período de um ano (jan/20 a jan/21). Com o comando do PSDB, a FECAM mantém a tradição de revezamento de partidos na presidência da entidade, com critério dos partidos que mais elegeram representantes na última eleição municipal. Nos últimos anos, foi liderada por prefeitos do PSD, PMDB, PP e, agora, PSDB. Sperotto já presidiu a FECAM, na gestão de 2010/11. Ao eleger uma chapa única, a FECAM demonstra mais uma vez unidade em prol do municipalismo catarinense.

    Ponticelli agradeceu o respaldo dos gestores durante o mandato de 2019, reforçando que foi um período de grandes conquistas. “Entregamos o comando da nossa entidade com uma chapa de consenso que respeitou a tradição da Federação, a alguém que tem a estatura e o comprometimento para fazer ainda mais para o municipalismo catarinense”, disse Ponticelli referindo-se ao prefeito Saulo Sperotto que assume a nova gestão junto com outros 20 colegas prefeitos catarinenses.

    Em compromisso pessoal agendado anteriormente fora do país, Sperotto enviou mensagem agradecendo a confiança dos prefeitos e reforçando o seu compromisso com o municipalismo. “É preciso que preservemos as instituições para que trabalhem em prol dos municípios que hoje precisam de muito mais do que apenas recursos, precisam de gestão, de compreensão, de entendimento e de interlocução entre os poderes. Esse é o meu compromisso para a gestão de 2020”, afirmou.

    Ainda no ato de posse e eleição, o 1º vice-presidente eleito, o prefeito de Major Vieira, Orildo Antônio Severgnini (MDB), assumiu na condição de presidente interino até o dia 9 de fevereiro, quando Sperotto assume a gestão. “Nós ainda vamos colher os frutos do trabalho de grande importância do presidente Ponticelli e da diretoria que deixa a gestão. Vamos continuar as pautas que não puderam ser cumpridas e, também implantar novas ideias de trabalho”, afirmou.

    A nova diretoria contempla as 21 Associações dos Municípios do Estado e a proporcionalidade dos partidos. No mesmo dia da assembleia da FECAM, no período da manhã, também foram realizadas as eleições das outras entidades do sistema FECAM: a prefeita de Vargem, Milena Becher, assumiu a presidência do Consórcio Interfederativo Santa Catarina (CINCATARINA); o prefeito de São Martinho, Robson Back, permanece na presidência do Consórcio de Informática na Gestão Pública Municipal (CIGA); o prefeito de São Bento do Sul, Magno Bollmann, assumirá a Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento (ARIS) e o prefeito de Abdon Batista, Lucimar Salmória, presidirá a Escola de Gestão Pública Municipal (EGEM).

    Além de prefeitos, a Assembleia da FECAM contou com a presença de membros do primeiro escalão do governo estadual, como o secretário da Casa Civil, Douglas Borba, representando o governador Carlos Moisés (PSL). Representantes do legislativo federal, como o senador Jorginho Mello (PR), os deputados Darci de Matos (PSD) e Carmem Zanotto (Cidadania); do legislativo estadual, como os deputados Marcos Vieira (PSDB), Paulinha (PDT) e Milton Hobus (PSD) também compareceram e reforçaram seu compromisso com as pautas municipalistas.

    Prestação de contas
    Durante a tarde de quinta-feira (30/1), houve o encerramento do mandato da diretoria 2018/19 da FECAM com a apresentação do relatório de atividades, prestação de contas da gestão e apresentação de relatório da auditoria independente contratada pela FECAM (VGA Auditores Independentes). O parecer final da auditoria atestou regularidade dos atos administrativos e financeiros e será disponibilizado aos prefeitos. A FECAM integrou em suas rotinas a realização de auditorias independentes. Segundo o diretor executivo, Rui Braun, a auditoria nas contas da Federação apresentou resultados práticos na melhoria de processos internos e adequação à regulação vigente, além de garantir mais transparência e segurança aos processos internos.

    O Conselho Fiscal da Federação também emitiu recomendação de aprovação das contas do exercício, sem ressalvas. Submetida a apreciação, a Assembleia ratificou o parecer do órgão fiscalizador por unanimidade, aprovando as contas 2019.

    Homenagens
    O ex-presidente da FECAM e consultor da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Hugo Lembeck, prestou uma emocionada homenagem representando o Sistema FECAM e Confederação a João Schwambach (MDB), prefeito de Imbuia, que foi assassinado no início de janeiro. “Ele foi um homem que se preparou para ser prefeito e era um pacificador, um diplomata. Fazia um ótimo trabalho e tinha 85% de aprovação em sua cidade. Um homem simples e muito querido por todos”, disse o amigo de décadas.

    Outra homenagem realizada ao fim do evento foi às mulheres catarinenses. Na condição de presidente da FECAM, Joares Ponticelli, lançou o livro “Santa Catarina, Estado Feminino - Mulheres Catarinenses que são exemplos e enaltecem nossa terra com suas histórias de vida”.

    A obra faz homenagem à guerreira Anita Garibaldi; à deputada Antonieta de Barros; à médica sanitarista Zilda Arns Neumann; a desembargadora Teresa Grisólia Tang; à miss Brasil e atriz Vera Fischer, à poeta Maura de Senna Pereira e Catarina de Alexandria – “todas pioneiras que elevaram o Estado de Santa Catarina para além dos seus limites e das fronteiras do Brasil”, como enaltece o prefácio da professora, membro da Academia Catarinense de Letras, Lélia Pereira Nunes.

    A obra comemora também os 40 anos da FECAM em 2020 e reconhece o papel da mulher no municipalismo, da mesma forma que levanta a bandeira sobre a questão da violência contra a mulher. Em sentido amplo de violência e exclusão, fala sobre a redução da participação da mulher na política e, também, a violência física por motivos diversos, cujos dados aumentam e preocupam cada vez mais em todo o país.

    “É uma homenagem à enorme contribuição da mulher catarinense na construção do nosso Estado. O livro também marca o compromisso da FECAM na luta pelo fim da violência contra a mulher. Tivemos recorde de feminicídios em Santa Catarina no ano passado e isso não pode ser uma estatística de um Estado como o nosso. Precisamos enfrentar esse problema de frente e essa luta deve ser feita nos municípios também”, declarou Ponticelli, ao lado das prefeitas e deputadas presentes na Assembleia.

    Nova diretoria da FECAM
    Nova diretoria da FECAM para o mandato de Janeiro 2020/janeiro 2021:

    Conselho Executivo
    O presidente é Saulo Sperotto, (prefeito de Caçador/AMARP/PSDB); o 1º vice-presidente será Orildo Antônio Severgnini, (prefeito de Major Vieira/AMPLANORTE/MDB); 2º vice-presidente, Paulo Roberto Weiss, (Rodeio/AMMVI/PT); 3ª vice-presidente Catia Tessmann Reichert (Alto Bela Vista/AMAUC/PSD). A 1ª secretária é Sisi Blind (São Cristóvão do Sul/AMURC/PP), e o 2º secretário: João Carlos Gottardi (Corupá/AMVALI/PSD).

    Conselho Fiscal
    Os titulares do Conselho Fiscal da FECAM para o mandato janeiro 20/janeiro 21 são Celso Rogério Alves Ribeiro (Correia Pinto/AMURES/PP), Gian Francesco Voltolini (Nova Trento/GRANFPOLIS/PP), Hélio Roberto Cesa (Siderópolis/AMREC/MDB), Joel Longen (Petrolândia/AMAVI/PSD), Moisés Diersmann (Luzerna/AMMOC/PSL), Paulo Henrique Dalago Muller (Bombinhas/AMFRI/DEM) e Rafael Caleffi (São Lourenço do Oeste/AMNOROESTE/MDB). Os suplentes são Ademil Antônio da Rosa (Brunópolis/AMPLASC/PSD), Clésio Bardini Debiasi (Treze de Maio/AMUREL/PP), Henrique Matos Maciel (Praia Grande/AMESC/PSD), Jairo Rivelino Ebeling (Cunha Porã/AMERIOS/MDB), Lírio Dagort (Xaxim/AMAI/PSD), Luiz Clóvis Dal Piva (Guatambu/AMOSC/PSDB), Renato Paulata (Tunápolis/AMEOSC /PT) e Udo Döhler (Joinville/AMUNESC/MDB).

    ÁUDIOS
    Joares Ponticelli avalia período em que esteve na presidência da FECAM, janeiro 2019/janeiro 2020.
    Glademir Aroldi, Presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) participa da Assembleia de FECAM e fala sobre a atuação conjunta
    Saulo Sperotto, eleito presidente da FECAM gestão 2020/2021
    Orildo Antônio Severgnini, eleito vice-presidente da FECAM, assume como interino até dia 9/2

    31/01/2020 Leia...

    -

  • São Miguel do Oeste e Conder entregam primeira licença ambiental

    img

    Liberação que costumava demorar entre um e dois anos, foi concluída em apenas 19 dias, e permitirá a agilização do processo de implantação de um novo loteamento

    O Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional (Conder), juntamente com o Município de São Miguel do Oeste, entregou na manhã desta quarta-feira (22) a primeira Licença Ambiental Prévia emitida desde que assumiu a prestação deste serviço, no último dia 02 de janeiro. Trata-se de um novo loteamento que será implantado na cidade. O ato aconteceu no gabinete do prefeito, Wilson Trevisan, com a presença de representantes deste trabalho no âmbito municipal, do Conder, e de investidores beneficiados.

    O coordenador de licenciamentos ambientais do Conder, biólogo José Francisco Mora, disse que o órgão já recebeu 52 projetos desde o dia 02 de janeiro, sendo 20 deles de São Miguel do Oeste, e os demais de diversos municípios da região. “Para emitirmos esta Licença, primeiramente foi resolvida toda a parte burocrática e, em seguida, fizemos a vistoria in loco, onde verificamos que o empreendimento em questão estava totalmente regular quanto à parte ambiental”, explica.

    Todo este processo durou somente 19 dias. Os representantes da empresa loteadora disseram que ficaram surpresos com a agilidade. Conforme eles, liberações semelhantes a esta costumavam demorar entre um e dois anos quando eram geridas pelo IMA (Instituto do Meio Ambiente). José Mora comenta que a implantação da tramitação eletrônica é um dos fatores que auxiliam na rapidez destes andamentos.

    Ainda no dia de hoje, devem ser liberadas outras licenças ambientais, a maior parte delas para a implantação de loteamentos e construção de edifícios. Wilson Trevisan, que liderou o movimento para municipalização dos licenciamentos ambientais na região, como prefeito de São Miguel do Oeste e presidente da Ameosc até o fim do ano passado, disse que era esta agilidade que se buscava quando a municipalização deste trabalho foi pensada. “Não seria justo que São Miguel do Oeste e a região continuassem atrasando seu desenvolvimento em virtude daquela demora”, salienta.

    22/01/2020 Leia...

    -

  • Governadora em exercício tem audiência com presidente da República em Brasília

    img

    O presidente da República, Jair Bolsonaro, reiterou o apoio a Santa Catarina durante audiência no Palácio do Planalto com a governadora em exercício, Daniela Reinehr, na manhã desta quinta-feira, 16. Daniela agradeceu o empenho do Governo Federal quanto às demandas catarinenses e reforçou a necessidade de investimentos em infraestrutura. Na semana passada, a governadora em exercício percorreu quase mil quilômetros em rodovias estaduais e federais no Oeste de Santa Catarina.

    O presidente ressaltou que o trabalho tem sido intenso para resolver situações herdadas de anos anteriores.

    "Falamos muito sobre as necessidades de Santa Catarina, sobre as virtudes e capacidades do nosso estado, e o carinho que os catarinenses têm em relação ao presidente Bolsonaro", destacou a governadora em exercício.

    Também participaram da audiência o secretário de Governo da Presidência da República, general Luiz Eduardo Ramos, e a secretária especial de Assuntos Federativos, Deborah Arôxa.

    Deborah elogiou o trabalho de gestão implantado em 2019 no Governo de Santa Catarina, em especial a metodologia de avaliação por indicadores de desempenho. A governadora em exercício se colocou à disposição para fazer a interlocução entre o Governo Federal e o grupo de trabalho que atua nos índices para facilitar a adoção de sistema semelhante por outros estados.

    A agenda da governadora em exercício segue em Brasília ao longo desta quinta-feira, com audiências em ministérios em busca de investimentos para Santa Catarina. "Como vice-governadora, busquei melhorias para o nosso estado e agora, como governadora, temos entregas a serem feitas", antecipou Daniela. 

    16/01/2020 Leia...

    -

  • Governadora em exercício percorre as rodovias da região

    img

    A governadora em exercício de Santa Catarina, Daniela Reinehr, que faz um roteiro de visita e levantamento das condições das rodovias estaduais da Região Extremo-Oeste, esteve no final da tarde de quinta-feira, 09, em São Miguel do Oeste. De forma rápida e em um espaço improvisado, ela recebeu a imprensa, autoridades e representantes do movimento “S.O.S. BR-163 -Sem Asfalto, Sem Voto”.

    Em conversa com a imprensa, ela afirmou que é preciso correr atrás de medidas resolutivas para o setor de infraestrutura da região, que atravessa uma longa estiagem de investimentos. Rodovias como a de acesso à Princesa e a SC-163, entre Iporã do Oeste e Itapiranga, que estão extremamente degradas. "Tudo que o povo do Oeste sempre pede é infraestrutura, o resto a gente faz sozinho. O foco é fazer a entrega do projeto de recuperação dessas vias e captar recursos o mais rápido possível. Com essa estada na região, fizemos a captação de imagens para acelerarmos a captação de recursos" explica.

    Victório Bolfe, presidente do Lions Clube São Miguel do Oeste e representantes do movimento “BR-163 - “Sem asfalto, sem voto”, entregou oficio explicando os objetivos do movimento: “Portanto, esta mobilização tem três objetivos concretos: 1° Lançamento de imediato do Edital de Licitação do Lote 2; 2° Liberação imediata dos 5.1 milhões para conclusão do Projeto Técnico; 3° Que se estabeleça e divulgue um Plano de Obras e Recursos, para que nos próximos três anos, sejam executados os dois lotes”, resume.

    Já o vice-prefeito Alfredo Spier entregou projetos solicitando recursos para pavimentação asfáltica no interior, para atender aos projetos das comunidades de Linha Caxias, Linha Fátima e Linha Sete de Setembro, num montante de mais de R$ 6,7 milhões. Ele solicitou ainda a ampliação da capacidade de armazenamento da Casan e apoio à construção da nova Ponte Internacional, na divisa com a Argentina

    Por fim, Daniela Reinehr percorreu toda a extensão da SC-163, entre São Miguel do Oeste e Itapiranga. Na avaliação da governadora em exercício, há algumas estradas em condições razoáveis de trafegabilidade, porém, outras estão em péssimo estado, como a BR-163, a SC-305, entre São Lourenço do Oeste e Campo Erê, e a SC-163, entre Iporã do Oeste e Itapiranga. 

    11/01/2020 Leia...

    -

  • “O melhor está por vir”, diz governador Carlos Moisés sobre primeiro ano de gestão

    img

    Prestes a completar um ano de mandato, Carlos Moisés olha para trás e enxerga hoje um Governo mais enxuto e moderno.

     

    O senhor está prestes a completar um ano de mandato. Olhando para trás, como estava o Governo quando o senhor assumiu? E como ele está agora?

    Nós pegamos um Estado sem planejamento. Esse é o sentimento. Havia muitos projetos e demandas setoriais, mas não se sabia para onde nós iríamos nem quais seriam as prioridades. Nós estabelecemos o objetivo de restaurar as condições de Infraestrutura do nosso Estado, que tinha 74% da malha viária em condições ruins ou péssimas. A partir daí, nós pensamos: como vamos potencializar os recursos destinados para a manutenção de rodovias, há décadas desprezadas? Em um movimento municipalista, decidimos entregar esses recursos às prefeituras para nos ajudarem de uma maneira associativa, por meio dos consórcios, a recuperar as estradas. Eles também ajudam na fiscalização, uma vez que o município é muito mais presente nas ações locais. Foi assim que criamos o Projeto Recuperar. Também começamos a verificar os contratos que o Estado tem com a iniciativa privada e não eram favoráveis em termos de economicidade. Estabelecemos prioridades a partir do fim das Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs), mantendo uma relação mais próxima com as associações de municípios. Com essas ações, conseguimos enxergar o Estado hoje de uma forma mais leve. A Reforma Administrativa diminuiu o número de cargos comissionados, reestruturando a máquina. Queremos que as ações em infraestrutura proporcionem mais qualidade na segurança, na saúde e na educação. 

    23/12/2019 Leia...

    -

  • PEC 199 - prisão em segunda instância

    img

    A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados, aprovou na tarde desta quarta-feira (20), com 50 votos a favor e 12 contrários, a admissibilidade da PEC 199/19 que prevê a prisão em segunda instância, com complementação de voto e rejeição das PEC's 410 e 411. A votação foi nominal e o deputado federal Celso Maldaner, do MDB catarinense que presidiu na semana passada a comissão por alguns momentos durante o debate do tema, orientou em nome do partido os seus pares na votação pela aprovação. Maldaner comemorou a decisão, visto que o objetivo é dar segurança ao povo brasileiro combatendo o crime organizado e resgatar a confiança política banindo os corruptos. Agora uma comissão especial será criada para apreciar o mérito da proposta.

    20/11/2019 Leia...

    -

  • Recursos do pré-sal: Municípios catarinenses comemoram aprovação na Câmara e aguardam R$ 412 milhões

    img

    Proposta ainda será apreciada no Senado, mas acordo torna os R$ 412 milhões mais próximos aos municípios catarinenses. Expectativa é de que seja votada na próxima semana no Senado

    Os prefeitos catarinenses que foram a Brasília para defender o repasse dos 15% da distribuição dos recursos do pré-sal aos municípios comemoraram na quarta-feira (9/10) à noite, a aprovação, em regime de urgência, do Projeto de Lei 5478/2019 no Plenário da Câmara dos Deputados. Foram 336 votos a favor e 9 contra. O acordo foi firmado entre os partidos, a Câmara dos Deputados e o Senado Federal, após forte pressão do movimento municipalista brasileiro, com o chamamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e participação de entidades estaduais, a exemplo da Federação Catarinense de Municípios (FECAM) que participou com comitiva de prefeitos na capital federal. Cerca de 400 prefeitos de todo o Brasil foram à Brasília.

    “Foi uma semana de sufoco por conta das movimentações no Congresso, com os municípios correndo sérios riscos de perdas significativas, mas conseguimos reverter o processo e garantir a partilha de recursos, destacou o presidente da FECAM, prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli. Com isso, os municípios catarinenses deverão receber os cerca de R$ 412 milhões previstos (lista anexa com estimativa de recebimento). Ponticelli, que não pôde ir a Brasília, acompanhou à distância a movimentação dos prefeitos e da comitiva catarinense. “Participamos de todo o processo junto com a CNM em Brasília, liderado pelo nosso presidente Glademir Aroldi. A mobilização fez toda a diferença, com pró-atividade e agilidade”, mencionou Ponticelli.

    A proposta, que segue agora para o Senado, define a divisão dos cerca de R$ 106 bilhões dos recursos do leilão do pré-sal. Deste total, R$ 33,6 bilhões ficarão com a Petrobras em razão de acordo com a União para que as áreas sob seu direito de exploração possam ser licitadas. Do restante, R$ 72,9 bilhões, 15% ficarão com Estados, 15% com os municípios e 3% com os estados confrontantes à plataforma continental.

    O acordo garante que o rateio com os municípios seguirá os coeficientes do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e, com os Estados, obedecerá a dois critérios: 2/3 segundo os critérios do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e 1/3 segundo critérios de ressarcimento por perdas com a Lei Kandir, que prevê isenção de tributos de produtos exportados.

    O receio dos gestores municipais era que fossem retirados dos valores de Estados e municípios para o repasse de emendas parlamentares, o que não ocorreu. Os recursos repassados aos municípios, que antes previa apenas utilização para investimentos, poderão ser usados também para pagamento de dívida previdenciária ou criação de reserva financeira para custos previdenciários. A FECAM incentiva o uso de recursos para investimento e ativação da economia. O bônus de assinatura será pago em duas parcelas pelos vencedores do leilão.

    Os municipalistas permanecem mobilizados para garantir urgência da votação no Senado, considerando que o leilão tem data agendada para o dia 6 de novembro. A expectativa é que seja votado na próxima semana no Senado.

    Representação em Brasília
    A comitiva de prefeitos da FECAM em Brasília, foi liderada pelo prefeito de Botuverá, José Luiz Colombi na terça-feira (8/10) quando os municipalistas estiveram com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia e do Senado, Davi Alcolumbre, juntamente com o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi. Na quarta-feira (9/10), a comitiva manteve encontros com municipalistas e acompanhamento da votação, liderada pelo prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger.

    Participaram também os prefeitos de Petrolândia, Joel Longen; de Riqueza, Renaldo Mueller; de Paial, Névio Mortari; de Laurentino, Gilberto Marchi; de Bombinhas, Paulo Henrique Muller e a prefeita de Vargem, Milena Becher.

    FOTO:
    Comitiva catarinense em Brasília com a CNM e presidente da Câmara Rodrigo Maia

    ÁUDIO:
    Presidente da FECAM, Joares Ponticelli, fala sobre a aprovação

    DOC:
    Lista de previsão de recebimento dos municípios

    10/10/2019 Leia...

    -

  • Lançada oficialmente a FAISMO 2019

    img

    A feira será realizada de 14 a 17 de novembro no Parque de Exposições Rineu Gransotto

    Começou a contagem regressiva para a realização da maior feira multissetorial de negócios e entretenimento do Extremo Oeste de Santa Catarina. Faltando dois meses para a abertura da “Faismo 2019 – O Nosso Melhor”, foi realizado na noite desta sexta-feira (13), o lançamento oficial do evento. Mais de 400 pessoas, entre organização, autoridades, representantes de entidades, lideranças, empresários, expositores e imprensa, participaram da solenidade, no Latitude Eventos. A noite contou com apresentações artísticas, homenagens aos primeiros organizadores da Faismo e patrocinadores, divulgação da programação e muito entusiasmo.

    Serão quatro dias apresentando o que São Miguel do Oeste tem de melhor, de 14 a 17 de novembro, no Parque de Exposições Rineu Gransotto. Mais de 250 expositores estão confirmados. De forma concomitante, acontecerá a Mercoleite, Mercoindustrial, Feira da Agricultura Familiar, de Artesanato e Pequenos Animais.

    Outro destaque serão os shows, com Wesley Safadão (14/11), Guri de Uruguaiana e Thomas Machado (15/11 – gratuito), Eduardo Gustavo e Maiara e Maraísa (16/11) e ainda o Festival Infantil, na tarde de domingo (17/11 – gratuito). Também haverá Parque de Diversões, sessão de autógrafos com jogadores da Chapecoense, farta gastronomia e apresentações artísticas e culturais locais e regionais, no Palco 2.

    Em seus pronunciamentos, o coordenador geral da Faismo 2019, Edenilson Zanardi; o representante da Acismo, Cleomar Zacchi; o presidente da CDL, Ivandro Spengler; e o prefeito, Wilson Trevisan, destacaram o empreendedorismo do povo migueloestino, que elevaram o município a posição de destaque no cenário regional. Frisaram, ainda, que o objetivo da Faismo é colocar em evidência este potencial, demonstrando o que São Miguel do Oeste tem de melhor.

    O prefeito, Wilson Trevisan, aproveitou a oportunidade para assinar um Decreto de Desapropriação de uma área de aproximadamente 38 mil metros quadrados, avaliada em R$ 380 mil, e situada ao lado do Parque de Exposições Rineu Gransotto, com o objetivo de ampliá-lo.

    Ao final, Zanardi, Zacchi, Spengler e Trevisan declararam oficialmente lançada a Faismo 2019, que é uma realização da Acismo e CDL, com o apoio da Prefeitura de São Miguel do Oeste.

    16/09/2019 Leia...

    -

  • Soma de esforços viabilizará construção de centro de apoio ao Hospital Regional

    img

    Construção, mobília e manutenção de casa para acolhimento de familiares e acompanhantes de pacientes internados na instituição de saúde terá a participação do Município, Rotary Club de São Miguel do Oeste e Governo Estadual, por meio de Emenda do deputado Maurício Eskudlark

    O Hospital Regional Terezinha Gaio Basso terá um centro de apoio para acolher familiares e acompanhantes de pacientes internados na instituição. A obra, viabilizada pela parceria entre Município, Rotary Club de São Miguel do Oeste e Governo do Estado, por meio de Emenda Parlamentar, deve ser concretizada nos próximos meses.

    Na tarde desta sexta-feira (06), o prefeito Wilson Trevisan recebeu em seu Gabinete o deputado Mauricio Eskudlark, o presidente da Câmara de Vereadores Everaldi Di Berti, e integrantes do Rotary. Trevisan confirmou que o Município repassará dois terrenos lado a lado para abrigar a Casa, no total de 1.000 metros quadrados, avaliados em cerca de R$ 300 mil. Além disso, destinará aproximadamente R$ 250 mil para a construção do centro de apoio, totalizando R$ 550 mil.

    Eskudlark entregou a proposição de uma emenda no valor de R$ 350 mil, que deve integralizar o montante necessário para construção dos mais de 500 metros quadrados de área construída, conforme projeto. O parlamentar garantiu que o valor deve ser liberado dentre de poucos dias. Já o Rotary, ficará responsável pela mobília e manutenção do Centro de Apoio.

    Trevisan agradeceu o Rotary Club de São Miguel do Oeste pela articulação e empenho na concretização deste importante projeto para toda a região, assim como o deputado, pela busca de parte dos recursos. “Com esta soma de esforços, quem sairá ganhando será a população”, salienta.

    06/09/2019 Leia...

    -

  • Parceria entre Secretaria da Educação e Fiesc vai oferecer cursos profissionalizantes para alunos da rede estadual


    Alunos do ensino médio da rede pública estadual de Santa Catarina terão acesso gratuito a cursos de iniciação profissional a partir de agosto. Uma parceria entre a Secretaria de Estado da Educação e a Federação das Indústrias do Estado de SC (Fiesc), por meio do Sesi e do Senai, vai oferecer 3.790 vagas em 40 municípios de todas as regiões do Estado. O termo de cooperação foi assinado na sexta-feira, 28, pelo secretário da Educação, Natalino Uggioni, na Fiesc.

     

    Os alunos, a partir do 9º ano do ensino fundamental, terão acesso à Educação Maker e à Iniciação Profissional com a metodologia Steam, que pretende desenvolver o jovem de maneira integral, abrangendo competências cognitivas, técnicas e socioemocionais. Steam é o acrônimo em inglês para as disciplinas Science (Ciência), Technology (Tecnologia), Engineering (Engenharia), Arts (Artes) e Mathematics (Matemáticas) e a metodologia é trabalhada nas escolas Sesi e Senai. 


    “Em Santa Catarina, são 200 mil jovens no ensino médio e é importante que eles estejam muito bem preparados para o mercado de trabalho. Muitos destes jovens vão para a  indústria também. Temos que trabalhar pela educação que forma o aluno de maneira integral”, afirmou o secretário Natalino Uggioni. 

     

    “Este convênio vem complementar a oferta de ensino aqui em Santa Catarina e gerará bons frutos. Vamos construir uma educação melhor para o Estado”, comentou o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar.



    Termo de cooperação leva educação profissional para região da Serra

    Outro termo de cooperação assinado entre SED e Fiesc irá levar formação profissional a jovens da região serrana. Em parceria também com a prefeitura de São Joaquim, serão ofertados cursos de qualificação de curta duração e cursos técnicos pelo Senai e pelo Sesi. A Secretaria de Estado cedeu sete salas de aula na escola estadual São José. 

    “Esta iniciativa vinha sendo tratada há quatro anos e, desde que assumimos, demos celeridade a esse projeto. Estamos bastante felizes por avançar no processo”, ressaltou o secretário da Educação, Natalino Uggioni.


    Apesar de a escola ficar em São Joaquim, o diretor de Articulação com os Municípios da SED, Osmar Matiola, explicou que os cursos atenderão a todos os jovens da região e são voltados para a demanda do mercado local. A infraestrutura cedida irá passar por adaptações, para que possa abrigar laboratórios e espaços adequados para a educação profissional.


    As aulas começam em 2020, e o período de matrícula deve ser entre setembro e outubro deste ano. O número de vagas está em definição. O diretor ainda informou que, para os cursos técnicos, ficou acordado um percentual a ser estabelecido de vagas gratuitas para jovens de escolas públicas e de baixa renda.

    02/07/2019 Leia...

    -

  • Administração lança o programa “Agora é Crescer”

    img

    Município destinará até R$ 3 milhões para pagamento de juros a empreendedores e agricultores que quiserem investir em seus negócios. Demais incentivos econômicos e fiscais, GPS Rural e iluminação no interior são mais algumas das ações propostas pelo programa

    A Administração Municipal de São Miguel do Oeste lançou na tarde desta quarta-feira (19), no auditório da Secretaria de Educação, uma das mais completas e ousadas propostas de incentivo econômico já vistas em São Miguel do Oeste. Com a presença de vereadores, representantes de entidades, conselhos, associações de moradores, comunidades, clubes de serviço e imprensa, o prefeito Wilson Trevisan apresentou o programa “Agora é Crescer”.

    Um dos principais pontos do Projeto de Lei é a criação do “Juro Zero” no âmbito do município. O prefeito assinala que esta é uma inovação, que visa incentivar o crescimento econômico, geração de emprego e renda. O Município investirá até R$ 3 milhões no pagamento de juros para microempreendedores individuais, microempresas e agricultores que quiserem obter financiamento para expandir seus negócios.

    O “Agora é Crescer” é o que se chama de “programa guarda-chuva”, por ter sob sua alçada uma série de outros programas. Ele unifica e desburocratiza a legislação sobre incentivos econômicos e fiscais, tanto urbanos quanto rurais. Todos os incentivos passarão a ser sustentados pelo Fundo de Desenvolvimento Econômico, ao qual será destinado 0,5% da Receita Corrente Líquida do Município, mais que o dobro do valor atual, sendo que nos últimos anos poucos foram os repasses.

    Agricultores terão direito ao serviço de horas/máquina conforme o movimento econômico declarado. Clubes comunitários e acessos a propriedades rurais receberão lâmpadas e luminárias, aumentando a visibilidade e segurança rural. O interior de São Miguel do Oeste também será mapeado digitalmente com o “GPS Rural”, onde serão identificadas estradas e propriedades. Ainda na área rural, será efetivada a criação do “Queijo Vila Oeste”, por meio da qual, produtores receberão incentivo e assistência técnica para regulamentar a produção do queijo artesanal típico de nossa região, e inseri-lo no mercado consumidor.

    “Com o programa ‘Agora é Crescer’ estabeleceremos um conjunto de ações que facilitarão a vida de microempreendedores individuais, microempresas, agricultores e demais empreendedores. Apresentamos antecipadamente esta ideia aos vereadores, e construiremos juntos a finalização do Projeto de Lei, para que seja aprovado e comece a vigorar com a maior agilidade possível, alavancando o crescimento rural e urbano do nosso município”, salienta Trevisan.

    19/06/2019 Leia...

    -

  • BR 282 é tema de audiência entre Maldaner e Hamilton Mourão

    img

    As obras de restauração da BR-282 e BR-158 na região Oeste de Santa Catarina foi tema de audiência no final da tarde desta quarta-feira (12) entre o deputado federal Celso Maldaner e o vice-presidente da República – Hamilton Mourão. 

     

    O pedido de Maldaner para Mourão foi o empenho da emenda da bancada catarinense do orçamento de 2019 de R$ 35 milhões que garante a continuidade das obras iniciadas em 2018 e que deram um novo UP para quem faz uso da rodovia. Isso porque as obras são esperadas pela população oestina há mais de 20 anos, devido a entraves burocráticos, judiciais e falta de recursos. “Tá todo mundo feliz, quem passa no trecho, vê as máquinas trabalhando, é muito bom. Não podemos permitir agora que por falta de recursos, essa obra linda que está sendo realizada venha ser interrompida”, pontuou.

     

    Em resposta, Mourão garantiu que as obras em andamento tem apoio do governo. “Nossa prioridade é atender as obras em andamento conforme o cronograma  de execução do departamento de infraestrutura”, destacou.

     

    A meta é entregar a obra em setembro de 2020, afirma o deputado.

    13/06/2019 Leia...

    -

  • Deputado Mauricio Eskudlark comemora aprovação da Reforma Administrativa

    img

    Líder do governo disse que os deputados ajudaram com emendas e entenderam o clamor da sociedade catarinense

    Foi aprovada por unanimidade, com 35 votos favoráveis, nesta quarta-feira (22), na Assembleia Legislativa (Alesc), o projeto de reforma administrativa do Governo do Estado (PLC 8/2019) encaminhado pelo Governador Carlos Moises (PSL).

    O líder do governo na Assembleia, deputado Mauricio Eskudlark (PL), parabenizou a Assembleia pela forma como a análise da reforma foi conduzida. “As comissões estudaram, debateram, acataram emendas. Algumas não puderam ser atendidas, mesmo que meritórias, e deverão ser discutidas em projetos de lei específicos posteriormente, e isso foi entendido pelos colegas parlamentares”, explicou.

    Dentre os principais pontos da reforma está a extinção de duas secretarias, a de Turismo, Cultura e Esporte e a de Planejamento, das Agências de Desenvolvimento Regional (Antigas SDR’s) e de órgãos como o Deinfra, Deter e Santur, além da retirada do status das secretárias da Defesa Civil e de Comunicação. A estimativa é que a reforma deva gerar uma economia de R$ 500 milhões em 4 anos, dar mais transparência e agilidade ao governo.

    De acordo com Eskudlark, um dos articuladores deste processo, o Governo está satisfeito com o texto da reforma. “Foi muito diálogo, debates, os deputados estavam cientes da responsabilidade e todos sem exceção colocaram sempre o bem de Santa Catarina em primeiro lugar. O que o parlamento catarinense fez nesta data é histórico e serve de exemplo para a tão criticada política nacional”, concluiu o deputado.

    24/05/2019 Leia...

    -

  • Integrar a experiência com a renovação e fazer das mulheres grandes lideranças

    img

    O deputado federal Celso Maldaner reuniu neste final de semana lideranças emedebistas dos 28 municípios que compõem o Alto Vale do Itajaí em Rio do Sul para apresentar seu projeto aos companheiros, momento em que também escuta e colhe sugestões das bases partidárias.

    O parlamentar diz que o seu maior objetivo para conduzir o MDB é unir as bases municipais ao diretório estadual, prestar contas do trabalho realizado, capacitar as lideranças com cursos, encontros e se preparar para as eleições municipais do ano que vem. “A gestão com transparência é isso, é prestar conta de tudo, é dar vez e voz a militância, e é na base que está a militância do MDB, que avalizam com seus nomes a existência do nosso partido, esse é o meu compromisso, porque eu não aprendi fazer política diferente, sempre foi assim, é de perto, é próximo da militância”, explica Maldaner.

    Para o deputado, é preciso resgatar a história de trabalho do MDB catarinense, integrando a experiência dos mais velhos que construíram o partido com o sangue novo da JMDB, além de criar espaços e condições para que as mulheres despontem como grandes lideranças. “O MDB não é uma onda, é um partido com história, com conquistas e que passa por um momento de reflexão. Meu nome está à disposição do partido para trabalhar incansavelmente, percorrer o Estado e junto com as nossas lideranças fortalecer o MDB em cada município catarinense”, destacou.

    Maldaner já realizou encontros no grande Oeste, no Sul do estado e no Alto Vale do Itajaí. Nesta semana vai reunir as lideranças do Vale do Itapocu em Jaraguá do Sul e em Blumenau os municípios da Foz do Rio Itajaí.

    06/05/2019 Leia...

    -

  • Em Convenção festiva, PSDB-SC elege a nova Executiva Estadual

    img

    Ex-Deputado Marco Tebaldi foi eleito para comandar o partido até 2021

     

    Em um dia festivo para os tucanos de Santa Catarina, mais de 800 filiados passaram neste sábado, dia 4 de maio, pelas dependências da Assembleia Legislativa, em Florianópolis, para em convenção elegerem o novo Diretório Estadual e também a nova Executiva Estadual. O Ex-Deputado Federal e ex-prefeito de Joinville Marco Tebaldi foi eleito para conduzir o partido até 2021, formando um Diretório e uma Executiva de consenso com as principais lideranças tucanas do Estado.

    Caravanas de todas as partes de Santa Catarina ajudaram a colorir com faixas e camisetas o Plenário e demais salas da Alesc onde ocorreu a convenção durante todo o dia. Entre os presentes, praticamente todos os 38 prefeitos, 33 vice-prefeitos e 355 vereadores do PSDB catarinense, além de lideranças históricas da sigla e tucanos candidatos nas últimas eleições. E em meio às votações, não faltaram discursos de afirmação dos valores da social-democracia.

    Concluindo um mandato de quatro anos, e agora também eleito como presidente de honra na nova Executiva Estadual, o Deputado Marcos Vieira agradeceu a todos pelo apoio no fim de mais uma etapa na caminhada tucana. "Hoje, chegamos ao fim de uma etapa, e temos sim muito a comemorar. Nosso PSDB cresceu, se consolidou como uma das principais forças políticas do Estado. Tivemos dificuldades, percalços ao longo desse caminho. Mas não tenho nenhuma dúvida de que, hoje, quando passo o comando do nosso PSDB ao Tebaldi e volto a ser um soldado das causas da Social-Democracia, o saldo dessa jornada é extremamente positivo. Agradeço a todos pelo esforço para chegarmos até aqui e vamos seguir em frente pelo nosso PSDB", concluiu o Deputado Marcos Vieira.

    Um dos fundadores do PSDB em Santa Catarina, o ex-Senador Dalirio Beber lembrou o início da caminhada tucana e que agora, com o partido iniciando um novo ciclo, é preciso resgatar os valores da social-democracia para mostrar à população que o PSDB está ao lado dos catarinenses. "O PSDB tem história, foi protagonista na política brasileira nos últimos 30 anos e tem um histórico de serviços prestados à sociedade no país e aqui em Santa Catarina não é diferente. Vamos seguir nessa caminhada, agora sob o comando do amigo Marco Tebaldi", destacou Dalirio Beber.

    A Deputada Federal Geovania de Sá, eleita 1ª Vice-Presidente do Partido, destacou o aumento na participação das mulheres. "Temos grandes nomes, lideranças importantes, é justo que as mulheres passem a ocupar cada vez mais um lugar de destaque e protagonismo na política catarinense, e o PSDB me orgulha ao trilhar este caminho", ressaltou a Deputada.

    Em vídeo, o ex-Senador Paulo Bauer justificou a ausência por estar em viagem de trabalho, elogiou o trabalho feito pelo Deputado Marcos Vieira nos últimos anos e desejou sorte ao amigo Marco Tebaldi no desafio que se inicia: "Tenho certeza que o Tebaldi fará um excelente trabalho, e eu estarei sempre à disposição para ajudar no que for preciso", destacou Paulo Bauer.

     

    PSDB ainda melhor

     

    Novo presidente da Executiva Tucana, Marco Tebaldi iniciou sua fala agradecendo ao Deputado Marcos Vieira pela condução do partido nos últimos quatro anos, e ressaltou que sua intenção a partir de agora é aprofundar conquistas. "Tenho certeza que pego uma casa bem arrumada, e o desafio é dar continuidade a esta expansão de novas lideranças por todas as regiões do estado e construir um PSDB ainda mais forte nos próximos anos", disse Tebaldi, que ainda destacou a pluralidade do novo Diretório do PSDB Catarinense: "Este diretório e esta executiva que foram eleitos hoje representam com justiça as forças tucanas em todas as regiões. Tucanos que estão conosco há muito tempo somados à lideranças novas que já se destacam e vão contribuir muito neste projeto", concluiu o presidente do PSDB.

    Palavras de agradecimento pelo trabalho feito nos últimos anos em prol do crescimento do PSDB em Santa Catarina também marcaram as falas de lideranças que também vão compor a nova Executiva Estadual, como a Deputada Federal Geovania de Sá e o prefeito Rogério Pacheco, de Concórdia. 

     

    Novos Secretariados

     

    Além do novo Diretório Estadual, a Convenção Estadual do PSDB-SC também foi marcada por votações paralelas que escolheram as novas direções de alguns dos Secretariados da sigla, como o PSDB Mulher, a Juventude (JPSDB), o Secretariado de Prefeitos e Vice-Prefeitos e o Secretariado de Vereadores.

    O consenso prevaleceu em todas as votações. No segmento das mulheres, que também escolheu um diretório de 45 membros, a ex-prefeita de Camboriú, Luzia Coppi Mathias, foi eleita. Na Juventude, o presidente será Raphael Bianchi, de Joinville. No Secretariado de Prefeitos e Vice-Prefeitos, o escolhido para a presidência foi o prefeito reeleito de Sul Brasil, Éder Marmitt, enquanto entre os vereadores o novo presidente é Roberto Rivelino da Cunha, o Beto Cunha, de Itajaí.

    Novidade nesta Convenção, o segmento da Diversidade Tucana também escolheu o seu primeiro secretariado no Estado, que será comandado por José Ricardo Medeiros. Outros segmentos, como o Tucanafro, o PSDB Sindical e o Instituto Teotonio Vilela (ITV), definirão suas novas executivas nos próximos dias. 

     

    Resultado da Convenção:

     

    Número de Convencionais - 442

    Votos Sim - 423

    Votos Não - 15

    Votos Brancos - 3

    Votos Nulos 1

     

    A nova Executiva do PSDB (2019-2021)

     

    Presidente de Honra - Marcos Vieira

    Presidente - Marco Tebaldi

    1º Vice-Presidente - Geovania de Sá

    2º Vice-Presidente - Rogério Pacheco

    3º Vice-Presidente - Anna Carolina Cristofolini Martins

    Secretário-Geral - Gilmar Knaesel

    Secretário - Dóia Guglielmi

    Tesoureiro - Lio Tironi

    Tesoureiro-Adjunto - Almir Guski

    1ª Vogal - Leonel Pavan

    2º Vogal - João Batista Nunes

    3º Vogal - Norma Pereira

    4º Vogal - Vicente Caropreso

    5º Vogal - Wilmar Carelli

    6º Vogal - Dalírio Beber

    Líder Da Bancada - Deputado Vicente Caropreso

    1º Suplente - Franciele Back  

    2º Suplente - Giovani Nunes

    3º Suplente - Leila Renata Pinheiro Roveda Neto

     

    Presidente PSDB Mulher - Luzia Coppi Mathias

    Presidente JPSDB - Raphael Bianchi

    Presidente Secretariado de Prefeitos e Vice-Prefeitos - Éder Marmitt

    Presidente Secretariado de Vereadores - Roberto Rivelino da Cunha

    Presidente da Diversidade Tucana - José Ricardo Medeiros

    06/05/2019 Leia...

    -