Últimas VARIEDADES

  • Assinado contrato de R$ 4,9 milhões para obra de infraestrutura urbana

    img

    O Governo Municipal deu mais um importante passo para colocar em execução o projeto de revitalização da Avenida Uruguai.

    Na tarde desta quinta-feira, 22, foi efetivado o contrato de financiamento de R$ 4.500,000,00, com a Caixa, recursos do programa federal Avançar Cidades. O Município terá uma contrapartida de R$ 469 mil. O financiamento terá carência de 10 meses e será devolvido em 240 parcelas mensais, operação financeira autorizada pela Câmara de Vereadores.

     

    A assinatura do contrato contou com a presença do superintendente da Caixa na Região Oeste de SC, Ruben Valter Grams, do gerente geral da agência local, Cesar Freitag Migott e representantes da Gerência de Governo da Caixa.

     

    A OBRA

     

    Os recursos serão utilizados para dar início ao projeto de revitalização da Avenida Uruguai. O diretor de Projetos e Engenharia, Douglas Antônio Thiel, explica que os recursos serão aplicados na execução do primeiro lote do projeto que compreende duas frentes de trabalho:

     

    1ª - Trecho da Praça dos Pioneiros até a Rua Castelo Branco (unidade de Saúde Santa Teresa Baixo), para os serviços de implantação de novas redes de água, drenagem (água pluvial), esgoto e bombeamento de efluentes.

     

    2ª - Trecho da Praça dos Pioneiros até a Rua Teodoro Treis (Bebidas Splendor). Obras de implantação de nova camada asfáltica, ciclofaixa, canteiros, passeio público e pontos de reordenação do fluxo de trânsito.

     

    PRÓXIMO PASSO

     

    O prefeito Jorge Welter enalteceu a assinatura do contrato com a Caixa na tarde desta quinta-feira, o que significa a garantia de recursos para as obras. O Município está no aguardo da Câmara de Vereadores aprovar o projeto que abre rubrica de conta para depósito do recurso financiado, protocolado na Casa Legislativa dia 15/08, para finalmente lançar o edital de licitação da empresa a executar os serviços.

     

    OKTOBERFEST

     

    Os representantes da Caixa aproveitaram a oportunidade para assinar com a ACETI o patrocínio da instituição para a 41ª Oktoberfest.

    22/08/2019 Leia...

    -

  • Sicredi Celeiro RS/SC participa da 2ª Conferência Estadual de Professores Orientadores das Cooperativas Escolares

    img

    Sicredi Celeiro RS/SC trabalha em projeto de expansão das Cooperativas Escolares em sua área de atuação

    Compartilhar vivências, experiências e conhecimento sobre as Cooperativas Escolares foi o intuito da 2ª Conferência Estadual de Professores Orientadores das Cooperativas Escolares, que ocorreu na última quarta-feira, 21, no município de Teutônia. O evento foi realizado pela Casa Cooperativa de Nova Petrópolis, com apoio do Sescoop RS e Sicredi. 

    A Sicredi Celeiro RS/SC esteve presente, oportunizando aos professores das Cooperativas Escolares dos municípios de Tenente Portela e Derrubadas, além dos orientadores das novas Cooperativas de Sede Nova, Vista Gaúcha e Miraguaí, participarem da troca de aprendizados e agregarem práticas que possam servir de exemplos e inspiração.  Mais de 250 professores de 70 municípios estiveram reunidos.

    Durante a manhã, os professores participaram de mini palestras de 15 minutos.  Elas abordaram o tema “Ideias que merecem ser disseminadas” e trouxeram exemplos reais de cooperativismo na escola e sua forma de construir comunidades mais participativas. Além disso, ocorreu a palestra “A importância da mediação na e para práxis pedagógica”, ministrada pelo pedagogo Lui Nörnberg.

    Na parte da tarde, eles puderam participar de salas temáticas sobre Introdução ao Cooperativismo Escolar; Mediação na Cooperativa Escolar; Objeto de Aprendizagem – criatividade e inovação- e; Gestão Financeira na cooperativa escolar. Eles escolheram os temas estudados de acordo com os interesses de suas cooperativas. 

    O que são cooperativas escolares?

    As Cooperativas Escolares são associações de estudantes com finalidade educativa, podendo desenvolver atividades econômicas, sociais e culturais em benefício dos associados. Em sua essência, buscam formular uma proposta pedagógica com a participação do corpo discente em atividades práticas. 

    Tem como principal objetivo, oportunizar aos jovens uma formação que contribua com o desenvolvimento de futuros líderes, gestores, empreendedores e cidadãos com senso de responsabilidade e participação, através da vivência de um modelo cooperativo sustentável. 

    A Sicredi Celeiro RS/SC possui atualmente cooperativas escolares nos municípios de Derrubadas e Tenente Portela e está em processo de implementação nos municípios de Sede Nova, Vista Gaúcha e Miraguaí. 

    22/08/2019 Leia...

    -

  • Experiências e perspectivas para as mulheres na política são debatidas na Câmara

    img

    Seminário “Mulheres na política: elas podem, o país precisa” trouxe debate com parlamentares e profissionais sobre participação feminina na vida pública

    Experiências políticas de mulheres parlamentares, legislação eleitoral, a história da participação feminina na política e perspectivas para a mulher na política foram alguns dos temas debatidos no último sábado (17) na Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste. O Legislativo foi palco do seminário “Mulheres na política: elas podem, o país precisa”, realizado durante todo o dia.  

    Após a abertura, pela manhã, os cerca de 110 participantes assistiram a uma mesa redonda com as deputadas estaduais Ada de Luca, Luciane Carminatti e Marlene Fengler, mediada pela presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, advogada Vanessa Pivotto. Na sequência, foi a vez da palestra “Participação das mulheres na política: desafios e críticas”, pela advogada e mestre em Direito Cláudia Bressan.

    À tarde, foi a vez da palestra “Mulher na política: histórico e perspectivas”, com a jornalista Renata Caleffi; a palestra “Participação das mulheres na eleição: aspectos legais”, com a juíza Janaína Alexandre Linsmeyer Berbigier e com a técnica judiciária Daniela Bergami Rosa; e por fim um debate com as vereadoras de São Miguel do Oeste Maria Tereza Capra (PT) e Silvia Teresinha Kuhn (MDB), respectivamente procuradora especial da Mulher e procuradora adjunta da Mulher.

    EXPERIÊNCIAS NA CÂMARA

    Na mesa redonda com as vereadoras, Silvia e Maria compartilharam experiências sobre seu mandato na Câmara, falando de projetos de sua autoria que viraram lei e compartilhando sua experiência como vereadoras. Silvia citou, por exemplo, o Programa Vereador Mirim, criado por projeto de sua autoria; a isenção de IPTU para pessoas com câncer, de autoria de Silvia e demais vereadores do MDB; o projeto que institui a Semana da Acessibilidade e Inclusão das Pessoas com Deficiência, em dezembro; e o Código do Bem Estar Animal. A vereadora do MDB ainda ressaltou que tramita na Câmara projeto de sua autoria voltado a ações sobre a Lei Maria da Penha e Lei do Feminicídio. “Nós temos condições de ser protagonistas de nossa história”, finalizou.

    Já Maria Tereza Capra citou as mulheres presentes que participam da política, sejam vereadoras, ex-vereadoras ou suplentes, afirmando que na política nada se faz sozinho. “É fundamental para as próximas eleições que os partidos políticos abram espaços nos seus diretórios para as mulheres”, destacou. Na sequência ela apresentou um balanço de seus dois mandatos como vereadora, e falou de projetos de sua autoria – ou em parceria com outros vereadores – que já são lei: o que trata de campanha de combate aos crimes de violência contra a mulher, criança e adolescente; o que trata do exame de PSA na rede pública de saúde; o que institui o Outubro Rosa; o que institui a menção honrosa Dandara dos Palmares; o que dá prioridade no atendimento a pessoas com deficiência; o que obriga a publicação de dados sobre recursos oriundos de multas de trânsito. Ela ainda falou sobre projetos que foram rejeitados ou que estão em tramitação, citando que nem sempre conseguiu apoio para suas propostas.

    AVALIAÇÃO

    A procuradora especial da Mulher na Câmara, vereadora Maria Tereza Capra, avaliou como positivo o evento e destacou a numerosa participação de mulheres e homens de toda a região. “As mulheres comprovaram que têm interesse e que trabalham na política”, afirmou, referindo-se às experiências compartilhadas pelas deputadas e vereadoras presentes. Ela citou que a experiência da mulher na política remonta ao início do século XX, e que é preciso conhecer e divulgar essa história. Para Maria Tereza, vereadora em segundo mandato, é preciso se preparar para estar na política e não se deixar abater pelos reveses. “É uma luta diária”, complementa. Por fim, ela elogiou a qualidade das palestras e ressaltou que são poucas as oportunidades para se aprofundar em temas como este.

    Já a vereadora Silvia Kuhn, procuradora adjunta da mulher, avaliou que “gratidão” é a palavra que resume o evento. Ela afirmou que graças ao seminário tivemos a presença de três deputadas em nosso município. “Todas as falas apresentadas comprovam que precisamos nos qualificar para ocupar os diferentes espaços. Somos tão capazes quanto os homens”, acrescentou.

    REALIZAÇÃO

    O evento foi promovido pela Câmara de Vereadores, através da Procuradoria Especial da Mulher, em parceria com a Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira, Assembleia Legislativa, Governo de Santa Catarina, Ministério Público, CRA-SC, Udesc, ENA – Fundação Escola do Governo, OAB de Santa Catarina, Banco do Brasil, Tribunal de Contas de Santa Catarina, Uvesc, Fecam, TRE-SC, IBGE, Ameosc e Aveosc

    19/08/2019 Leia...

    -

  • Em reunião com DNIT e PRF Lideranças definem prioridades na Serra

    img

    A deputada federal Carmen Zanotto participou nesta segunda-feira, 19, na Associação Empresarial de Lages (Acil) de reunião com lideranças políticas, sociedade civil organizada, representantes da PRF e do DNIT para tratar das melhorias da BR-282. Três pautas foram debatidas: a ampliação de terceiras faixas, o aumento de velocidade máxima permitida e a instalação das passarelas.

    Ficou definido que os locais de prioridade da inclusão das terceiras faixas são: morro na localidade de Índios, do Km 207 ao Km 211, no lado esquerdo da pista (sentido Lages) e do Km 213 ao Km 209, no lado direito da pista (sentido Florianópolis) como prioritárias. Total de 8 km de terceira faixa, uma terceira faixa do Km 221 ao Km 224, para viabilizar as melhorias e prolongar sua extensão, tendo em vista a trafegabilidade próxima ao acesso da BR 116 e o prolongamento da Marginal Sul, entre o Aeroporto de Lages e o acesso a São Joaquim.

    “Colocarei como prioridade nas nossas demandas a inclusão das terceiras faixas nestes pontos apresentados”, disse o Superintendente do DNIT/SC, Ronaldo Carioni Barbosa.

    Sobre o aumento da velocidade mínima, um levantamento apresentado pela PRF mostrou que 90% dos motoristas trafegam entre 100 e 110 quilômetros por hora. Entre os veículos pesados a média é de 80 a 89km/h.

    “Essa reunião foi para unir forças e juntos solicitarmos as melhorias para a nossa região, as terceiras faixas são essenciais para a segurança dos motoristas, bem como a conclusão das passarelas no perímetro urbano de Lages em que houve mortes por atropelamento. Levarei as demais para o Fórum Parlamentar para que possamos buscar os recursos necessários para as obras e cobrar mais agilidade na conclusão”, destaca Carmen Zanotto.

    Sobre o estudo de aumento de velocidade na rodovia, a parlamentar ressalta que irá buscar junto aos órgãos federais a possibilidade de mudança dos autuais 80km/h para 100km/h.

    Para o prefeito de Bocaina do Sul, Luiz Carlos Schmuler, os redutores de velocidade que foram desativados devem voltar a funcionar, pois houve a diminuição de acidentes depois que eles foram instalados e ele teme que os acidentes voltem a ocorrer mais frequentemente.

     

    Ainda Participaram da reunião, o presidente da Amures e prefeito de Bom Retiro, Vilmar José Neckel, prefeito de São José do Cerrito, Arno Marian, prefeita de Vargem, Milena Andersen Lopes Becher, prefeito de Lages, Antonio Ceron chefe da delegacia da PRF em Lages, Inspetor João Paulo Haas, inspetor Carlos Magno Júnior, Superintendente do DNIT em Lages, Enio Spieker, presidente da Acil, Sadi Montenezzo e demais membros da diretoria, vereador Maurício Batalha, Presidente da União das Associações de Moradores de Lages, Antonio Carlos Costa (Tita) e presidente da associação de moradores do bairro Gethal, Aldori Wolff, o Pelé.

    19/08/2019 Leia...

    -

  • Administração conclui roteiro de 30 reuniões para revisão do programa “O Povo Fala”

    img

    Em três meses, percentual de demandas já atendidas ou em andamento subiu de 68% para 82%, e investimento total contabilizado aumentou de 28,2 para R$ 34,4 milhões

    Está concluído o roteiro de reuniões para revisão do programa “O Povo Fala”, nas comunidades do interior e bairros de São Miguel do Oeste. Ao todo, foram 30 encontros. Os últimos dois aconteceram nesta terça-feira (13), na linha Dois Irmãos, incluindo também os moradores das linhas Oito de Março e 26 de Outubro; e quarta-feira (14), no bairro Agostini. Foram exatamente três meses de reuniões, com a participação de aproximadamente 1.400 pessoas.

    O prefeito, Wilson Trevisan, esteve presente em todo o roteiro, fazendo a prestação de contas geral das ações já realizadas em sua administração, e também sobre o andamento dos trabalhos específicos de cada localidade.

    Na primeira rodada de reuniões, em 2017, 44 comunidades e bairros elencaram suas cinco prioridades. Destas 220 demandas, 68% já estavam concluídas ou em execução no início do roteiro de revisão, três meses atrás. Agora, 82% delas tiveram algum andamento. “Estas são as reais necessidades dos bairros e interior do município, definidos pelos próprios moradores, e são compromissos que assumimos e estamos cumprindo”, salienta o prefeito.

    Já na prestação de contas de contas geral, o roteiro iniciou com R$ 28,2 milhões de investimento total nas mais diversas áreas. Agora, o valor contabilizado já chega a R$ 34,4 milhões, e segue aumentando. “Devemos chegar ao final de nossa gestão, com cerca de R$ 50 milhões investidos em prol da população. São investimentos que só se tornaram possíveis com uma gestão ousada e eficiente, cortando cada gasto desnecessário e colocando o dinheiro público onde realmente importa”, destaca o prefeito.

    Trevisan agradece a todos que participaram das reuniões para revisão do programa “O Povo Fala”, onde também foram levantadas novas demandas, explicado aquilo que não seria possível executar, trocadas algumas prioridades e apresentadas as ações realizadas além daquilo que foi solicitado. “Além destes 82% de ações que já executamos ou damos algum encaminhamento, temos um número igual ou até maior a este, de melhorias que foram realizadas”, pontua o prefeito.

    15/08/2019 Leia...

    -

  • Sicredi Celeiro RS/SC e Uceff realizam palestra sobre Capitalismo Consciente

    img

    Repensar valores e novas formas de alavancar a economia com consciência e responsabilidade é uma necessidade das empresas que se preocupam com as comunidades e as futuras gerações. Esse foi o intuito da palestra “Capitalismo consciente: uma nova era econômica”, ministrada por Thomas Eckschmidt, que aconteceu junto ao Clube Imigrante, em Itapiranga/SC, na noite de sexta-feira, 09.  O evento foi promovido pela Sicredi Celeiro RS/SC em parceria com a Uceff Itapiranga.

    Estiveram presentes no evento cerca de 350 pessoas, entre eles acadêmicos da Uceff, professores, empresários e comunidade local. Voltando o tema da palestra ao empreendedorismo, eles puderam conhecer novas maneiras de pensar o propósito das empresas, com valores mais conscientes, humanos e próximos. 

    Thomas é um ex-produtor rural, engenheiro pela Universidade de São Paulo, com MBA Executivo em Finanças pela Business School São Paulo. Executivo internacional com experiência em diversos setores e em 20 países, Empreendedor em série de negócios conscientes com mais de 12 prêmios, inovador com 4 patentes depositadas, autor com 12 livros publicados palestrante internacional com participação no TEDx (mais de 200 mil visualizações). Hoje, Thomas Eckschmidt é Cofundador da comunidade Consious Business Journey (www.CBJourney.com) que desenvolve negócios como uma força para o bem com atuação nos Estados Unidos, Israel e Brasil e mais de 610 profissionais formados. Também Cofundador e Ex-Diretor Geral do movimento Capitalismo Consciente no Brasil e da Argentina, palestrante oficial do Conscious Capitalism International, coautor de Conscious Capitalism Field Guide (Harvard) e atua como conselheiro em diversas empresas.

    Com uma linguagem simples, o palestrante conseguiu inspirar novos olhares à aplicação de uma nova economia, não voltada somente a valores monetários. Ele mostrou a face de um sistema capitalista que valoriza a consciência, o diálogo e as trocas positivas e humanas com as comunidades.

    12/08/2019 Leia...

    -

  • Vereador Elias Araújo assume a presidência da Comissão Provisória do Partido Social Democrático (PSD)

    img

    Convenção do partido realizada em junho escolheu os novos membros dirigentes da Comissão Provisória

    O Partido Social Democrático (PSD) está em movimento em todo o Estado. Aqui em São Miguel do Oeste o vereador Elias Araújo do Rosário foi oficialmente eleito no dia 4 de junho como novo presidente da Comissão Provisória do partido. Ele assume o comando que era ocupado até então pelo prefeito Wilson Trevisan há quatro anos e que agora segue na coordenação regional. Elias Araújo terá como vice-presidente Vilmar Bonora, tesoureiro Paulo Ricardo Drumm e secretário Nélvio Paludo.

    O novo presidente afirmou que a ideia é unificar o partido, preparando-o para o pleito de 2020, em conjunto com as lideranças, com as mulheres, com os jovens e todos os demais filiados. “Meu objetivo é oxigenar o partido buscando novas lideranças, preparar, estimular e agregar nas ideias para que possamos transformar o PSD em referência partidária”, disse Elias, aspirando as futuras eleições.

    09/08/2019 Leia...

    -

  • Deputado propõe advertência e multa a quem passar trotes ao SAMU

    img

    Projeto de lei proposto pelo deputado estadual Sergio Motta (PRB) institui a aplicação de advertência na primeira ocorrência, seguida de multa de R$ 500, caso se repita, para os responsáveis pelas linhas telefônicas que passarem trotes ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

    De acordo com a coordenação de planejamento do Samu estadual, foi registrado em 2018 cerca de 55 mil ligações com brincadeiras de mau gosto. O levantamento deste ano, não ficou para trás, de janeiro até junho de 2019, já contabilizou 17 mil trotes.

    Com isso o deputado pretende intimidar a prática que coloca em risco a vida de quem realmente precisa de atendimento. “A saúde do nosso país já é precária, se a assistência médica não chegar no momento certo para salvar, fica mais difícil ainda. Não é admissível que um serviço tão importante para sociedade perca tempo com tais atos. Com esta proposição, queremos alertar o autor do trote do prejuízo que sua pegadinha gera a população em geral”, acrescenta o deputado.

    O texto determina que o Samu encaminhe o número que originou a chamada à empresa de telefonia para que ela informe o dado do proprietário da linha, para envio da notificação. No caso de trote de um telefone público, a proposta é que seja feita uma apuração da incidência geográfica para identificação do autor.

    O projeto de lei foi protocolado na Assembleia Legislativa de Santa Catarina e vai passar pelas comissões permanentes. Em caso de parecer favorável vai à votação em plenário.

    05/08/2019 Leia...

    -

  • CRAS Promove Palestras para os Grupos do PAIF

    img

    O Centro de Referência de Assistência Social está promovendo um ciclo de Palestras com o profissional Abel Petter. A informação é do Assistente Social Edson Finger. Segundo ele, todos os grupos do Serviço de Proteção e Atendimento Integral a Família - PAIF terão a oportunidade de debater e refletir sobre as questões e desafios presentes no ambiente familiar.

    Em suas palestras, Abel Petter frisa que é de suma importância o debate dos conflitos intrafamiliares e sobre o que não está bem no seio familiar, haja vista que desta forma é possível compreender a realidade vivenciada pela família por parte dos profissionais da rede de apoio municipal, bem como fazer os devidos encaminhamentos, intervenções e atendimentos que cada situação exige.

    “Podemos perceber que os usuários da política de Assistência Social participantes das palestras refletem intensamente sobre os temas abordados”, destaca Edson, “ inclusive procurando o profissional palestrante e a equipe técnica do CRAS para atendimento particular, principalmente logo após a palestra” finaliza ele.

    Nas palestras estão sendo abordados temas como a saúde espiritual, mental, física e social, que são as quatro peças intercaladas da saúde do ser humano, a educação e responsabilidade para com a criação dos filhos, formas de violência doméstica, prevenção de enfermidades tais como a ansiedade, depressão e câncer, importância de uma boa alimentação e atividades físicas, sempre com fundamentação através de dados científicos e pesquisas de universidades renomadas, o que repassa maior credibilidade aos ouvintes.

    02/08/2019 Leia...

    -

  • População é favorável à implantação de ciclofaixa na Waldemar Ramgrab Trecho contemplado será de 4km

    img

    A Administração de São Miguel do Oeste realizou na noite de quinta-feira (01), no auditório da Educação, Audiência Pública para explanação do projeto de implantação de uma ciclofaixa na Rua Waldemar Ramgrab.

                    O secretário de Planejamento, Charles Dall Orsoletta, apresentou o projeto à população e representantes de entidades ciclísticas que estiveram na Audiência. A ciclofaixa contempla um trecho de cerca de 4km, entre a Rua Itaberaba e o trevo de acesso ao município (BR 282).

    Charles explanou sobre a sinalização horizontal e vertical, a fim de oferecer mais segurança aos ciclistas, pedestres e motoristas. A intenção da Administração é, nesta primeira etapa, executar a ciclofaixa neste local e, futuramente, estudar a ampliação da malha da ciclofaixa e implantar bicicletários.

    Participaram da audiência, além do secretário Charles, a secretária de Urbanismo, Marli da Rosa, o secretário adjunto de Urbanismo e diretor dej Trânsito, Jeferson Dias, Gilberto Fiorini do Clube do Pedal e Roberto Hoffmannm, da Associação Ciclística Sebo nas Canelas, e a população.

    02/08/2019 Leia...

    -

  • Prefeito recebe senador e deputados

    img

    Trevisan solicitou a intervenção dos parlamentares para projetos em benefício da população de São Miguel do Oeste e região

    O prefeito de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan, recebeu na tarde desta quarta-feira (31), a visita do senador Espiridião Amin, deputada federal Angela Amin e deputados estaduais Altair Silva e Silvio Dreveck. Também acompanharam a comitiva o prefeito de São José do Cedro, Plinio de Castro, e demais lideranças políticas.

    Na oportunidade, Trevisan ouviu dos parlamentares como está o andamento de trabalhos do interesse de São Miguel do Oeste e região, e pediu apoio para a concretização de projetos do município.

    Um dos principais pontos da conversa girou em torno das obras do novo posto de saúde do bairro São Sebastião, que foi viabilizado por meio de uma emenda do senador Esperidião Amin. Trevisan relatou que as obras, licitadas por R$ 892 mil, foram iniciadas pela contrapartida do Município, sendo que o Governo Federal ainda não efetuou nenhum repasse financeiro. O senador irá receber Trevisan nos próximos dias em Brasília, e verificar o que pode ser feito para a efetiva liberação dos valores.

    01/08/2019 Leia...

    -

  • Município de São Miguel do Oeste lança novo leilão de máquinas, veículos e sucatas

    img

    Lances já podem ser efetuados pela internet

     

    A Administração Municipal de São Miguel do Oeste está realizando mais um leilão de veículos, máquinas e sucatas diversas. Ao todo, são 32 lotes. Os lances já podem ser efetuados pela internet, por meio do site www.superbid.net, com link de acesso também pelo site do Município (www.saomiguel.sc.gov.br). O leilão será finalizado, de forma presencial, no dia 1º de agosto, a partir das 10h, na Sala de Licitações da Prefeitura, com lances concomitantes de forma online.

    Os interessados em vistoriar os bens a serem apregoados podem agendar visita com o Departamento de Patrimônio da Prefeitura, pelo telefone 3631-2023. As visitas serão nos dias 30 e 31 de julho, das 08h30 às 11h30.

    De acordo com o secretário de Administração e Finanças, Alencar Barbieri, a avaliação dos itens é de R$ 256.100,00. “Trabalhamos com a perspectiva de arrecadar um valor próximo a R$ 300 mil caso todos estes lotes sejam arrematados”, calcula.

    Barbieri destaca que a maior parte dos itens colocados à venda são veículos, que oscilam entre valores mínimos de avaliação de R$ 700,00 (moto Honda CG 125 Ano 2000) a R$ 15 mil (uma Ducato e uma Doblo). O item de maior valor de avaliação é uma retroescavadeira Ano 2012, por R$ 50 mil.

    O valor arrecadado deve ser reinvestido no patrimônio do Município, principalmente, na renovação da frota de veículos.

    Link do leilão: https://www.superbid.net/leilao/lista/ofertas.htm?auction_id=78317

    16/07/2019 Leia...

    -

  • Sicredi firma parceria com Tokio Marine e Liberty e amplia portfólio de seguro para automóveis

    img

    Novidade amplia opções para os associados da instituição financeira cooperativa

    O Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 4 milhões de associados e atuação em 22 estados brasileiros e no Distrito Federal – acaba de firmar parceria com mais duas seguradoras para ampliar ainda mais o seu portfólio de seguros para automóveis. Além dos produtos já disponibilizados pelos grupos HDI Seguros, Mapfre Seguros e SulAmérica Seguros, os associados passam a contar com os serviços oferecidos pela Tokio Marine Seguros e Liberty Seguros. 

     

    Segundo Felipe Caballero, gerente da Corretora de Seguros Sicredi, a entrada dos novos parceiros está alinhada com a proposta da instituição de sempre proporcionar maior valor agregado aos associados, para que eles possam escolher os melhores serviços e coberturas. “Os consumidores estão bem mais criteriosos e esse elevado padrão de exigência nos estimula a estar sempre em busca de negócios mais aderentes às necessidades dos nossos associados”, afirma. 

     

    Hoje, o segmento de seguro para automóveis já representa 28% da carteira total de seguros do Sicredi. Os Seguros Auto oferecidos pela instituição têm soluções para os segmentos de auto passeio, auto carga, e motos, garantindo assistência 24h e tranquilidade e conveniência para o proprietário do veículo e sua família. 

     

    Sobre o Sicredi

    O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.700 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br).

     

    *Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

    15/07/2019 Leia...

    -

  • Senador Jorginho Mello, do PL, destina R$ 400 mil ao Hospital Regional do Extremo Oeste

    img

    Emenda parlamentar do Senador ao Hospital de São Miguel do Oeste é um pedido dos vereadores do PL e do Deputado Mauricio Eskudlark

    Foi confirmada nesta quinta-feira (11), pelo deputado estadual Mauricio Eskudlark (PL), através de emenda parlamentar do senador Jorginho Mello (PL), o repasse de R$ 400 mil através de emenda parlamentar, em recursos do Orçamento Geral da União, para a aquisição de equipamentos e materiais permanentes para o Hospital Regional Terezinha Gaio Basso.

    Eskudlark destaca as lutas pela saúde da região, e lembra que estes recursos são imprescindíveis para manter a qualidade no atendimento. “A saúde sempre foi uma de nossas bandeiras, lutamos pela instalação do hospital, das UTI’s, especialidades, ampliação, e por último a implantação do setor de oncologia, mas o trabalho não para, estamos sempre buscando mais recursos para melhorar o atendimento à população”, disse.

    O parlamentar também agradeceu a lembrança e o empenho do senador Jorginho Mello. “Como deputado da região solicitei esses recursos para o hospital que atende todo o Extremo Oeste e prontamente fomos atendidos, fica nosso agradecimento ao senador, que reiterou o compromisso com nossa região”, concluiu Eskudlark.

    Hospital

    O Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, no Extremo Oeste, é referência no atendimento em Santa Catarina, possuindo 90 leitos, diversas especialidades, dentre elas UTI e Oncologia, e atende cerca de 230 mil habitantes de 30 municípios da região.

    12/07/2019 Leia...

    -

  • Futuro do meio ambiente em debate no Extremo Oeste

    img

    Despertar na população a preocupação com a preservação do meio ambiente e discutir políticas públicas em favor de um desenvolvimento econômico que priorize a natureza foram alguns dos objetivos do Seminário Meio Ambiente e Sociedade 2019, promovido pela Comissão de Turismo e Meio Ambiente e Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira, realizado nesta sexta-feira (28), no Centro dos Idosos, em Anchieta. Mais de 350 jovens, vereadores, secretários municipais, agricultores, pesquisadores e especialistas de renome no Estado debateram as perspectivas sobre o desenvolvimento da região e a sustentabilidade.

    Além das palestras, também foram apresentados projetos voltados à preservação ambiental na região, desenvolvidos por prefeituras e por organizações da sociedade civil. A atividade é a segunda de uma série de sete eventos voltados ao tema, em todas as regiões do Estado. A primeira foi realizada em Florianópolis, em junho. Antes do evento, alunos do terceiro, quarto e quinto anos do Centro Municipal Educacional Infantil e Fundamental apresentaram uma “mística” sobre os quatro elementos do meio ambiente e sua preservação.

    O deputado Padre Pedro Baldissera (PT), proponente do encontro, destacou que o objetivo dos seminários é despertar na juventude ações concretas na relação do meio ambiente e a tecnologia, procurando uma convivência saudável e prática. Lembrou que, desde 2002, vem trabalhando na conscientização sobre a preocupação da produção agrícola saudável e a indústria do agrotóxico, que vem aumentando gradativamente no Brasil.

    A realização do seminário em Anchieta, um município essencialmente agrícola, busca também mostrar a preocupação com o crescimento de casos de câncer na região e a utilização de agrotóxicos. “Estamos nos alimentando de veneno e temos que buscar um modelo de desenvolvimento científico com a produção ecológica e orgânica. Uma produção harmoniosa que se respeite o meio ambiente e o ser humano.”

    O deputado Fabiano da Luz (PT) enalteceu o trabalho desenvolvido por Padre Pedro Baldissera na preocupação com o meio ambiente. “Ele é um grande defensor da terra, da natureza e da vida. Desde quando prefeito de Pinhalzinho, venho acompanhando o trabalho do Padre Pedro na defesa do meio ambiente.” Fabiano também alertou sobre a preocupação dos deputados contra a intenção de uma empresa internacional em explorar o xisto em Santa Catarina, que vai ser discutido na Assembleia Legislativa. “O lobby em favor desta exploração econômica é grande, mas temos que alertar sobre a situação ambiental, que poderá ser afetada caso essa exploração seja permitida.”

    O prefeito de Anchieta, Ivan Cansi (PT), avaliou como importante a realização do seminário no município, trazendo um tema que reflete a realidade econômica e social da região, discutindo o que a população quer para o futuro por meio de uma reflexão sobre as políticas públicas envolvendo o meio ambiente e uma vida saudável. “Queremos o desenvolvimento, mas sem degradar o meio ambiente.”

    Cansi citou que Anchieta já teve mais de 11 mil habitantes na década de 70, mas devido ao êxodo rural, atualmente tem 5.600 habitantes, por isso debater o meio ambiente e o desenvolvimento econômico tem que ser em cima de políticas públicas que unam essas duas áreas e planejando o futuro da região, por meio da conscientização dos jovens. 

    Aquífero Serra Geral
    O professor Luciano Augusto Henning, do Projeto Rede Guarani/Serra Geral, apresentou a primeira palestra, abordando o tema Ciclo da Água, Aquíferos, Energia e Gás de Xisto, considerado fundamental para Santa Catarina, por já existir na pauta projetos para exploração de gás de xisto utilizando o fracking, tecnologia invasiva que já causou danos ambientais irreversíveis em diversas regiões do mundo. Henning apontou a importância do aquífero Serra Geral, mais importante que o Guarani para o estado, por cobrir 51% de Santa Catarina. “Essa água, limpa e boa, está no subsolo catarinense, nas fraturas das pedras de ferro, e tem que ser preservada e utilizada conscientemente, apesar de já existir indícios de poluição.”

    Henning tem mestrado e doutorado pela UFSC na área de Geografia e participou de pesquisas na Queen´s University, no Department of Global Development Studies, em Kingston, no Canadá. Atualmente, além de pesquisador do projeto Rede Guarni/Serra Geral, integra a equipe de investigadores do Laboratório de Análise Ambiental (LAAm) do Departamento de Geociências da UFSC, com ênfase na área de recursos hídricos. Ele explicou que as águas do aquífero Guarani estão a mais de 1.500 metros de profundidade e que as águas do Serra Geral são mais acessíveis, por isso a divulgação da sua existência e a preocupação ambiental com ela é importante. “Primeiro temos que conhecer, para depois preservar e utilizar conscientemente.”

    Contrato com a natureza
    A segunda palestra, Energia e Desastres Ambientais, ministrada pelo professor Marcos Aurélio Espíndola, evidenciou a relação entre o modelo de geração de energia no país e as consequências ambientais e sociais para as populações. Para o professor, que é mestre em Geografia pela USP, doutor em Geografia Humana pela UFSC e Pós-doutor pelo Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas, Área de Concentração Sociedade e Meio Ambiente (Desastres Ambientais e Políticas Públicas), também pela UFSC, a ideia é conscientizar a população da importância de estabelecer um contrato com a natureza, estabelecendo uma reflexão em detrimento com o contrato que herdamos com o iluminismo, que prioriza o social e o econômico.

    “Temos que colocar a natureza em evidência, despertar essa consciência ecológica.” De acordo com o professor, o contrato natural reza que as relações socioeconômicas entre os homens não podem mais ser regidas pela premissa de que a natureza é apenas o ponto de partida do processo de produção. “Somos parte da teia da biosfera e dependemos imediatamente dela para viver. A natureza é o ponto de partida e de chegada de si mesma.” Espíndola afirma que não se pode fazer morrer o que faz nascer, apenas para que adquira a forma de mercadoria, de lucro e de lixo.

    Energias renováveis e tecnologias sociais
    Com o foco em desenvolvimento de formas alternativas de geração de energia e sua interação com a sociedade, o professor Marcio Antônio Nogueira Andrade ministrou o tema Energias Renováveis e Tecnologias Sociais. O professor, que é mestre e doutor em Engenharia Civil na área de Hidráulica e Saneamento pela Escola de Engenharia de São Carlos, da USP, e pós-doutor no Laboratório Nacional de Engenharia Civil - LNEC (Núcleo de Engenharia Sanitária do Departamento de Hidráulica) em Lisboa, Portugal, e na Cornell University (Department of Biological and Environmental Engineering) em Ithaca, Nova Iorque (EUA), defendeu investimentos em tecnologias sociais para que a população possa sobreviver às adversidades.

    Para ele, a tecnologia sustentável pode diminuir os problemas de convivência harmoniosa com os recursos naturais. Citou como exemplos a utilização das águas da chuva como recurso hídrico, a utilização da biomassa residual, como dejetos de animais, para produção de biogás como fonte de energia. Relatou que na Alemanha, um terço do que é produzido em energia elétrica na usina de Itaipu é produzida por essa biomassa residual. “Nós somos um país tropical, a era do carvão e do petróleo está no fim. Nós temos que utilizar a tecnologia sustentável, disponível no nosso país, como a biomassa, a energia solar, eólica, para progredirmos.”

    Experiências regionais
    No período da tarde, o seminário abriu espaço para apresentações de projetos voltados ao meio ambiente e à sustentabilidade na região do Extremo Oeste. O prefeito de Anchieta, Ivan Cansi, que é engenheiro agrônomo da Epagri, abordou o tema modelo de desenvolvimento e o meio ambiente em Anchieta e região. Ele enfatizou que não existe pensar em desenvolvimento regional sem pensar no meio ambiente, “tudo está ligado”.

    Cansi lembrou que na região, de 1940 a 1970, a população não respeitava o meio ambiente, a cultura era de limpar os terrenos, queimar florestas, tirar as pedras para preparar os terrenos. Roçadas e queimadas eram normais, quando a terra ficava fraca, os agricultores mudavam para outras áreas. Cultivava-se milho, fumo. De 1980 a 2000, observou que foi o apogeu do agrotóxico e o início das estiagens na região. “Se intensificou a monocultura da soja, do milho hídrico. Se introduziu a bovinocultura de leite, que causa a compactação do solo. Visível degradação do solo e da água.”, disse o prefeito, que ainda completou: "De 2000 para agora, surgiram os transgênicos, milho é para silagem, solo descoberto, produção da aveia, e a bovinocultura continua. Há a retomada do cultivo da subsistência, o 'fim do desmatamento' e a escassez da água". Como positivo, o prefeito enumerou que a região começou a investir em cisternas, recuperar a mata ciliar, além da existência de uma legislação ambiental mais rígida, uma educação ambiental mais presente.

    O vice-prefeito de Anchieta, Vilmar Piovesani (PT), falou do projeto Prefeitura Ecológica, como recolhimento de lixo e práticas sustentáveis de separação do lixo, coleta de lixo orgânico e transformar esse material em material de adubação. O agrônomo da Epagri, Jacir Strapasson, abordou o tema Água para os Bisnetos, de Anchieta, voltado à gestão hídrica e à preservação e qualidade da água do município e da região. A coordenadora do Grupo Raízes Ecológicas, Roselei Willi, focalizou o Projeto Agroecologia, abordando a experiência da produção de alimentos orgânicos, que buscam certificados. 

    Encerrando o evento, o diretor de Meio Ambiente e Defesa Civil de Palma Sola, Douglas Fernando Ribeiro, enalteceu o projeto de tratamento de dejetos humanos, adotado no município desde 2010 e que é considerado referência nacional para tratamento de esgoto para cidades de pequeno porte, atendendo todo perímetro urbano de Palma Sola. O projeto está sendo ampliado e está em fase de conclusão de parceria técnica com outros municípios da região e pesquisado por outros estados.

    01/07/2019 Leia...

    -

  • VESTIBULAR UCEFF ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 12 DE AGOSTO


    Estão abertas as inscrições para o Vestibular UCEFF 2019-2, com ingresso para o segundo semestre deste ano. O processo seletivo segue com inscrições gratuitas até o dia 12 de agosto, tanto para o campus Chapecó quanto para o campus Itapiranga. Ao todo são 17 cursos de graduação com vagas abertas.

     

    Para realizar a inscrição basta acessar o hotsite do Vestibular, preencher o formulário e escolher no Ingresso Simplificado qual processo seletivo é o melhor para você. Pode ser pelo Histórico Escolar, nota do ENEM, nota do ENCCEJA, Redação On-line ou Presencial. A vantagem é que o resultado será divulgado em até 24 horas após sua avaliação ser concluída.

     

    • Incentivos

    Outros benefícios são os Apoios Financeiros oferecidos pela UCEFF, como bolsas de estudos via ProUni, FIES e Uniedu ou financiamento estudantil pelo Fundacred e CreFácil. Além disso assim como as facilidades do  Desconto Pontualidade, Programa Fidelidade e o Programa Rotas - que contribui com o transporte de acadêmicos residentes fora de Chapecó e Itapiranga. 

    Mais detalhes sobre o Vestibular UCEFF podem ser obtidos no setor de Graduação. Em Chapecó- curso.superior@uceff.edu.br ou pelo telefone (49) 3319 3838. Você também pode entrar em contato pelas redes sociais, por meio da página no Facebook ou pela conta no Instagram.

    Em Itapiranga - vestibular.itapiranga@uceff.edu.br ou pelo telefone/whats (49) 36788711. Você também pode entrar em contato pelas redes sociais, por meio da página no Facebook ou pela conta no Instagram

     

    Veja os cursos com vagas disponíveis: 

    Administração

    Agronomia

    Arquitetura e Urbanismo

    Ciências Contábeis 

    Direito

    Educação Física

    Engenharia Civil

    Engenharia de Produção

    Engenharia Elétrica

    Engenharia Mecânica

    Engenharia Química

    Medicina Veterinária

    Odontologia

    Processos Gerenciais

    Gestão da Tecnologia da Informação

    Pedagogia

    Psicologia

    01/07/2019 Leia...

    -

  • Curso de Administração da Unoesc conquista conceito máximo na avaliação do MEC

    img

    SÃO MIGUEL DO OESTE

     

    Com mais de 1,3 mil administradores formados e 33 anos de história, o curso de Administração da Unoesc São Miguel do Oeste conquistou o conceito máximo na avaliação do MEC. A conquista do conceito cinco evidencia a qualidade do ensino e posiciona o curso de Administração entre os melhores do País. "O primeiro curso de graduação oferecido no campus de São Miguel do Oeste recebeu medalha de ouro. Isso é o resultado de uma proposta coletiva abraçada pela direção, professores, funcionários e pelos protagonistas da história: acadêmicos e diplomados", destaca a diretora de Graduação, professora Marilene Stertz. 

    Segundo o coordenador, professor Ornélio Stertz, o conceito representa a consolidação da qualidade do curso que, ao longo dos seus 33 anos, alavanca o desenvolvimento regional, como preconiza a missão da Unoesc. "Além disso, chancela a efetiva realização da missão do curso de formar profissionais dotados de iniciativa e criatividade, capazes de exercitar atitudes empreendedoras para o desenvolvimento das organizações e da sociedade", ressalta Stertz.

    Durante a graduação, os futuros administradores participam de diversas atividades voltadas ao empreendedorismo. Todos os anos, os acadêmicos participam da competição de ideias de negócios inovadores: o AdministrAÇÃO. As viagens de estudos, visitas a empresas, palestras com empresários de sucesso e a presença de empresários em sala de aula para estudos de caso também contribuem para formar profissionais com DNA arrojado, empreendedor e intraempreendedor. 

    O professor Ornélio Stertz salienta que o curso proporciona a rápida colocação do profissional no mercado de trabalho. Ele acrescenta que muitos diplomados implantaram o seu próprio negócio; tornaram-se gestores de organizações e outros atuam profissionalmente em micro, pequenas e médias empresas regionais, inclusive em empresas rurais. "O curso fez e continua fazendo a grande diferença na aceleração do desenvolvimento regional pela inserção dos seus diplomados no contexto empresarial", conclui Stertz. 

    Luciane Monaco é uma das diplomadas que, durante a graduação, adquiriu conhecimentos importantes para a gestão do seu negócio. Ela conta que muitas ideias para a empresa surgiram no curso. "A disciplina de empreendedorismo me fez ter um novo olhar para o mercado, instigando ainda mais a minha vontade de empreender e crescer. O empreendedorismo nos faz pensar além e quando abrimos a nossa mente as oportunidades são infinitas. Tenho muito orgulho de fazer parte desta história e desta conquista", frisa a empresária. 

     

    Destaques da avaliação do MEC

     

    Foram destaques da avaliação do MEC: apoio ao discente; titulação e regime de trabalho do corpo docente; experiência profissional do corpo docente no mercado de trabalho; experiência de magistério em curso superior; funcionamento do colegiado do curso, que é composto por todos os professores que nele atuam e mais representantes dos acadêmicos; infraestrutura (salas de aula, laboratórios de informática, gabinetes de trabalho para professores; espaço para coordenação do curso e serviços acadêmicos; sala de professores; biblioteca); bibliografia básica, complementar e periódicos especializados; condições de acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. 

     

    01/07/2019 Leia...

    -

  • Município paga mais de R$ 2 milhões em precatórios

    img

    Pagamento de ações judiciais sofridas em gestões anteriores, somado a dívidas em atraso herdadas pela Administração atual, ultrapassa os R$ 9 milhões; tudo já foi pago, e capacidade de investimento foi retomada

    A Administração Municipal de São Miguel do Oeste já pagou, nos últimos dois anos e meio, R$ 2.152.705,66 em precatórios. O número foi confirmado esta semana pelo setor de Contabilidade do Município. De acordo com o secretário de Administração e Finanças, Alencar Barbieri, o valor é decorrente de processos judiciais impetrados contra a municipalidade ainda durante gestões anteriores.

    Além deste montante, mais de R$ 7 milhões foram pagos de dívidas atrasadas. “Somando estes precatórios e restos a pagar já quitados foram mais de R$ 9 milhões. Atendendo orientação do prefeito, Wilson Trevisan, foram realizadas diversas adequações, cortados gastos desnecessários, reduzido o número de cargos comissionados e economizado em tudo que foi possível para pagar estas contas”, salienta Barbieri.

    Com estas e outras medidas, conseguimos alcançar o equilíbrio financeiro. “Hoje estamos com todas as nossas contas em dia e recuperamos a capacidade de investimento”, ressalta.

    27/06/2019 Leia...

    -

  • Deputado Mauricio Eskudlark cobra ministro dos Transportes melhoria nas rodovias catarinenses

    img

    BR’s 470, 282 e 163, considerada pelo deputado a pior de Santa Catarina, novamente foram alvos de pedidos de investimentos

    Em audiência com o Ministro dos Transportes, Tarcísio Gomes de Freitas, nesta segunda-feira (17), em Itajaí, o deputado estadual Mauricio Eskudlark (PL) voltou a cobrar ações do Governo Federal para a conclusão das obras nas rodovias BR-470 e BR-163, abandonadas pelo governo anterior, e pedir que sejam mantidas as obras da BR-282.

    De acordo com o deputado, a BR-470 é prioridade pois é onde possui o maior fluxo de veículos do Estado, e ao lado da BR-282 são os corredores que escoam toda a produção agrícola do Estado. “A falta da duplicação da BR 470 tem travado investimentos, afetado o turismo e tirado a vida de muitos catarinenses, é preciso agilizar as obras, são anos de espera e promessas do governo anterior” disse.

    Eskudlark também cobrou urgência na retomada das obras da BR-163, que liga os municípios de São Miguel do Oeste e Dionísio Cerqueira. “Temos no extremo oeste a pior rodovia de Santa Catarina, e também uma das mais movimentadas, a BR-163 foi destruída pelo governo do PT com uma promessa de revitalização e o que vemos é um canteiro de obras abandonadas”, afirmou o deputado fazendo um apelo ao ministro, “peço encarecidamente que o ministro leve esta reivindicação ao presidente Bolsonaro, precisamos de urgência e agilidade para a retomada das obras”, explicou.

    Por fim o parlamentar solicitou ao ministro que sejam mantidos os pagamentos às empresas responsáveis pela revitalização da BR-282 no trecho entre São Miguel do Oeste e Chapecó. “Ando semanalmente neste trecho, as obras estão adiantadas e vão auxiliar muito a nossa população, não podemos correr o risco dela parar e se tornar uma nova 163, é indispensável que sejam empenhados os recursos necessários para sua conclusão”.

    17/06/2019 Leia...

    -

  • Testes da nova adutora interrompem abastecimento de água em São Miguel do Oeste

    img

    A CASAN de São Miguel do Oeste inicia nesta segunda-feira (17) o período de testes da nova adutora de água bruta que vai abastecer o município. O primeiro teste exigirá o desligamento da Estação de Tratamento durante a manhã, gerando interrupção no fornecimento de água pelo menos até o meio-dia. A agência local solicita à população que se limite ao uso essencial de água até a completa normalização do sistema de abastecimento, o que só deverá ocorrer na madrugada de terça-feira.

    A adutora de 250 mm de diâmetro vem sendo implantada no município desde o ano passado, numa extensão de 6 quilômetros. A tubulação transportará água desde a captação junto ao Rio Cambuim até a Estação de Tratamento localizada no Bairro Estrela.

    A CASAN está investindo R$ 2.347.204,91 em recursos próprios na obra que vai melhorar todo o Sistema de Abastecimento de Água (SAA) de São Miguel quando estiver em operação plena, no final de julho ou início de agosto. Até lá a Companhia terá de realizar uma série de testes, sempre com interrupções no abastecimento.

     “Os testes servem para interligar as bombas de maior potência, testar quadros elétricos, avaliar a capacidade de vazão e pressão da nova rede, checar se não houve eventual dano na rede durante o assentamento no solo e realizar outros monitoramentos”, explica Ednilson Mello, chefe da Agência local da CASAN. “Pedimos desculpas à população pelas intervenções nas próximas semanas, mas os benefícios da nova adutora serão percebidos pelos moradores a partir de agosto”.

    A Companhia se compromete a avisar sobre as interrupções do sistema com antecedência, veiculando comunicados oficiais nas emissoras de rádio e postando nas redes sociais da empresa. A Central de Atendimento 0800 643 0195 também pode ser acionada, assim como o Aplicativo CASAN SC.

    Imóveis com reservatório (caixa d’água) provavelmente não serão afetados pela interrupção temporária do abastecimento.

    17/06/2019 Leia...

    -