DEPOIS DE QUASE DOIS ANOS HOSPITAL REGIONAL REGISTRA PRIMEIRO DIA SEM PACIENTES INTERNADOS NA UTI COVID


0/12/2021 - No final da manhã desta segunda-feira a última paciente que estava internada na Unidade de Terapia Intensiva do HRTGB recebeu alta da UTI. A paciente, de São Miguel do Oeste, tem 57 anos e segue sob cuidados médicos no Hospital. Ela está internada na enfermaria e ainda não há previsão de alta. 

De acordo com a Gerente de Enfermagem da UTI, Andréia Fiorini Bomfim, a UTI COVID foi montada em março de 2020. No dia 5 de Abril já recebia o primeiro paciente. “Essa é a primeira vez que a UTI COVID esta sem alguém internado. Depois de conviver meses com as UTIs lotadas, ver este espaço vazio traz alívio e esperança. Isso é um presente de Natal para nós. É muito gratificante, porque foi um ano sofrido, muito intenso... de muito trabalho”, diz Andréia. 

No ano passado 151 pessoas foram internadas na UTI COVID. Só neste ano, 453 pacientes precisaram de um leito de UTI para tratar o coronavírus. O número é três vezes maior do que em 2020. 

O Hospital Regional segue com os leitos de UTI habilitados, até por que não se sabe quando a pandemia vai terminar. Segundo o diretor do Hospital Regional, Rodrigo Lopes, a partir de agora, os serviços que haviam sido suspensos em função da grande demanda e o avanço da COVID, vão poder ser retomados. “Esse é um momento de extrema alegria para todos nós do HRTGB. Só tenho a agradecer aos médicos, colaboradores e prestadores de serviços que trabalharam exaustivamente nesta pandemia. Esse momento não representa o fim da pandemia, mas nos traz esperança para recomeçarmos! Assim, em 2022, o Hospital poderá retomar as atividades que tiveram os atendimentos reduzidos, como as cirurgias eletivas, consultas e exames ambulatoriais”, reforça Rodrigo. 

Última edição

Edição 1065

17/06/2021

Anúncios

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
+