BRDE apresenta ações de apoio a projetos sociais para Rede Laço de Voluntariado


O projetos de atendimento a entidades beneficentes são realizados por meio de Leis de Incentivo Fiscal

 

Nesta terça-feira (10), a primeira-dama do Estado de Santa Catarina e presidente da Rede Laço de Voluntariado, Késia Martins da Silva, visitou o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), em Florianópolis, para conhecer os projetos realizados pelo banco para atendimento de entidades beneficentes, através das Leis de Incentivo Fiscal.

Durante o encontro, a primeira-dama enfatizou a importância da valorização de políticas sociais e ações que contribuem no desenvolvimento educacional, esportivo e cultural da população do estado. "As instituições sociais muitas vezes não sabem onde buscar recursos para desenvolver seus trabalhos em favor da comunidade. Por isso, conhecer como o BRDE tem atuado pode ajudar para que os recursos fiquem em Santa Catarina, atendendo a necessidade das nossas entidades em várias áreas de atuação", enfatiza.

O vice-presidente e diretor de Acompanhamento e Recuperação de Crédito do BRDE, Marcelo Haendchen Dutra, apresentou as ações e entidades já atendidas. Nos dois últimos anos, o BRDE em Santa Catarina aprovou 66 projetos por meio do Fundo Nacional do Idoso, Fundo da Criança e do Adolescente, Lei de Incentivo ao Esporte, Lei de Incentivo à Cultura, PRONON e PRONAS. O valor repassado às entidades e organizações sociais, neste período, chega a R$ 2,7 milhões. "Os recursos através do banco já impactaram diretamente mais de 250 mil pessoas nesses últimos anos. A ação faz parte da política de responsabilidade socioambiental do BRDE e está conectada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), do qual o banco é signatário", explica.

Na oportunidade, o BRDE se colocou à disposição da Rede Laço para auxiliar no trabalho junto às entidades, incluindo a divulgação das capacitações nas diversas regiões do Estado. A iniciativa tem o objetivo de capacitar o terceiro setor na elaboração de projetos inovadores e captação de recursos, inclusive através das Leis de Incentivo Fiscal.

Última edição

Edição 1065

17/06/2021

Anúncios

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
+