Conferência elenca propostas para a Saúde Mental


O município de Santa Helena realizou no dia 25/11, no Centro de Múltiplo Uso, a 5ª Conferência Municipal de Saúde Mental. A etapa municipal antecede a estadual e a nacional, que será em maio de 2022. Na conferência, usuários e profissionais levantaram propostas que serão encaminhadas às próximas etapas.

O tema central da Conferência é "a política de Saúde Mental como direito: pela defesa do cuidado em liberdade, rumo a avanços e garantia dos serviços da atenção psicossocial no SUS". Na abertura, o Prefeito Blásio Hickmann ressaltou a necessidade de os profissionais estarem cada vez mais preparados para enfrentar os desafios da saúde mental. Ele citou a pandemia como um dos fatores que podem ter afetado a saúde mental e disse que os profissionais precisam estar cada vez mais atentos aos sinais da doença, sendo que muitos não aparentam estar precisando de ajuda.

Na conferência foram aprovadas as seguintes propostas:

- Ampliação dos recursos financeiros por parte do Governo Federal, Estadual e Municipal para a contratação e aumento de carga horária de profissionais capacitados na Área da Saúde Mental para atendimento na Rede de Atenção Psicossocial, como por exemplo: psicólogo na escola, psiquiatra na Unidade Básica de Saúde, enfermeiros especializados em saúde mental, etc;

- Estimular a pactuação entre os gestores de saúde da Microrregião de Santa Helena, para a implantação de um CAPS Microrregional, a fim de atender a demanda de transtornos mentais graves e persistentes;

- Realizar formação continuada dos profissionais com ênfase em saúde mental e criar um plano de valorização dos profissionais que atuam diretamente com saúde mental, os quais em muitos momentos atuam em situações desgastantes e conflituosas, as quais podem afetar a sua própria saúde mental;

- Ampliação de espaço físico na Unidade Básico de Saúde específico para a realização de atendimentos em grupo, como por exemplo, uma sala ampla que respeite os protocolos de biossegurança, auditório para eventos que seja destinado principalmente as ações de saúde;

- Garantir leitos de emergência psiquiátrica no hospital geral até a liberação da vaga de internação pelo SISREG em casos de emergência, principalmente para crianças e adolescentes.

Última edição

Edição 1065

17/06/2021

Anúncios

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
+