Deputado Maurício Eskudlark cobra Governo do Estado sobre a falta de leitos de UTI em SC


O vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Mauricio Eskudlark (PL), se manifestou com indignação nesta semana no parlamento catarinense sobre a falta de leitos de UTI no Estado.

“É inadmissível que o Estado que possui em torno de 1000 leitos de UTI instalados, e chegou a ter mais 1500 para o Covid, esteja sofrendo com esse problema”, disse o deputado complementando, “isso é falta de visão e planejamento, historicamente sempre tivemos falta de leitos, os gestores não podiam ter desativado todos, era plenamente possível manter 200, 300, dos leitos da Covid, e isso já solucionaria o problema”, afirmou Eskudlark.

De acordo com informações dos hospitais, além de todas as outras causas naturais do uso das UTIs, ocorreu um aumento significativo de doenças respiratórias devido ao período do ano e temperatura, ocasionando uma falta de leitos comuns e também pediátricos. 

Situação de Emergência

O deputado criticou a decisão de decretação de situação de emergência, para fazer compras mais ágeis, sem licitação, com o objetivo de reestruturar a questão dos leitos de UTI. “Entendo que é preciso resolver o problema, e estou cobrando para que isso ocorra, mas não é um decreto que está impedindo isso, é falta de gestão, deixaram ocorrer o problema para agir, não se anteciparam a ele”, concluiu

Última edição

Edição 1065

17/06/2021

Anúncios

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
+