Secretaria de Educação retoma as Aulas de Robótica no contra turno escolar


Para as próximas semanas, Secretaria de Educação inicia atividades de Maker Tecnologia e Robótica Kids 

A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Guaraciaba retomou nesta segunda-feira (02), o Projeto Jornada de Educação Tecnológica I. A informação é da Secretária de Educação Sandra Gasperin. Sandra explica que após um período de suspensão das aulas - em virtude da Pandemia – a Secretaria de Educação retornou com as atividades para as turmas já existentes. 

Sandra explica que as aulas serão realizadas todas as segundas-feiras, junto ao Centro de Multiplouso Professor Alfredo Ames, ao lado do Corpo de Bombeiros. Outra informação é de que são 50 alunos matriculados, do 6º ao 9º ano. Serão no total de todo o Projeto Jornada de Educação Tecnológica, 15 encontros, e os investimentos por parte da Administração Municipal para a realização do Projeto são de cerca de R$28 mil. 

Sandra menciona ainda que as atividades são desenvolvidas no contra turno escolar, tanto matutino quanto vespertino. Ela destaca que o objetivo deste Projeto é a introdução à robótica, sendo os conceitos, história e tecnologia por meio de estudos de mecânica e da produção, transmissão e transformação do movimento. Outra informação é que as parcerias realizadas para o Projeto são com o SESI e o SENAI. 

Secretaria de Educação promoverá atividades de Maker Tecnologia e Robótica Kids 

A Administração Municipal de Guaraciaba, através da Secretaria de Educação, promoverá atividades de Maker Tecnologia e Robótica Kids, através de um contrato firmado com o SESI. Sandra explica que serão duas turmas, contendo 20 alunos cada, com alunos de 4º ao 6º ano do Ensino Fundamental. As inscrições já foram feitas diretamente nas escolas e as aulas também devem iniciar, possivelmente na segunda quinzena de agosto.   

Sandra menciona ainda que metas do Plano Municipal de Educação já trazem em suas estratégias o fomento a tecnologias educacionais e práticas pedagógicas inovadoras que favoreçam o desenvolvimento do aluno como um todo e subsidiam o acesso às tecnologias para os alunos e para o trabalho pedagógico. Além disso, Sandra menciona que os alunos estão em uma idade onde é necessário ofertar praticas integrativas. 

Última edição

Edição 1065

17/06/2021

Anúncios

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
+